A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de Ações Complementares para a Gestão da Crise Hídrica na Bacia do Rio Paraíba do Sul Rio de Janeiro, 9/12/2014.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de Ações Complementares para a Gestão da Crise Hídrica na Bacia do Rio Paraíba do Sul Rio de Janeiro, 9/12/2014."— Transcrição da apresentação:

1 Plano de Ações Complementares para a Gestão da Crise Hídrica na Bacia do Rio Paraíba do Sul Rio de Janeiro, 9/12/2014

2 05/11/14 - Ofício SEA/SE nº 457/2014 para ANA - Considera essencial a elaboração de um Plano de Contingência para segurança hídrica do RJ 07/11/14 - Ofício ANA nº 275/2014 – Solicita da SEA/RJ a elaboração do Plano de Contingência da bacia do rio Guandu 08/11/14 - Carta Aberta nº 02/2014 do CERHI-RJ – Recomenda a elaboração de um plano de contingência de segurança hídrica das bacias do rio Paraíba do Sul e Guandu Contexto

3 Restrição de uso Ações Complementares

4 Restrição de uso Ações Complementares Consumo de Água Acumulado até o Reservatório Santa Cecília por Finalidade (m 3 /s) Abastecimento público2,21 Indústria4,05 Irrigação5,05 Outros0,74 Total12,05 Redução de 20%- 2,40

5 Restrição de uso No momento, regras de restrição para os usuários localizados na bacia de contribuição do reservatório de Santa Cecília não traria benefícios significativos para mitigar os efeitos da crise hídrica na bacia do rio Paraíba do Sul. Contudo, essa alternativa não deve ser descartada no futuro, caso haja agravamento da situação. Eventuais adaptações relacionadas às flutuações de nível e características locais do corpo hídrico no local da interferência são de responsabilidade dos usuários outorgados. Ações Complementares

6 Captações para abastecimento público Ações Complementares MUNICÍPIOS SOB INFLUÊNCIA DO SISTEMA HIDRÁULICO DA BACIA DO RIO PARAÍBA DO SUL Município População abastecida pelo rio Paraíba do Sul (hab.) Demanda média no rio Paraíba do Sul (L/s) Aparecida/SP34.49892 Caçapava/SP7.2514 Guararema/SP22.24075 Jacareí/SP170.803517 Natividade da Serra/SP2.7889 Paraibuna/SP5.13112 Pindamonhangaba/SP141.708192 Redenção da Serra/SP1.8813 Santa Branca/SP12.14031 São José dos Campos/SP469.0001.578 Taubaté/SP174.510521 Tremembé/SP16.25132 Barra do Piraí/RJ85.818254 Barra Mansa/RJ162.748472 Cambuci/RJ6.43329 Campos dos Goytacazes/RJ350.7691.110 Itaocara/RJ11.46342 Paraíba do Sul/RJ34.30591 Pinheiral/RJ18.94853 Porto Real/RJ13.65542 Quatis/RJ9.50127 Resende/RJ93.671304 São Fidélis/RJ24.59079 São João da Barra/RJ10.21536 Sapucaia/RJ4.65933 Três Rios/RJ68.158206 Vassouras/RJ19.15458 Volta Redonda/RJ255.584737

7 Captações para abastecimento público MUNICÍPIOS QUE CAPTAM NO RIO PARAÍBA DO SUL Ações Complementares Município (SP) População abastecida pelo rio Paraíba do Sul (hab.) Demanda média no rio Paraíba do Sul (L/s) Aparecida/SP34.49892 Caçapava/SP7.2514 Guararema/SP22.24075 Jacareí/SP170.803517 Natividade da Serra/SP2.7889 Paraibuna/SP5.13112 Pindamonhangaba/SP141.708192 Redenção da Serra/SP1.8813 Santa Branca/SP12.14031 São José dos Campos/SP469.0001.578 Taubaté/SP174.510521 Tremembé/SP16.25132 Sub-total1.058.2013.066 Município (RJ) População abastecida pelo rio Paraíba do Sul (hab.) Demanda média no rio Paraíba do Sul (L/s) Barra do Piraí/RJ85.818254 Barra Mansa/RJ162.748472 Cambuci/RJ6.43329 Campos dos Goytacazes/RJ350.7691.110 Itaocara/RJ11.46342 Paraíba do Sul/RJ34.30591 Pinheiral/RJ18.94853 Porto Real/RJ13.65542 Quatis/RJ9.50127 Resende/RJ93.671304 São Fidélis/RJ24.59079 São João da Barra/RJ10.21536 Sapucaia/RJ4.65933 Três Rios/RJ68.158206 Vassouras/RJ19.15458 Volta Redonda/RJ255.584737 Sub-total1.169.6713.573 População total = 2.227.872 hab. Demanda média total = 6.639 L/s

8 Captações para abastecimento público MAPA DE RISCO (municípios que captam no rio Paraíba do Sul) Ações Complementares

9 Captações para abastecimento público CLASSIFICAÇÃO DE RISCO (municípios que captam no rio Paraíba do Sul) Ações Complementares MunicípiosPopulação TOTAL282.227.872 UF RJ161.169.671 SP121.058.201 Com problema296.033 Risco Alto00 Médio151.171.832 Baixo9920.378 Sem informação239.629

10 Captações para abastecimento público VISTORIAS (municípios que captam no rio Paraíba do Sul): -18 a 20/11/2014 -ANA, INEA, DAEE, AGEVAP, MI (acompanhados dos respectivos representantes locais/regionais da CEDAE, SABESP e SAAEs) -Captações classificadas, no mínimo, como de risco médio Ações Complementares

11 Captações para abastecimento público RESULTADO DAS VISTORIAS Ações Complementares Ações complementares identificadas nos municípios a montante de Santa Cecília MunicípioAlternativas Natividade da Serra/SPExtensão da tubulação de recalque Redenção da Serra/SPExtensão da tubulação de recalque Taubaté/Tremembé/Caçapava/SP Alternativa 1: dragagem do canal de derivação e do leito do rio Alternativa 2: instalação de conjunto moto-bomba em flutuante Vassouras/RJ Alternativa 1: construção de barragem de nível a jusante do ponto de captação Alternativa 2: Instalação de conjunto moto-bomba em flutuante (recalque à caixa de areia) Três Rios/RJ Alternativa 1: construir barragens de nível a jusante do ponto de captação e da confluência de dois braços do rio Alternativa 2: relocação do ponto de captação para outro braço do rio (conjuntos elevatórios sobre flutuante e construção de linha de recalque) São Fidélis/RJ Alternativa 1: dragagem do braço do e extensão das linhas de sucção Alternativa 2: (caso a alternativa 1 não se mostre viável) relocação do ponto de captação para o braço principal, por meio da instalação de conjunto elevatório sobre flutuante e construção de linha de recalque (operação em série)

12 Captações para abastecimento público RESULTADO DAS VISTORIAS Ações Complementares

13 Utilização dos reservatórios (abaixo dos níveis mínimos normais para geração de energia elétrica) Ações Complementares Nível Máximo Normal Nível Mínimo Normal Nível Máximo Normal Nível Mínimo Normal Fundo da Tomada

14 Não se recomenda, no momento, a adoção de restrição de usos no rio Paraíba do Sul. Contudo, esta alternativa não deve ser descartada no futuro, caso ocorra agravamento da situação Recomenda-se identificar os responsáveis e implementar ações de adaptação das captações para abastecimento público no rio Paraíba do Sul e rio Guandu Identifica-se como alternativa a utilização de volumes localizados abaixo dos níveis mínimos operacionais dos reservatórios da bacia, de forma concomitante às adequações das captações que dependem destes reservatórios Conclusões e Encaminhamentos

15 www.youtube.com/anagovbrwww.twitter.com/anagovbr Obrigado(a)! www.ana.gov.br www.facebook.com/anagovbr


Carregar ppt "Plano de Ações Complementares para a Gestão da Crise Hídrica na Bacia do Rio Paraíba do Sul Rio de Janeiro, 9/12/2014."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google