A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

 Ministração na vida um do outro  Cada um responsável espiritualmente por um ou no máximo duas pessoas (RNA)  Ciclo de uma célula (MAC p.47) INVESTIR.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: " Ministração na vida um do outro  Cada um responsável espiritualmente por um ou no máximo duas pessoas (RNA)  Ciclo de uma célula (MAC p.47) INVESTIR."— Transcrição da apresentação:

1

2  Ministração na vida um do outro  Cada um responsável espiritualmente por um ou no máximo duas pessoas (RNA)  Ciclo de uma célula (MAC p.47) INVESTIR NAS CÉLULAS

3 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EVANGELISMO 10 MINUTOS EDIFICAÇÃO 35 MINUTOS EXALTAÇÃO 15 MINUTOS QUEBRA GELO 10 MINUTOS

4 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA QUEBRA GELO Apenas uma ferramenta para quebrar a hesitação inicial Ajuda a pessoa a se sentir vontade com os outros

5 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EXALTAÇÃO O poder e presença do Senhor podem ser destacadas Se o líder estiver em comunhão com Deus, esse estágio poderá promover quebrantamento.

6 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EDIFICAÇÃO Interação com Deus e Sua Palavra Ministração de uns para com os outros Manifestação dos dons espirituais

7 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EDIFICAÇÃO Deve encorajar e desafiar as pessoas Confrontar ideais confusas ou valores desajustados Oração uns pelos outros

8 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EVANGELISMO Nesse momento da célula a visão maior da célula é enfatizada: atingir os incrédulos. A atenção de todos devem estar voltadas agora exclusivamente aos de fora (além de suas preocupações e necessidades pessoais).

9 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EVANGELISMO Estratégias de evangelismo são planejadas e executadas Momento de oração pelo oikos para Deus derrubar fortalezas

10 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EVANGELISMO Esse momento pode incluir uma das opções: Conversa sobre situação espiritual dos incrédulos Planejamento de como a célula pode se relacionar com os incrédulos Durante os primeiros encontros, o líder da célula deve orientar todos os membros a fazerem a lista dos incrédulos do seu oikos.

11 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA EVANGELISMO Pequena palavra ou testemunho votado aos incrédulos, incentivando a receberem Jesus e virem novamente, e ajudando, conforme abertura, em alguma de sua necessidade. Momento de oração pelo oikos para Deus derrubar fortalezas

12

13 A nossa célula existe para edificar cada membro para que este esteja preparado a ajudar outros. (MAC p.48)

14 3 CONDIÇÕES ESPIRITUAIS DE CRENTES Devemos levar em consideração e envolver apropriadamente cada nível de crente (1João )

15 2 SUBGRUPOS DE CRENTES INCRÉDULO TIPO “A” INCRÉDULO TIPO “B”

16 Joaozinho cresceu numa família católica. Seus pais frequentaram a igreja mas ele mesmo só foi a missa algumas poucas vezes durante toda sua infância. Joaozinho decidiu vir morar nos EUA quando tinha 20 anos de idade, e desde então, vive como roomate trabalhando na área de construção. Ele chegou a visitar algumas igrejas evangélicas por curiosidade mas nunca teve uma experiência pessoal com Jesus. Alias, sempre quando retornava de um culto, voltava cheio de desconfiança e julgamentos das pessoas que ali frequentavam. Recentemente Joaozinho, depois de desenvolver uma amizade com a Marcelo, um jovem casado de sua célula, e por insistência de Marcelo, finalmente ele decide fazer uma visita a célula. ESTUDO DE CASOS: JOAZINHO

17 Sua experiência é libertadora. No primeiro encontro ele percebeu um ambiente de família, acolhedor e de segurança com as pessoas como ele nunca tinha experimentado antes. Aquilo mexeu com Joaozinho que embora sentia-se bem com o grupo, ainda ficava meio ressabiado em frequentar as reuniões de crentes. Foi no terceiro encontro que Joaozinho realmente percebeu que aquele grupo de pessoas estavam buscando respostas em Jesus e que Jesus dava uma paz diferente de tudo quanto as outras pessoas estavam buscando. Antes da reunião de Grupo Pequeno terminar, no final da 3ª etapa, o líder sente que Joazinho está de alguma forma bem comovido com tudo. O que o líder ou axiliar deve fazer nessa hora?

18 Joaozinho aceitou Jesus na célula. O grupo utilizou bem de sua experiência de edificação (3ª etapa) para comover o coração do jovem, e orou por sua vida entregando o coração dele a Jesus (4ª etapa). Joaozinho deu os primeiros sinais de sua verdadeira conversão. Ele estava feliz e demostrava uma serenidade que nunca havia experimentado. Ele é um recém-convertido que apesar de não saber praticamente nada de Bíblia e ter muitas dúvidas está desejoso de aprender. O que fazer?

19 Joaozinho demonstra muitos evidencias de sua conversão, e sua frequência na célula é de 13 encontros. Ele já tem ido algumas vezes no culto de celebração. Ele tem tido o acompanhamento de uma pessoa que o tem orientado mais de perto. Ele quer se firmar na igreja. O que fazer?

20 Joaozinho, por meio do processo de discipulado (acompanhamento individual, RNA e estações) está sendo desafiado a rever alguns práticas de sua vida. Ele tem percebido que a sua vida está mais bagunçada do que ele imaginava. Joaozinho percebeu que a maneira como ele tinha cultivado relacionamentos amorosos com garotas não era o que Deus tinha para ele. Desde os tempos de ensino médio, nas festas de cervejada, Joaozinho havia criado o hábito de encontrar meninas para ficar com a intenção de ter relacionamento sexual sem compromisso. Tudo isso parecia normal para Joaozinho; apesar de agora ele entender o quanto essa vida era vazia e machucava tanto a ele quanto as outras pessoas. Mas Joaozinho não tem as respostas certas, ele precisa de orientação. O que fazer?

21 Joaozinho tem aprendido a lidar com suas impulsões sexuais entregando tudo a Deus e olhar para as garotas com intenção pura. Ele já tem confirmado em seu coração o alvo dele encontrar um garota crente, que pensa como ele, para desenvolver um namoro correto (sem relação sexual) e com a intenção de se casar. Apesar de Joaozinho já ter se tornado membro, e entender que Jesus é tudo o que ele precisa, e ter a sua vida de pureza definida; ainda assim, sua velha natureza ainda o impele agir como antes. Em um dia na célula, Joaozinho chega bem diferente. O seu rosto está abatido e seu coração cheio de culpa. Para todos é notável o contraste entre o Joaozinho de antes (alegre e extrovertido), para este (cabisbaixo e pouco participativo). O que fazer?

22 Joaozinho revela no final da célula para o líder que naquele final de semana passado, ele havia deitado com uma menina que tinha conhecido a alguns anos atrás antes de sua conversão. Ele revela que sempre tinha no coração dele o desejo de se deitar com ela, mas ela nunca se demonstrou disponível. No entanto, ela aparecera em sua casa muito triste porque o pai dela havia falecido a poucos dias no Brasil e ela nem tinha condição de visita-lo. Joaozinho se sente extremamente culpado, triste, indigno e sujo por ter se deixado levar por essa situação. Ele sente que todo o comprometimento que fez não passou de uma farsa e ele é incapaz de agradar a Deus. O que fazer?

23 Joaozinho tem crescido na célula. Converte-se, batizou, membrou-se a igreja, venceu culpas e tem vencido hábitos pecaminosos do passado. O que fazer no próximo estágio? Continuar as estações de discipulado Estimular sua ministração na vida de outras pessoas Encorajar e viabilizar o uso dos seus dons espirituais Desenvolver nele um amor pelos perdidos e o desejo de trazer seus amigos na célula.

24 PERGUNTAS GERAIS 1.Como você acha que deve ser uma semana na vida de um líder de célula? 2.Que pessoas servirão de apoio para o seu ministério? 3.Que hábitos você deve cultivar em sua vida para sua liderança seja um sucesso?


Carregar ppt " Ministração na vida um do outro  Cada um responsável espiritualmente por um ou no máximo duas pessoas (RNA)  Ciclo de uma célula (MAC p.47) INVESTIR."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google