A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEAG- C.E. Antonio Gonçalves Turma:2004 Série: 2º ano Professor:Jarbas Ano:2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEAG- C.E. Antonio Gonçalves Turma:2004 Série: 2º ano Professor:Jarbas Ano:2008."— Transcrição da apresentação:

1 CEAG- C.E. Antonio Gonçalves Turma:2004 Série: 2º ano Professor:Jarbas Ano:2008

2

3 AIDS A síndrome da imunodeficiência adquirida

4 AIDS A AIDS é uma doença que se manifesta após a infecção do organismo humano pelo Vírus da Imunodeficiência Humana, mais conhecido como HIV.Geralmente, a infecção pelo HIV leva uma imunossupressão progressiva, especialmente da imunidade celular, e a uma desregulação imunitária.

5 SINAIS DA AIDS / SINTOMAS DA AIDS ESTÁGIO 1 - Tempo aproximado: de semanas a 6 meses Você parece sadio. O teste da AIDS pode dar negativo. Mas mesmo parecendo sadio e com o teste negativo você já pode transmitir o vírus a outras pessoas. S

6 ESTÁGIO 2 - Geralmente pode levar de 1 ano a 5 anos (ou mais) Você mantém a aparência saudável mas o teste da AIDS já dá positivo. Você é um portador do HIV. ESTÁGIO 3 - Não tem tempo determinado: pode aparecer em meses ou anos

7 A AIDS é um mal que se disfarça muito bem no organismo da pessoa contaminada. É importante notar que muitos dos sinais e sintomas da AIDS podem ocorrer por causa de outras doenças comuns em nosso meio. Isso significa que a presença de um ou outro dos sinais ou sintomas citados a seguir não quer dizer que a pessoa está contaminada com vírus da AIDS. Neste estágio alguns sinais e sintomas podem sugerir a contaminação pelo HIV:

8 * Cansaço e fraqueza anormais para desenvolver as atividades habituais; * Emagrecimento sem causa aparente; * Febre contínua, suores noturnos; * Ínguas que duram mais de três meses; * Tosse seca, prolongada, sem ter bronquite ou ser fumante; * Sapinho na boca; * Diarréia prolongada;

9 ESTÁGIO 4 - Pode ocorrer no período de meses ou anos Por ter queda nas defesas do corpo, a pessoa contaminada com o vírus da AIDS facilmente pega outras doenças graves, que poderão levá-lo à morte. As mais comuns são pneumonia, câncer, diversos tipos de infecções e problemas no cérebro. Nesta fase é que se diz geralmente que a pessoa já está com AIDS.

10 SITUAÇÕES SE PODE PEGAR AIDS * Nas relações sexuais - Sexo anal, vaginal ou oral, no qual um dos parceiros esteja contaminado. * Nas transfusões de sangue, quando o sangue estiver contaminado. * Nas práticas de compartilhar agulhas e seringas (duas ou mais pessoas usarem uma só), especialmente no uso de drogas injetáveis, quando um dos usuários estiver contaminado.

11 * Materiais de acupuntura, tatuagens e outros objetos perfurantes e cortantes também podem representar perigo. * Da mãe para o filho durante a gravidez, parto e amamentação, se a mãe estiver contaminada.

12 NÃO HÁ RISCO DE SE PEGAR AIDS 1 - No beijo social, abraços e apertos de mão. 2 - No convívio familiar. 3 - No local de trabalho. 4 - Nos transportes coletivos. 5 - Nos aparelhos sanitários, pias e piscinas. 6 - No uso comum de pratos, talheres e copos. 8 - Na doação de sangue.

13 PREVENÇÃO O preservativo, ou camisinha como é mais conhecido, é uma forma de se prevenir contra a AIDS. No entanto, a camisinha não é totalmente segura, pois ela pode rasgar. Use somente camisinhas feitas de látex (borracha) e dê preferência às que já são lubrificadas. Não utilize óleos, geléias, vaselinas, pois podem enfraquecer a borracha e causar o rompimento da camisinha.

14 CONVIVENDO COM O DOENTE DE AIDS As pessoas que têm AIDS precisam de apoio e de cuidados. As pessoas com o vírus da AIDS mas sem complicações da doença devem levar uma vida normal, inclusive trabalhar. Entretanto, essas pessoas não devem doar sangue nem manter relações sexuais sem camisinha.

15 As pessoas que têm a doença AIDS desenvolvida só devem ser afastadas de suas atividades normais quando seu estado físico assim o exigir. Os seus ferimentos e do doente devem ser mantidos cobertos com curativos impermeáveis. Para evitar a transmissão de muitas doenças, como hepatite, conjuntivites, micoses etc., é importante que cada um tenha os seus objetos de uso pessoal

16 Pisos e locais infectados com sangue, vômitos etc. do doente devem ser desinfectados com água sanitária. Uma parte de água sanitária e 5 de água da torneira é o indicado. Roupas sujas com secreções devem ser lavadas em água quente. Em serviços de jardinagem não deixar de usar luvas. Lavar, nesse caso, as mãos. A pessoa que cuida de um paciente com o vírus da AIDS deve evitar contato com o doente se estiver com gripe ou outras doenças infecciosas

17 EXAMES Existem três tipos de exames comumente utilizados para a detecção do HIV: Elisa- É o exame mais utilizado, adotado principalmente para a triagem inicial. Devido a sua alta sensibilidade, pode apresentar resultados falso- positivos e por isso precisa ser confirmado com outra técnica. A maioria dos laboratórios já realiza esta confirmação automaticamente.

18 Imuno - Fluorescência- É um exame confirmatório e deve ser realizado após um resultado Elisa positivo. Western - Blot- É também confirmatório, um pouco mais preciso que o de Imuno-Fluorescência, pois identifica componentes específicos do vírus. É o mais amplamente adotado para confirmar um resultado positivo de Elisa.

19 Existem ainda, outros exames que podem detectar diretamente o vírus, ao contrário dos anteriores, que detectam o anticorpo correspondente ao vírus. São técnicas caras, normalmente só realizadas em pesquisas e não estão disponíveis na rede pública, como por exemplo o PCR e o P24.

20 PERÍODO DE INCUBAÇÃO É o tempo que vai do momento em que a pessoa entra em contato com o vírus até o aparecimento dos primeiros sintomas. Este tempo é variável no caso da AIDS. Nele, a pessoa contaminada já pode passar a doença para outras pessoas sadias através da relação sexual e do sangue. Por isso é importante o uso da camisinha em todas as relações sexuais, mesmo que os parceiros tenham aspecto saudável.

21 JANELA IMUNOLÓGICA É o período que o teste da AIDS pode dar negativo mesmo a pessoa estando infectada e transmitindo o vírus. O organismo leva um tempo para desenvolver os anticorpos que serão detectados pelos exames, tempo esse relativo de pessoa para pessoa. Tempo aproximado: de semanas até 6 meses.

22 DIAGNÓSTICO A única forma de sabermos se estamos ou não com o vírus da AIDS é por meio do teste anti- HIV. O teste é realizado com uma pequena quantidade de sangue retirado da veia e analisado em laboratório. Esse teste vai mostrar se estamos ou não infectados pelo HIV

23 Quando o nosso organismo entra em contato com o vírus da AIDS (HIV) ele produz anticorpos e o teste vai detectar se esses anticorpos estão ou não presentes no nosso sangue. Portanto, para que esse teste seja confiável devemos realizá-lo após pelo menos três meses depois da última situação de risco

24 Bibliografia


Carregar ppt "CEAG- C.E. Antonio Gonçalves Turma:2004 Série: 2º ano Professor:Jarbas Ano:2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google