A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONTABILIDADE Profª Eloisa de Moura Lopes

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONTABILIDADE Profª Eloisa de Moura Lopes"— Transcrição da apresentação:

1 CONTABILIDADE Profª Eloisa de Moura Lopes

2 Relatórios Contábeis: Obrigações e Auxílio à Gerência zImportância da tomada de decisão. zTomada de decisão no âmbito da empresa: yPara serem tomadas os Administradores precisam de informações. yA Contabilidade é o grande instrumento que auxilia a administração a tomar decisões. yEla coleta todos os dados econômicos, mensurando- os monetariamente, registrando-os e sumarizando-os em forma de relatórios.

3 Má gerência zMuitas empresas, principalmente as pequenas, têm falido ou enfrentam sérios problemas de sobrevivência. zEstudos têm comprovado que decisões são tomadas sem respaldo, sem dados confiáveis. zPor fim observamos, nesses casos, uma contabilidade irreal, distorcida, em conseqüência de ter sido elaborada única e exclusivamente para atender às exigências fiscais.

4 Tomada de decisão fora dos limites da empresa zInvestidores zFornecedores de bens e serviços a crédito zBancos zGoverno zSindicatos zOutros interessados: funcionários, órgãos de classe

5 Função do Contador zÉ produzir informações úteis aos usuários da Contabilidade para a tomada de decisões. zRessalta-se, entretanto, que, em nosso país, em alguns segmentos da nossa economia, principalmente na pequena empresa, a função do contador foi distorcida, estando voltada exclusivamente para satisfazer exigências do fisco.

6 Demonstrações Financeiras e relatórios Contábeis zAlgumas definições básicas: zRelatório Contábil é a exposição resumida e ordenada de dados colhidos pela Contabilidade. zObjetivo: dados registrados no período, também conhecidos como informações contábeis.

7 Relatórios Contábeis Obrigatórios zA lei da S/As. Estabelece que no final de cada exercício social (ano), a diretoria fará elaborar com base na escrituração contábil, as seguintes demonstrações financeiras ou (contábeis): z. Balanço Patrimonial; z. Demonstração do resultado do exercício; z. Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados ou. Demonstrações das Mutações do Patrimônio Líquido; z. Demonstrações das Origens e Aplicações de Recursos.

8 Uma introdução didática zO Balanço Patrimonial: yÉ uma demonstração muito usada por usuários externos à empresa: yBancos, Governo, Fornecedores, Sindicatos e até mesmo donos de empresas (sócios ou acionistas). yNormalmente, esses usuários não precisam ser especialistas em Contabilidade.

9 Balanço Patrimonial uma representação gráfica zAssim, poderíamos iniciar relacionando tudo aquilo que a empresa receberá no Curto Prazo (aquilo que será transformado em dinheiro). zConfrontando com tudo aquilo que será pago no Curto Prazo.

10 Itens que já são dinheiro ou que serão transformados em dinheiro rapidamente. (Curto Prazo) Todas as contas que serão pagas rapidamente, no Curto Prazo, ou até 1 ano. AtivoPassivo Balanço Patrimonial Como essas contas recebidas e pagas rapidamente se renovam (estão sempre girando). Foi dado o nome de circulante, tanto para o Ativo como para o Passivo.

11 Balanço Patrimonial zO grupo seguinte seria o das contas que a empresa espera muito tempo para receber (Ativo), confrontando com as contas que se demora muito para pagar (Passivo). ATIVOPASSIVO Circulante Recebe rapidamente _________________ Recebe lentamente no Longo Prazo Circulante Paga-se rapidamente _________________ Demora-se muito tempo para pagar

12 Balanço Patrimonial zSe a empresa espera muito tempo para receber, poderíamos chamar esse grupo de Realizável a Longo Prazo. zE, por outro lado, demora-se muito para pagar significa um Exigível a Longo Prazo. zAssim, no Passivo, temos: contas que se pagam rapidamente e contas que vão demorar muito tempo para se pagar.

13 Balanço Patrimonial zConsequentemente, o terceiro grupo será de contas que não serão pagas. zÉ o caso do Patrimônio Liquido: enquanto a empresa estiver em um processo de continuidade, não precisa pagar (Não Exigível) a seus donos.

14 ATIVO z1) O que recebemos rapidamente. z2) O que vamos demorar para receber. z3) O grupo de itens que a empresa não receberá, pois não estão a venda, mas destinados ao uso e à renda. Esses itens permanecem muito tempo dentro da empresa, daí serem chamados de Permanente. ATIVO Circulante Será transformado em dinheiro rapidamente Realizável a Longo Prazo Espera-se muito tempo para receber Permanente Normalmente não se vende, não se recebe, pois é para uso.

15 Grupos de conta do Ativo zAtivo Circulante: z Disponível (caixa e bancos). zContas a Receber (duplicatas). zEstoques (matéria-prima). zInvestimento Temporário. zProvisão para Devedores Duvidosos (-)

16 Grupo de contas do Ativo zRealizado a longo prazo: os empréstimos ou adiantamentos concedidos as sociedades coligadas ou controladas, a diretores, acionistas, etc. Além dos títulos a receber a longo prazo. zPermanente: Prédios, instalações, equipamentos, móveis, utensílios, etc. z(-) Depreciação do Permanente.

17 PASSIVO z1) As contas que serão liquidadas rapidamente. z2) Aquelas contas que serão pagas num prazo mais longo. z3) E as que são investimentos dos proprietários (capital). PASSIVO será pago rapidamente, no Curto Prazo Exigível a Longo Prazo demora-se muito tempo para pagar Patrimônio Líquido não precisa pagar enquanto a empresa estiver em continuidade.

18 Grupos de conta do Passivo zPassivo Circulante: zContas a pagar (dívidas com fornecedores, impostos, empréstimos, encargos, salários, férias), etc. zExigível a Longo Prazo: zSão dívidas da empresa que serão liquidadas com prazo superior a um ano (financiamentos, títulos a pagar), etc. zPatrimônio Líquido: zO PL representa os investimentos dos proprietários (capital) mais o lucro acumulado, no decorrer dos anos retido na empresa, ou seja, não distribuídos e ainda não incorporado ao Capital. Ainda encontramos as reservas.

19 VISÃO SINTÉTICA DO BALANÇO

20 Origens e aplicações zO lado do Passivo, tanto Capital de Terceiros (Passivo Exigível) como Capital Próprio (Patrimônio Líquido), representa toda a fonte de recurso, toda a origem de capital. zNenhum recurso entra na empresa se não for via Passivo ou Patrimônio Líquido. zO lado do Ativo é caracterizado pela aplicação dos recursos originados no Passivo e Patrimônio Líquido.

21 Origens e aplicações zSe uma empresa pega recurso emprestado de uma instituição financeira, terá uma origem de recurso: Passivo. zEste recurso será aplicado em algum lugar no ativo: estoque, máquinas, caixa... zPor essa razão que o Ativo será sempre = ao Passivo + Patrimônio Líquido.

22 Explicação da expressão balanço patrimonial zO termo balanço decorre do equilíbrio: zou da igualdade de Aplicações = Origens zA expressão patrimonial origina-se do Patrimônio Global da empresa, ou seja, o conjunto de bens, direitos e obrigações. zAssim surge a expressão: Patrimônio Líquido, que significado a parte residual do patrimônio, a riqueza líquida da empresa. Ativo = Passivo + PL


Carregar ppt "CONTABILIDADE Profª Eloisa de Moura Lopes"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google