A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Relações entre as variáveis básicas presentes no processo processo comportamental de enciumar-se,identificadas a partir da literatura e a percepção das.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Relações entre as variáveis básicas presentes no processo processo comportamental de enciumar-se,identificadas a partir da literatura e a percepção das."— Transcrição da apresentação:

1 Relações entre as variáveis básicas presentes no processo processo comportamental de enciumar-se,identificadas a partir da literatura e a percepção das pessoas a respeito das variáveis presentes nesse tipo de sentimento. Área: Psicologia Elizabeth Mönster * Nádia Kienen Financiada pelo PUIC – Programa Unisul de Iniciação Científica – Curso de Psicologia – Campus Grande Florianópolis * Financiada pelo PUIC – Programa Unisul de Iniciação Científica – Curso de Psicologia – Campus Grande Florianópolis Introdução Em uma pesquisa realizada por MÖNSTER (2007), cujo objetivo era encontrar as variáveis básicas constituintes do processo comportamental do ciúme a partir da literatura, foram encontradas algumas situações que antecedem a ação do enciumar-se: posse, idéia da perda de posse, rival, desconfianças. Foram identificadas também algumas ações que o individuo faz quando ocorre o processo comportamental de enciumar-se: brigar com o rival, verificar as desconfianças, etc; e as conseqüências do processo comportamental de enciumar-se: sensação de medo, angústia e ansiedade, atenção do objeto de posse e aumento da necessidade de preservar seu objeto de posse, sensação de desprezo, desonra, minimizado e excluído pela presença do rival; ressentimento invejoso contra um rival; diminuição da sensação de raiva; diminuição da sensação de inferioridade e alívio nas sensações corporais desagradáveis. Tendo isso claro é possível verificar que é de fundamental importância pesquisar a percepção das pessoas em relação ao comportamento de enciumar-se, à medida que elas podem constituir fonte de informação acerca de outros aspectos, ainda não identificados na literatura, que podem constituir esse processo. A partir dos dados coletados na literatura, a pesquisa se propõe a caracterizar como as pessoas percebem esse sentimento, para que assim seja possível identificar se o que aparece na literatura é coerente com a percepção das pessoas a respeito do processo de enciumar-se. A pesquisa tem como objetivo caracterizar o processo comportamental de enciumar-se a partir da percepção dos sujeitos em relação a esse sentimento muito comentado no senso comum, porém pouco estudado pelos psicólogos, ainda que de fundamental importância para a profissão. Objetivos 4. Objetivos 4.1. Objetivo geral: Caracterizar a relação entre as variáveis básicas presentes no processo de enciumar-se, identificadas a partir da literatura, e a percepção das pessoas a respeito das variáveis presentes nesse tipo de sentimento Objetivos específicos: Comparar as variáveis básicas presentes no processo de enciumar-se identificadas a partir da literatura e a percepção das pessoas a respeito das variáveis presentes nesse tipo de sentimento. Identificar, a partir da percepção das pessoas, quais os comportamentos básicos emitidos por elas ao sentirem ciúme Identificar se as pessoas diferenciam processos de ciúme de outros processos, tais como a inveja e a cobiça. Distinguir as variáveis básicas das variáveis secundárias (e não necessariamente caracterizadoras) envolvidas no processo de ciúme, a partir da percepção das pessoas a respeito desse processo. Metodologia Foram sujeitos 41 alunos dos cursos de nutrição e engenharia elétrica de uma universidade privada localizada na Região da Grande Florianópolis. Vinte e seis deles foram de uma turma de Nutrição (21 sujeitos do sexo feminino e 5 do sexo masculino) e 15 de uma turma de Engenharia Elétrica (todos do sexo masculino). Após a aplicação do questionário, foram selecionados dez mulheres e dez homens para que fosse realizada uma entrevista. Dos dez sujeitos do sexo feminino selecionados, apenas uma delas realizou a entrevista. Outras seis marcaram a entrevista e não compareceram e as três restantes explicitaram não ter interesse em participar da mesma. Das dez pessoas do sexo masculino, selecionadas, cinco aceitaram participar da entrevista e os outros cinco não quiseram participar. Os dados considerados para análise das entrevistas foram aqueles obtidos a partir das entrevistas feitas com os sujeitos do sexo masculino. Tabela 1 Na Tabela 1 está a quantidade, a idade e o tipo de relacionamento afetivo dos sujeitos do sexo masculino que foram entrevistados. Resultados Tabela 2 Na Tabela 2, estão apresentadas as variáveis básicas que constituem o processo de enciumar-se, identificadas na literatura e as variáveis identificadas a partir da percepção dos sujeitos. As variáveis que estão em negrito representam o que há de comum entre a percepção dos sujeitos e os dados da literatura. Conclusões As informações relatadas pelos sujeitos nas entrevistas auxiliam a aumentar a visibilidade a respeito do processo comportamental de enciumar-se. Foi possível identificar, nas falas dos sujeitos, a confirmação das principais variáveis básicas que constituem o processo de enciumar-se já identificadas na literatura. Assim é possível perceber que o processo comportamental de enciumar-se traz aos sujeitos entrevistados sofrimento, e para eles lidarem com esse sofrimento eles realizam diferentes tipos de ações (conversar, ficar quieto, ficar bravo, ficar indignado, investigar), provavelmente na tentativa de diminuir o sofrimento característico do processo de enciumar-se. Na Tabela 2, é possível observar diversas variáveis identificadas tanto a partir da literatura quanto do próprio relato dos sujeitos, como por exemplo: o medo da perda, a possibilidade de perda, a rivalidade, a raiva, o ressentimento, o controle do objeto de posse,etc. A partir disso, é possível perceber a importância de sistematizar informações que constam na literatura, assim como de pesquisar o que ocorre com as pessoas nos processos de ciúme a fim de que esse processo seja cada vez mais conhecido, fornecendo subsídios para a intervenção do profissional. Referências Bibliográficas 1. ALMEIDA, Thiago. Ciúme Romântico e infidelidade amorosa entre os paulistanos: incidências e relações. Dissertação apresentada ao Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. São Paulo, BOTOMÉ, Sobre a noção de comportamento,Filosofia: diálogo de horizontes. Caxias do Sul(RS): EDUCS, BRANDÃO, José; Dicionário da língua Portuguesa contemporânea; editora verbo, 2627ed.; Rio de Janeiro CERQUEIRA, Ana Teresa de Abreu Ramos;DIAS, Rodrigo da Silva; TORRES, Albina Rodrigues. O ciúme enquanto sintoma de transtorno obsessivo-compulsivo. Rev. Bras. Psiquiatr. vol.21 n.3 São Paulo Sept DUARTE, Ariane; FURIATTI, Cláudia; VALENTIM,Fernanda; LONGHIN, Merilu; BALTHAZAR, Maria Cecília. Ciúme normal ou doentio? Revista Terra e Cultura, nº39, ano XX 6. ELYSEU, Júnior Sebastião. Complexo Fraternal: a fonte do ciúme e da inveja. Pontifícia Universitária Católica de Campinas, Psicologia Teoria e Pratica, FERREIRA-SANTOS, Eduardo. Ciúme – o medo da perda. 5a ed, editora claridade, São Paulo, MÖNSTER, Elizabeth; Caracterização das variáveis básicas constituintes do processo comportamental de ciúme a partir da literatura existente; trabalho não publicado, Universidade do Sul de Santa Catarina; Santa Catarina, SILVA, Keila Pinheiro Neves. Ciúme patológico: uma análise psicológica da desconfiança. Trabalho de conclusão de curso (TCC) - Centro Universitário Luterano de Manaus, Manaus 2005 Apoio Financeiro: Unisul SujeitoIdadeRelacionamento afetivo S1 S4 S5 S2 S3 19 anos 24 anos 25 anos 26 anos 43 anos Solteiro Namorando Casado Namorando Casado Para a análise dos dados obtidos a partir das entrevistas foram distribuídas as variáveis básicas constituintes do processo comportamental de enciumar-se que são: medo da perda, possibilidade de perda, receio ou suspeita de rivalidade, sensações corporais, necessidade de preservação do objeto de posse, controlar objeto de posse (manipular, possuir e alienar), cuidado em relação ao objeto de posse, culpa por achar que fez algo de errado ao seu objeto de posse, querer atenção do objeto de posse, sensação de inferioridade e ações que o sujeito tem ao sentir ciúme. A partir dessas variáveis foram selecionadas as falas do sujeitos relativas a essas variáveis, as quais já se encontravam separadas por tipos de perguntas feitas aos mesmos, e categorizadas a fim de comparar as variáveis básicas presentes no processo de enciumar-se identificadas a partir da literatura e a percepção das pessoas a respeito das variáveis presentes nesse tipo de sentimento. A partir dessas informações, foi feita a separação das categorias em tabelas e organizadas em ocorrências em que essas informações apareceram a partir dos relatos dos sujeitos Fonte dos dadosClasse de estímulos antecedentes Classes de respostasClasses de estímulos conseqüentes Váriaveis encontradas na Literatura*Medo da perda *Possibilidade de perda *Receio ou suspeita de rivalidade *Sensação de não receber atenção desejada *Atenção do objeto de posse *Sensação de inferioridade *Sensação de raiva e ressentimento em relação a algo ou alguém que produz o risco da perda (rival) *Sentir medo, angústia, ansiedade, sudorese, aceleração no coração, tremor *Controlar seu objeto de posse *Cuidar para que não se perca seu objeto de posse *Sentir-se culpado por ter feito algo de errado para seu objeto de posse *Invadir e desrespeitar o espaço do objeto de posse de modo a confirmar a suspeita de rivalidade *Sentir raiva de algo ou alguém que produz risco de perda ao seu objeto de posse *Quaisquer ações, que diminuam o rival, a sensação de inferioridade e o medo da perda *Sensação de desprezo, desonra, minimizado e excluído pela presença do rival *Ressentimento invejoso contra um rival *Diminuição da sensação de raiva *Diminuição da sensação de inferioridade *Diminuição das sensações corporais desagradáveis Variáveis identificadas a partir das entrevistas *Visão do objeto de posse conversando com outra pessoa (medo da perda e possibilidade de perda) *A pessoa que está conversando com o objeto de posse (receio ou suspeita de rivalidade) *Sentimentos negativos, como a raiva, tristeza, chateação, decepção e mágoa (ressentimento) *Conversar, ficar quieto (quaisquer ações que diminuam o medo e a possibilidade da perda) *Ficar bravo, ficar indignado *Investigar (controlar o objeto de posse) *Sentir raiva do rival *Essas ações são feitas provavelmente para que o objeto de posse continue dando atenção ao sujeito e que diminua a sensação de inferioridade, a possibilidade e o medo da perda. *Os sujeitos não relataram diretamente quais são as conseqüências do processo de enciumar-se para eles, porém elas podem ser classificadas a partir do relato das ações deles que provavelmente trazem como conseqüência um alívio nas sensações corporais desagradáveis, uma diminuição do medo e da possibilidade de perda, da sensação de inferioridade e do rival. *Ficar bravo, indignado, sentir raiva do rival, etc; provavelmente produzem alto grau de desconforto no sujeito, em seguida, conversar, investigar... Como conseqüência parecem produzir uma sensação de controle sobre a situação, assim provavelmente diminua o medo e a possibilidade de perda.


Carregar ppt "Relações entre as variáveis básicas presentes no processo processo comportamental de enciumar-se,identificadas a partir da literatura e a percepção das."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google