A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema de informação de média e alta complexidade do SUS - SIMAC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema de informação de média e alta complexidade do SUS - SIMAC."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema de informação de média e alta complexidade do SUS - SIMAC

2 2 Objetivo Desenvolver um sistema nacional de informações que registre individualmente os atendimentos de média e alta complexidade realizados pelos Estabelecimentos de Saúde. Deverá gerar o faturamento com base numa programação físico-financeira e informações estatísticas e gerenciais, subsidiando as instâncias de controle, avaliação, PPI, auditoria e análise epidemiológica.

3 3 Escopo do Projeto SIMAC SIAB Plus SIA BPA APAC SIH CIH AIH

4 4 Histórico Entendimento do Problema Falta de integração entre tabelas SIA e SIH Vários instrumentos de captação Falta de orçamentação/planejamento Falta de visão clara dos atendimentos Etc... Oficina de trabalho (RUP) - 09/2001

5 5 Histórico - Necessidades Gestão das tabelas (composição, valor,...)- SAS/SPS/FUNASA/FNS/ANVISA Integração Repositório, CNES, CNS, Sistemas de Gestão dos ES, etc... Compatibilidade das tabelas, sem perda da série histórica Instrumento único de captação Informações Estatísticas e Epidemiológicas (inclusive não SUS)

6 6 Histórico - Necessidades Informações mais detalhadas Informações compatíveis com a NOAS e portarias ministeriais Recuperação do histórico dos atendimentos Apuração descentralizada porém com algumas regras centralizadas no MS Programação Física-Financeira por procedimento (ambulatorial e hospitalar)

7 7 Cenário Atual – Visão Geral O projeto encontra-se em fase de levantamento e discussões com a SAS para definição de alguns conceitos e regras, bem como da estrutura das tabelas. Alguns casos de uso já levantados

8 8 Aplicativo de Gestão da Tabela de Procedimentos Objetivo: definir os procedimentos do novo sistema e as respectivas compatibilidades, especificando as restrições de CID, Motivo Cobrança, Alta Complexidade entre outras. Para auxiliar na unificação da tabela de procedimentos, dispõe de funções de recuperação das tabelas atuais do SIA e SIH

9 9 Cenários Tecnológicos O sistema deverá levar em consideração a realidade dentro dos seguintes níveis: Estabelecimento de Saúde Secretaria Municipal Secretaria Estadual Ministério da Saúde

10 10 Cenários Tecnológicos Deverá, portanto, oferecer diversas possibilidades : Niveis Federal e Estadual: possuidores de infra-estrutura necessária à operação do sistema utilizando tecnologia mais avançada Níveis Municipal e Estabelecimento: Deve-se prever a utilização de tecnologia mais básica.

11 11 Plataforma Tecnológica Desenvolvimento Java / WEB Outros Banco de Dados Oracle Outros Definição de interfaceamento entre sistemas Datasus bem como sistemas de gestão local (XML, TXT, DBF, etc...)

12 12 Cenário Atual – Recursos Contratação de empresa para apoio ao desenvolvimento - CESAR Prazo previsto: Março/2003 Treinamento profissionais Datasus em Java – Tecnologia WEB e Oracle

13 13 Cenário Atual – Compromissos Integração com os sistemas SAB, CNES, CNS, SISREG, Repositório, SIGAB, HOSPUB, Sistemas Próprios de Gestão CNESCNSSIABSISREG SIMAC REPOSITÓRIO HOSPUB SIGAB OUTROS CADSUS

14 14 Funções – Gerais e de Suporte Segurança e Controle de Acesso Configuração da rede de asssistência Administração de Tabelas Gerência de Configuração (versões de programas, tabelas, etc...) Interfaceamento com outros sistemas

15 15 Funções - Captação Através de um instrumento único que contemple os atendimentos ambulatorial e hospitalar (SUS e não SUS). Deverá admitir as especificidades de cada tipo de atendimento (por exemplo: Internação, TRS, Oncologia, etc...)

16 16 Funções - Captação Instrumento através do qual a produção do Estabelecimento de Saúde é informada. Poderá ou não ser o instrumento gerador para as informações de pagamento, em função de suas características(SUS/Não SUS), erros ou inconsistências cadastrais Deverá conter a caracterização do atendimento e do paciente.

17 17 Funções – Programação Física- Financeira Módulo que o Gestor (Municipal ou Estadual) faz a programação física dos atendimentos dos seus Estabelecimentos de Saúde por procedimento. Possui Níveis de Apuração Financeira. Eventuais sobras financeiras poderão ser remanejadas automaticamente. Seguir as normas preconizadas pela PPI

18 18 Funções - Apuração Gerador do crédito aos Estabelecimentos de Saúde. Utiliza a programação físico-orçamentária, o cadastro do CNES e outros dados que porventura possam aumentar o valor dos procedimentos. Gerador e verificador dos dados que servirão de base para montagem do BD- Nacional

19 19 Funções – Apuração Não permitir que os procedimentos produzidos mas não orçados sejam pagos. Deverá contemplar o pagamento discriminando a parcela paga com recurso Federal bem como eventuais parcelas pagas com recursos próprios (Estadual e/ou Municipal). Deverá também emitir “contra- cheques” aos Estabelecimentos.

20 20 Riscos Após testes, o sistema deverá ser implantado a nível nacional em um mesmo momento Infra-estrutura nos gestores e estabelecimentos de saúde Estratégia de treinamento dos usuários Estrutura de “help-desk”


Carregar ppt "Sistema de informação de média e alta complexidade do SUS - SIMAC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google