A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONSUMO VERSUS POUPANÇA O tradeoff entre o curto e o longo prazo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONSUMO VERSUS POUPANÇA O tradeoff entre o curto e o longo prazo."— Transcrição da apresentação:

1 CONSUMO VERSUS POUPANÇA O tradeoff entre o curto e o longo prazo

2 1. Dez princípios de economia 2. A importância de poupar 3. Como poupar Três tópicos

3 Mankiw, Introdução à Economia, Cap. 1 Dez princípios da economia

4 O que é a economia?  Alocação de recursos escassos  Laranjas  Empresas  Governos  Pessoas  Tomada de decisões  Planejador central  Pessoas (famílias e empresas)

5 1) As pessoas enfrentam tradeoffs  Para conseguirmos algo, temos que abrir mão de outra coisa  Economia ou Contabilidade?  Roupas ou comida?  Meio ambiente ou renda?  Eficiência ou equidade?  É importante conhecer as opções.

6 2) O custo de alguma coisa é igual ao que você desiste de ter para obtê-la  Tradeoffs exigem calcular custos e benefícios de cada escolha  Estudar ou trabalhar?  Moradia? Alimentação?  Tempo! Quanto eu deixo de ganhar?  Vale a pena?  Custo de oportunidade!

7 3) As pessoas racionais pensam na margem  Mudanças marginais  Jantar ou jejuar? Não! Uma colher a mais ou não. Qual o benefício adicional?  Um tomador de decisões racionais executa uma ação se e somente se o benefício marginal da ação ultrapassa o custo marginal.

8 4) Pessoas reagem a incentivos  Se o preço da carne sobe, o consumo do frango aumenta.  Os produtores de carne: Buscarão reduzir o preço da carne; Passarão a produzir frango.  E se o preço da gasolina é muito alto?

9 5) O comércio pode ser bom para todos  O comércio, apesar da competição, gera benefícios para os dois lados.  A competição existe em todos os lugares:  Esportes,  Busca por produtos,  Busca por empregos, etc.  Vale a pena se isolar?  Não! Apesar da competição, cada um se especializa e gera mais benefícios para o todo!

10 6) Os mercados são, geralmente, uma boa maneira de organizar a atividade econômica  A União Soviética falhou. Por que?  Faltavam incentivos ao interesse próprio.  O interesse próprio e os preços guiam as decisões:  Exemplo do açougueiro;  Exemplo dos três países.  Se os preços não são definidos pelo mercado, os incentivos podem ser afetados.  Exemplo do Collor.

11 7) Às vezes os governos podem melhorar os resultados dos mercados  O mercado pode ser protegido:  Propriedade privada: não se produzirá sob o risco de ser roubado.  Corrigir falhas de mercado.  Corrigir externalidades (ex., poluição, poder de mercado).

12 8) O padrão de vida de um país depende de sua capacidade de produzir bens e serviços  A renda média nos Estados Unidos é maior do que no Brasil. Por que?  Produtividade (quantidade de bens e serviços produzida por hora de trabalho) Mais máquinas, mais educação, etc.  Mais produtividade gera mais qualidade de vida.

13 9) Os preços sobem quando o governo emite moeda demais  Inflação: aumento no nível geral de preços da economia  Antes do Plano Real (1994)  Quando o governo imprime muito dinheiro, sua quantidade aumenta.  Uma mercadoria em excesso tem seu preço reduzido.  O preço do dinheiro cai.  É necessário mais dinheiro para obter os mesmos produtos (inflação).

14 10) A sociedade enfrenta um tradeoff de curto prazo entre inflação e desemprego  Imprimir dinheiro gera inflação, mas também aumenta (no curto prazo) o poder de compra.  Consumindo mais, estimula-se a produzir mais.  Produzindo mais, gera-se mais empregos.  Logo, inflação pode gerar emprego em determinadas situações (mas ainda assim reduz a qualidade de vida e o poder de compra).

15 1. Para a economia 2. Para as pessoas A importância de poupar

16 Para a economia  Y=C+S  S=I  I aumenta a produtividade  Produtividade reduz a inflação (mais produtos disponíveis)  Produtividade aumenta salários (se eu gero mais riquezas, eu ganho mais riquezas)  Produtividade alta significa país desenvolvido

17 Para as pessoas  Consumo presente vs Consumo futuro: Reduzir a qualidade de vida no presente significa aumentar a qualidade de vida no futuro  Se há interesse empreendedor, é mais barato (e seguro) desenvolvê-lo por poupança do que por empréstimos  Mecanismos públicos de previdência são falhos e há possibilidade de quebra no longo prazo  A média mundial aponta para um crescimento da renda até os 55 anos e, depois, estagnação e queda (ainda que o custo de vida tenda a crescer) - independência financeira  O cenário econômico brasileiro é desfavorável no curto e médio prazo

18 1. No porquinho 2. Poupança 3. Tesouro Direto 4. Bolsa de Valores 5. Previdência Privada Como poupar

19 No porquinho  Alta liquidez  Segurança em crises financeiras  Facilidade para poupar  Alta liquidez  Perda de valor VantagensDesvantagens

20 Poupança  Liquidez  Pouca burocracia  Rendimentos positivos (0,5% + Taxa Referencial)  Não há perda de valor  Baixa rentabilidade  Risco de quebra do banco  Curto prazo: só vale a partir de 30 dias VantagensDesvantagens

21 Tesouro Direto  Baixo risco  Liquidez mediana (quarta-feira)  Baixo custo (a partir de R$30,00)  Facilidade (homebanking)  Manutenção do valor  Necessidade de estudo (prefixada, pós-fixada)  Cai com a inflação  Prazos predefinidos VantagensDesvantagens

22 Bolsa de Valores  Possibilidade de ganhos altos no longo prazo  Possibilidade de dividendos  Liquidez relativa  Alta volatilidade  Crise internacional  Crise política  Taxas administrativas  Necessidade de estudo prévio VantagensDesvantagens

23 Previdência Privada  Estabilidade futura (aposentadoria)  Baixa liquidez  Baixa rentabilidade  Longuíssimo prazo  Risco de falência VantagensDesvantagens

24 Esta apresentação está disponível em Dúvidas e comentários?


Carregar ppt "CONSUMO VERSUS POUPANÇA O tradeoff entre o curto e o longo prazo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google