A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hidrosfera Compreende todos os rios, lagos,lagoas e mares e todas as águas subterrâneas, bem como as águas marinhas e salobras, águas glaciais e lençóis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hidrosfera Compreende todos os rios, lagos,lagoas e mares e todas as águas subterrâneas, bem como as águas marinhas e salobras, águas glaciais e lençóis."— Transcrição da apresentação:

1 Hidrosfera Compreende todos os rios, lagos,lagoas e mares e todas as águas subterrâneas, bem como as águas marinhas e salobras, águas glaciais e lençóis de gelo, vapor de água, as quais correspondem a 71% de toda a superfície terrestre.rioslagoslagoasmaresgelovapor A profundidade do oceano é de 3794 m (em média), mais de cinco vezes a altura média dos continentes.médiacontinentes A massa dos oceanos é de aproximadamente 1.35 x 1018 toneladas, ou cerca de 1/4400 da massa total da Terra.massatoneladas A abundância de água na Terra é uma característica original que distingue nosso chamado "planeta azul" de outros no sistema solar. Aproximadamente 70,8% (97% de água do mar e 3% de água doce) da Terra são cobertos de água e somente 29,2% de terra.sistema solar

2 FonteVolume (km3)Volume (%) Oceanos ,39% Gelo polar, geleiras, icebergs ,01% Água subterrânea, umidade do solo ,58% Lagos e rios ,02% Atmosfera ,001% Água potável ,50% Distribuição da água potável Porcentagem do volume(%) Capa de gelo polar, icebergs, geleiras77,23 Água subterrânea (até 800m de profundidade)9,86 Água subterrânea (800 a 4000m)12,35 Umidade do solo0,17 Lagos (água potável)0,35 Rios0,003 Minerais hidratados0,001 Plantas, animais, seres humanos0,003 Atmosfera0,04

3

4

5

6

7 Oceanografia física A oceanografia física estuda os processos físicos nos oceanos e suas relações com a atmosfera e a litosfera. Estuda as características e comportamento das massas de água: correntes marinhas, marés, ondas, vórtices e outros. Conhecimentos de mecânica dos fluidos, observações in situ, sensoriamento remoto e observações de satélites. Uso de modelos hidrodinâmicos para prever muitos desses processos. Ressurgência ou afloramento ("upwelling"): subida de águas profundas, frias e ricas em nutrientes, para a superfície do oceano - importância para a vida dos organismos marinhos. Influencia o clima do planeta: El Niño, La Niña, Efeito Estufa.

8 Correntes oceânicas correntes oceânicas ou correntes marítimas: fluxo das águas dos oceanos, ordenadas ou não, decorrentes da inércia da rotação do planeta Terra, dos ventos e da diferença de densidade. Suas movimentações não são bem definidas por haver continentes e ilhas ao longo da sua movimentação, portanto, correm com grande variabilidade. Influenciam na pesca, na vida marinha e no clima.

9 Principais Correntes Oceânicas

10

11

12 A forma mais espectacular de afloramentos ocorre quando ventos persistentes ao longo da costa deslocam a água superficial em direção ao oceano, isso ocorre devido a rotação da Terra (Força de Coriolis).ventoscostaForça de Coriolis A diferença de pressão hidrostática provoca a ascensão de águas profundas da plataforma continental para a superfície.pressãohidrostáticaplataforma continental Os nutrientes existentes nestas águas profundas, agora na zona eufótica promovem o desenvolvimento do fitoplâncton que, por sua vez, constitui a base da cadeia alimentar no oceano, fornecendo alimento a peixes e outros organismos marinhos que também se desenvolvem em grandes quantidades, favorecendo a pesca.fitoplânctoncadeia alimentaralimentopeixesorganismos marinhospesca As regiões de afloramento mais importantes do mundo situam-se tipicamente nas costas ocidentais dos continentes: ao largo da Mauritânia e da Namíbia no Oceano Atlântico e na Califórnia e ao largo do Chile e Peru no Oceano Pacífico. Também ocorre no sudeste brasileiro, mais precisamente em Arraial do Cabo.MauritâniaNamíbiaOceano AtlânticoCalifórniaChilePeruOceano PacíficoArraial do Cabo Afloramento ou ressurgência

13

14 Ressurgência Costeira : Ao longo das costas leste nos Oceanos Pacífico e Atlântico os ventos alísios sopram quase que paralelamente a costa em direção aos Doldrums. O transporte de Ekman é portando direcionado para o oceano aberto, forçando água para cima das camadas subsuperficiais (geralmente por volta de m de profundidade); Ressurgência Equatorial: No Pacífico e no Atlântico a região dos Doldrums se localiza por volta dos 5°N, e assim no hemisfério sul, os ventos alísios estão presentes nos dois lados do equador. O transporte de Ekman é direcionado ao sul no hemisfério sul e ao norte no hemisfério norte. Isso causa uma divergência superficial no equador que força a água a ressurgir (de cerca de m). Ressurgência no Oceano Austral: A água profunda do Atlântico Norte chega ao Oceano Austral como um fluxo extenso numa profundidade entre m. Ela sobe até aproximadamente 200 da superfície e entra a circulação nas camadas superficiais. Essa subida de mais de 2000 m é o processo de ressurgência mais profundo dos oceanos da Terra.

15

16

17

18

19 el niño/la niña São fenômeno provocado pelo aquecimento/esfriamento das águas do pacífico na região do equador em direção à Autrália/Indonésia. Está associado ao fenômeno da ressurgência

20

21

22 el niño la niña

23

24 Efeitos do El Niño no Brasil No Brasil a variação no volume de chuvas depende de cada região e da intensidade do fenômeno. A temperatura aumenta na maioria das regiões.Brasilchuvas Região Norte e Nordeste: Diminuição de chuvas causando secas, se agrava a situação no Sertão nordestino e aumentam as chances de incêndios florestais na Amazônia;Região NorteNordesteSertão nordestinoincêndios florestaisAmazônia Região Sudeste: Aumento da temperatura média.Região Sudeste Região Sul: Aumento da temperatura média e da precipitação, principalmente na primavera e no período entre Maio e Julho.Região SulprecipitaçãoprimaveraMaioJulho Efeito estufa é muito comum nesse período.

25 Circulação termoalina É a circulação oceânica global movida pelas diferenças de densidade das águas dos oceanos devidas a variações de temperatura ou salinidade em alguma região oceânica superficial.circulação oceânicadensidadesalinidade O aumento de densidade pode ocorrer devido ao refriamento da água, ao excesso de evaporação sobre a precipitação ou ainda à formação de gelo e consequente aumento de salinidade das águas vizinhas.evaporaçãoprecipitaçãogelo

26 Mecanismo O aumento da densidade da água na superfície devido ao aumento da salinidade resultante do abaixamento da temperatura (altas latitudes: região temperada e polar) fluxo vertical em direção ao fundo. Estas águas frias e densas afundam e lentamente fluem em direção ao equador.equador A circulação termoalina é importantíssima no estabelecimento das características dos oceanos profundos. O conteúdo relativamente alto de oxigénio das águas profundas em relação às águas mais superficiais reflete a sua origem polar.oceanosoxigéniopolar Sem a fonte superficial desse gás, as águas profundas dos oceanos poderiam esgotar o oxigénio pela oxidação do material orgânico que contêm.oxidaçãomaterial orgânico A velocidade das correntes termoalinas é muito pequena, cerca de 1 cm/s. O tempo de residência (água profunda do oceano) é de cerca de 500 a 1000 anos (para o Oceano Atlântico).Oceano Atlântico

27

28 Maré Marés são as alterações do nível das águas do mar causadas pela interferência gravitacional da Lua e do Sol

29

30 Ondas oceânicas de superfície São provocadas pelo vento que cria forças de pressão e fricção que perturbam o equilíbrio da superfície dos oceanos. O tamanho é influenciado por tempestades e direção dos ventos. O vento transfere parte da sua energia para a água através da fricção entre o vento e a água. Isso faz com que as partículas à superfície tenham um movimento elíptico, que é uma combinação de ondas longitudinais (para a frente e para trás) e transversais (para cima e para baixo). A medida que aproxima da costa, o fundo limita o movimento e as cristas se aproximam. A onda cresce de tamanho, mas arrebenta pois não suporta o próprio peso.

31 Limnologia É a ciência que estuda as águas interiores, independentemente de suas origens, mas verificando as dimensões e concentração de sais, em relação aos fluxos de matéria e energia e as suas comunidades bióticas.ciênciaáguas interioressaiscomunidades Muito embora a limnologia tenha sido originalmente desenvolvida com o objetivo de estudar os ambientes lacustres (lagos), na realidade, os ambientes estudados abrangem todos os tipos de águas interiores: lagos, lagoas, reservatórios, rios, açudes, represas, riachos, brejos, áreas inundáveis, águas subterrâneas, colecções de água temporárias, nascentes e fitotelmos.lagoslagoas reservatóriosriosaçudesrepresasriachosbrejosáreas inundáveiságuas subterrâneasnascentesfitotelmos Medições Físicas – temperatura, densidade, viscosidade, profundidade, pressão, turbidez, penetração e absorção de luz, velocidades, precipitação, vazão, etc. Químicas – teores de espécies químicas (P, N, K, Si, S, O, Metais, entre outros), orgânicos (materiais, corantes, hormônios, etc), entre outros. Biológicas – comunidades planctônicas, bentônicas, insetos (ciclo na água), etc. Monitoramento remoto, satélite, estações de medição, sensores, tecnologia ambiental (algas para produção de combustível).

32 Criosfera(kryos significa gelo,neve) é constituida por regiões da superfície terrestre cobertas permanentemente por gelo e neve. Representam uma pequena parte da superfície e têm enorme importância na regulação dos processos hídricos e atmosféricos.geloneve calotas polares blocos de gelo continentais montanhas glaciais geleiras marítimas lagos e rios gelados Criosfera

33 Antártida

34 Aproximadamente 98% da Antártica está coberta por um manto de gelo possui em média dois quilômetros de espessura e metros de espessura máxima. Volume estimado de gelo: 25,4 milhões km 3 (70% de água doce do planeta) A Antártica tem mais de 145 lagos que se encontram sob a superfície de gelo continental. O lago Vostok é o maior deles. Acredita-se que o lago está selado pelo manto de gelo há 30 milhões de anos. Há também alguns rios no continente, o maior dos quais é o rio Onyx, com 30 quilômetros de extensão, que desagua no lago Vanda a 75 metros de profundidade. A Antártica é o continente mais frio e seco da Terra, um grande deserto. Preciptação média anual: 30 e 70 mmdeserto Temperatura: -30 °C no verão até abaixo de -80 °C no inverno A menor temperatura do mundo, -89,2 °C no dia 21 de Julho de de Julho1983

35 Camada de ozônio em 2006

36

37

38

39


Carregar ppt "Hidrosfera Compreende todos os rios, lagos,lagoas e mares e todas as águas subterrâneas, bem como as águas marinhas e salobras, águas glaciais e lençóis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google