A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESPONSABILIDADE SOCIAL Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESPONSABILIDADE SOCIAL Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento."— Transcrição da apresentação:

1 RESPONSABILIDADE SOCIAL Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof.: Lillian Alvares

2 Responsabilidade Social Todo Comportamento Tem Suas Razões. A Ética é Simplesmente a Razão Maior David Hume

3 Definição É uma forma de conduzir os negócios que torna a empresa parceira e co-responsável pelo desenvolvimento social. A empresa socialmente responsável é aquela que possui a capacidade de ouvir os interesses das diferentes partes (acionistas, funcionários, prestadores de serviço, fornecedores, consumidores, comunidade, governo e meio ambiente) e conseguir incorporá-los ao planejamento de suas atividades, buscando atender às demandas de todos, não apenas dos acionistas ou proprietários". Instituto Ethos

4 Definição É a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais.

5 Definição De maneira bem simples, pode-se dizer que "empresa socialmente responsável" é aquela que tem os interesses da comunidade incorporados em seus negócios.

6 Conceitos Associados Não podem ser consideradas empresas socialmente responsáveis aquelas que: Não respeitam os ditames básicos da lei como, por exemplo, o pagamento em dia de seus funcionários o recolhimento dos tributos devidos aos entes estatais.

7 Ética e Responsabilidade Social A ética é a base da responsabilidade social, expressa nos princípios e valores adotados pela organização.

8 Ética e Responsabilidade Social Não há responsabilidade social sem ética nos negócios. Não adianta uma empresa corromper a área de compras de seus clientes, pagar propinas a fiscais do governo e, Ao mesmo tempo, desenvolver programas voltados a entidades sociais da comunidade.

9 Ética e Responsabilidade Social Em outras palavras, para que a empresa seja considerada como socialmente responsável, é preciso que haja coerência e harmonia entre suas ações e seu discurso.

10 Conceitos Associados Responsabilidade social não pode ser confundidos, em momento algum, com filantropia.

11 Conceitos Associados Filantropia nada mais é que um auxílio da empresa em prol da comunidade. Representa uma ação externa e altruísta da empresa em virtude de algum valor humanitário, sendo utilizada, muitas vezes, de forma esporádica.

12 Conceitos Associados Do dicionário, filantropia é: Profundo amor à humanidade Desprendimento, Generosidade para com outrem Caridade

13 Responsabilidade Social X Filantropia A filantropia tem como beneficiária principal a comunidade em suas diversas formas.

14 Responsabilidade Social X Filantropia A responsabilidade social é focada na cadeia de negócios da empresa e engloba preocupações com um público maior (acionistas, funcionários, prestadores de serviço, fornecedores, consumidores, comunidade, governo e meio ambiente).

15 Responsabilidade Social X Filantropia Há muito se praticam ações filantrópicas, mas tais ações são na maior parte das vezes esporádicas, sem planejamento ou orçamento prévio. Quando falamos em responsabilidade social, queremos dizer compromisso social e não simplesmente filantropia.

16 Conceitos Associados Os programas de responsabilidade social geram valor à imagem da empresa, de maneira que os consumidores dispõem-se a pagar um pouco mais pelo produto e receber, em troca, o valor agregado.

17 Conceitos Associados Nesse contexto, o marketing apropriado pode criar um diferencial competitivo em relação aos concorrentes.

18 Conceitos Associados Empresas socialmente responsáveis possuem uma longevidade maior no mercado, além de conseguirem, com maior facilidade, recrutar e manter talentos.

19 Conceitos Associados Programas de responsabilidade social deve ser uma prática inserida na cultura da organização, com a inserção dos valores éticos na missão da empresa.

20 Conceitos Associados É também essencial que tais valores sejam devidamente transmitidos aos funcionários para que a cultura seja difundida e a organização sofra um processo de valorização e admiração internas.

21 Conceitos Associados As pessoas acreditam que as empresas devem, além de gerar empregos, pagar seus impostos e obedecer às leis: Também devem ajudar a desenvolver sua comunidade e seus indivíduos em prol de uma sociedade melhor.

22 Vantagens Só traz resultados positivos para a sociedade, e para a empresa, se for realizado de forma autêntica.

23 Vantagens Desenvolver programas sociais apenas para divulgar a empresa, ou como forma compensatória, não traz resultados positivos sustentáveis ao longo do tempo.

24 Vantagens Quais seriam as vantagens obtidas por uma empresa que desenvolve programas de responsabilidade social?

25 Vantagens Valorização da imagem institucional Valorização da imagem da marca Maior lealdade do consumidor Maior capacidade de recrutar e manter talentos Melhoria da capacidade de adaptação Longevidade

26 Como Entre as opções, destacam-se: Incorporação dos conceitos de responsabilidade social à missão da empresa Divulgação desses conceitos entre os funcionários e prestadores de serviço

27 Contexto de Surgimento As transformações sócio-econômicas dos últimos 20 anos têm afetado profundamente o comportamento de empresas até então acostumadas à pura e exclusiva maximização do lucro.

28 Contexto de Surgimento O setor privado tem cada vez mais lugar de destaque na criação de riqueza; por outro lado, tem grande responsabilidade.

29 Contexto de Surgimento Em função da capacidade criativa já existente, e dos recursos financeiros e humanos já disponíveis, empresas têm uma intrínseca responsabilidade social.

30 Contexto de Surgimento Soma-se as novas demandas, maior pressão por transparência nos negócios, empresas se vêem forçadas a adotar uma postura mais responsável em suas ações.

31 CARACTERÍSTICAS

32 Características A busca da responsabilidade social corporativa tem, grosso modo, as seguintes características:

33 Características É PLURAL. Empresas não devem satisfações apenas aos seus acionistas. O mercado deve agora prestar contas aos funcionários, à mídia, ao governo, ao setor não-governamental e ambiental e, por fim, às comunidades com que opera. Empresas só têm a ganhar na inclusão de novos parceiros sociais em seus processos decisórios. Um diálogo mais participativo não apenas representa uma mudança de comportamento da empresa, mas também significa maior legitimidade social.

34 Características É DISTRIBUTIVA. A responsabilidade social nos negócios é um conceito que se aplica a toda a cadeia produtiva. Não somente o produto final deve ser avaliado por fatores ambientais ou sociais.

35 Características É SUSTENTÁVEL. Responsabilidade social anda de mãos dadas com o conceito de desenvolvimento sustentável. Uma atitude responsável em relação ao ambiente e à sociedade, não só garante a não escassez de recursos, mas também amplia o conceito a uma escala mais ampla. Uma postura sustentável é por natureza preventiva e possibilita a prevenção de riscos futuros, como impactos ambientais ou processos judiciais.

36 Características É TRANSPARENTE. Não bastam apenas os livros contábeis. Empresas são gradualmente obrigadas a divulgar sua performance social e ambiental, os impactos de suas atividades e as medidas tomadas para prevenção ou compensação de acidentes. Muitas empresas já o fazem em caráter voluntário, mas muitos prevêem que relatórios sócio-ambientais serão compulsórios num futuro próximo.

37 OBJETIVOS

38 Objetivos da Responsabilidade Social Contribuir para o desenvolvimento sustentado. Aumentar o crescimento econômico e a competitividade. Assegurar a proteção ambiental. Assumir responsabilidades sociais com os stakeholders.

39 Stakeholders Acionistas Clientes Empregados Financiadores Fornecedores Comunidades envolvidas Sociedade em geral

40 PESQUISA IPEA "Ação Social das Empresas

41 Pesquisa Ipea 68% das empresas pesquisadas têm as ações sociais como parte de uma estratégia, com eficácia avaliada de forma permanente e com orçamento próprio, além de uma equipe responsável pelo desenvolvimento e supervisão dos projetos.

42 Pesquisa Ipea Cerca de 50% destas empresas investem até 3 milhões de reais por ano em projetos sociais 18% investem quantias ainda maiores.

43 Pesquisa Ipea Dentro desse contexto, identificou-se a necessidade de uma estrutura interna que não simplesmente doe dinheiro à comunidade e a seus projetos, mas sim uma Estrutura que vá gerar, desenhar, executar, desenvolver e tocar projetos sociais.

44 Pesquisa Ipea O consumidor é influenciado na escolha dos produtos de empresas que buscam: A preservação do meio ambiente Que não se envolvem em corrupções Que contribuem para a melhoria das condições de vida da comunidade.

45 VISÃO DE FUTURO

46 Visão de futuro Jornais e revistas de todo o país estão recheados de artigos que enaltecem a responsabilidade social como a grande onda do futuro, compromisso irrecusável das empresas que desejam perpetuar no mundo dos negócios através da prática da solidariedade humana.

47 Visão de futuro Refletir a responsabilidade social nas empresas requer compreensão e revisão de conceitos, sobretudo prática do comportamento socialmente responsável, não apenas em relação à comunidade e ao ambiente externo, mas também ao ambiente interno da organização.

48 Visão de futuro Para muitas empresas, a responsabilidade social é um exame de consciência.

49 Visão de futuro De certa forma, a participação em projetos sociais ameniza a responsabilidade e o impacto das estatísticas que ela mesma ajudou a construir quando a alternativa mais cômoda não considerou o ambiente interno e externo.

50 Visão de futuro O mundo é repleto de histórias de empreendedores que não fazem do lucro o único sentido de realização na vida, mas o instrumento que lhes permite devolver parte do conforto e segurança oferecidos a eles em abundância pela própria sociedade.

51 Visão de futuro Qualquer profissional tem em mente pelo menos três empresas que mais admira, onde teria enorme prazer e orgulho de trabalhar, todas éticas e socialmente responsáveis.

52 Visão de futuro Por certo, nenhuma delas conquistou lugar no mercado apenas pela qualidade dos seus produtos e sim pelas atitudes de respeito no relacionamento com os acionistas, empregados, clientes, fornecedores e, principalmente, o meio ambiente.

53 Visão de futuro A empresa deve oferecer aos empregados um código de ética expressando tudo o que deve ou não ser praticado.

54 Visão de futuro A dúvida entre o que se prega e o que se pratica é um dos maiores focos de desgaste no relacionamento, Pois é difícil aceitar o fato da empresa investir para promover o bem fora dela e ao mesmo tempo não investir para o bem dos próprios empregados.

55 Visão de futuro Antes de optar pelos projetos externos, as empresas deveriam fazer uma pesquisa interna para conhecer o nível de satisfação dos empregados. Se o índice for favorável, aí sim, ela deve partir para algo mais ambicioso com ajuda dos próprios colaboradores, caso contrário, o projeto social mais importante a ser adotado encontra-se no seu próprio ambiente.

56 Visão de futuro Talvez por essa razão poucas empresas se arrisquem a consultar os empregados. E talvez por essa mesma razão seja mais fácil investir em projetos sociais externos do que internos.

57 RESPONSABILIDADE SOCIAL E O INDIVÍDUO

58 Responsabilidade Social e o Indivíduo A responsabilidade social pode e deve ser praticada por todos nós, com simples ações no nosso dia-a-dia como:

59 Responsabilidade Social e o Indivíduo Preservação do meio ambiente Economia de água e energia Redução do consumo de papel Colaboração com a coleta seletiva de lixo Compra de produtos reciclados Realização de trabalho voluntário Respeito à diversidade evitando as práticas discriminatórias Principalmente, mantendo condutas éticas nas relações

60 RESUMO

61 Resumo Percepção: O sucesso sustentável nos negócios e o valor para os acionistas não pode ser obtido apenas pela maximização de lucros em curto prazo. Filosofia: A empresa cresce também pelo compromisso com o comportamento social responsável.

62 Objetivos do Milênio – Declaração da ONU

63


Carregar ppt "RESPONSABILIDADE SOCIAL Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google