A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MICROFILMAGEM SISTEMAS DE MICROFILMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECONOMIA Profª.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MICROFILMAGEM SISTEMAS DE MICROFILMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECONOMIA Profª."— Transcrição da apresentação:

1 MICROFILMAGEM SISTEMAS DE MICROFILMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECONOMIA Profª. Suziane Batista

2 MICROFILMADORAS PLANETÁRIAS ROTATIVAS PASSO A PASSO OU DE REPETIÇÃO (STEP & REPEAT) SISTEMA C.O.M. (COMPUTER OUTPUT MICROFILM) SISTEMA C.I.M. (COMPUTER INPUT MICROFILM)

3 PLANETÁRIAS As microfilmadoras Planetárias são compostas de uma base onde está localizado um campo fotográfico pré-determinado, onde devem ser colocados os documentos para serem microfilmados. O grau de redução pode ser fixo ou variável de acordo com o tipo de microfilmadora, nos equipamentos que possuem mais de um grau de redução, esta irá aumentar conforme se afaste a unidade filmadora da base. Os filmes mais utilizados pelas microfilmadoras planetárias são os de 16 e 35 mm e os graus de redução variam entre 4x e 36x. O sistema de iluminação é externo e para a microfilmagem de radiografias e plantas de engenharia poderá ser utilizado um sub-iluminador com a parte superior de acrílico branco. Nas microfilmadoras planetárias tanto o filme quanto o documento ficam parados no momento da microfilmagem.

4 TIPOS DE PLANETÁRIAS Planetária de Pequeno Porte-Utilizam filmes de 16mm e microfilmam documentos em um campo fotográficos de até 30 x 40cm. Planetárias de Médio Porte- São as mais versáteis pois podem microfilmar documentos utilizando um campo fotográfico variável entre o tamanho carta e 65 x 90cm. Podem utilizar filmes de 16 ou de 35mm. Planetárias de Grande Porte- É indicada para documentos de grandes dimensões, como desenhos técnicos, plantas de engenharia, mapas, etc, seu campo fotográfico pode atingir até 120 x 160cm. A grande maioria utiliza filmes de 35mm, mas podemos encontrar equipamentos que utilizam filmes de 105mm. Planetária Conjugada- Existem microfilmadoras planetárias que em uma operação continua microfilmam e processam, gerando microformas como cartão-janela e microficha.

5 ROTATIVAS São utilizadas para a microfilmagem de documentos padronizados, produzidos em grandes quantidades, encontrados principalmente entre os documentos administrativos e bancários. As Microfilmadoras Rotativas possuem um sistema de transporte por meio de esteiras que conduzem os documentos para o interior da mesma onde um sistema de iluminação interno é acionado no momento da microfilmagem. Nas Microfilmadoras Rotativas tanto o documento quanto o filme estão em movimento durante a microfilmagem. Normalmente as Rotativas utilizam filmes de 16mm em rolos ou em cartuchos e os graus de redução variam entre 20x e 50x.

6 TIPOS DE ROTATIVAS Manuais ou genéricas - microlfimam documentos de formatos diversos mas com uma largura máxima de 40cm. Automática ou específica - os documentos devem ser padronizados em cor, tamanho e espessura. Podem microfilmar até 750 documentos por minuto. Para formulário continuo de computador - criada especificamente para este fim, chega a microfilmar até 5000 linhas por minuto e podem ser utilizadas para documentos comuns.

7 PASSO A PASSO OU DE REPETIÇÃO (STEP & REPEAT) São muito semelhantes as Planetárias, utilizam filmes de 105mm, gerando microfichas, fotograma por fotograma. Os graus de redução podem variar entre 10x e 48x o que possibilita gerar microfichas com até 240 fotogramas. As microfilmadoras passo a passo podem ser alimentadas com rolos de 105mm ou com tiras de 105mm por 148mm. É utilizada para a microfilmagem de periódicos, listas de preços, etc.

8 SISTEMA C.O.M. (COMPUTER OUTPUT MICROFILM) No sistema COM os impulsos eletromagnéticos são convertidos em caracteres que, projetados por um tubo de raios catódigos formam as imagens que vão sendo rapidamente microfilmadas, chegando a atingir aproximadamente caracteres por segundo, o que representa uma velocidade 30x superior a apresentada por uma impressora. São utilizados filmes de 16mm até o de 105mm e as reduções variam de 20x até 48x

9 Vantagens do sistema COM 1- Redução em mais de 90 % na área de arquivamento; 2- Maior rapidez na distribuição das microformas; 3- O número de vias é ilimitado.

10 SISTEMA C.I.M. (COMPUTER INPUT MICROFILM) O processo é o inverso, ou seja, a imagem é armazenada em impulsos magnéticos.

11 PROCESSADORES Após a microfilmagem há necessidade de transformar as imagens latentes em imagens visíveis, permitindo assim a consulta as microformas. Os equipamentos que executam este trabalho são denominados de processadoras. Durante o processamento o filme entra em contato com reagentes químicos do revelador e fixador que devem ser totalmente removidos da superfície do filme, pois os seus resíduos podem diminuir a durabilidade do filme.

12 Existem dois modelos de processadoras: Por Banho Por Jato Cuidados que devemos tomar durante o processamento dos filmes 1- Verificar a pressão da água e a filtragem da mesma 2- Testar o revelador e o fixador 3- Verificar a temperatura da água e do revelador

13 DUPLICADORES São os equipamentos utilzados para a confecção de cópias das microformas gerando uma outra microforma igual a original. Os duplicadores podem ser: Químicos - que utilizam filmes de 16 e/ou 35mm. O equipamento consiste em uma impressora onde o microfilme original e o filme cópia são transportados em contato sob uma fonte de luz e após deverá ser processado utilizando-se uma processadora química. Diazóicos - o filme diazo é exposto em contato com o microfilme original sob uma fonte de luz ultravioleta e o processamento é realizado com a passagem do filme por uma câmara com vapores de amônia.

14 EQUIPAMENTOS PARA A INSPEÇÃO Inspeção Visual - Com o auxílio de um leitor de microfilme verifica- se se houve a omissão de algum documento ou mesmo se algum não foi microfilmado mais de uma vez, além de verificar-se as exigências legais como: Imagem de Abertura, Imagem de Encerramento, legibilidade dos fotogramas, etc. Inspeção Técnica - Consiste em verificar a densidade do microfilme com o auxílio de um densitômetro e no teste de definição onde o artão teste é examinado com o auxílio de um microscópio, para verificar o número de linhas por mm. Inspeção Química - Teste de Azul de Metileno para verificar-se resíduos de hipo. Com estes três testes o microfilme estará dentro das normas brasileiras.

15 EQUIPAMENTOS PARA MONTAGEM DAS MICROFORMAS O rolo foi a primeira microforma a ser utilizada e a partir dele surgiram outras microformas como as jaquetas, cartões- janela e cartuchos. Insersores - Cartão-Janela Montadores - Jaquetas Rebobinadores - Cartuchos

16 EQUIPAMENTOS PARA RECUPERAÇÃO DAS INFORMAÇÕES A recuperação das informações será através de leitores simples ou de leitores copiadores que nos permitirão localizar os fotogramas nos filmes. Os leitores serão compostos basicamente de um suporte para a microforma, conjunto de lentes, lâmpada e um conjunto de espelhos que refletirão a imagem na tela de projeção. Os fatores que irão determinar a escolha dos leitores são: 1) Tipo de microforma 2) Grau de redução 3) Frequência de consulta 4) Codificação utilizada

17 FATORES QUE DETERMINAM A ESCOLHA DOS EQUIPAMENTOS DE MICROFILMAGEM 1- Conteúdo e dimensões máximas e mínimas dos documentos para determinar o tipo de microfilmadora e de leitor; 2- Natureza do suporte documental: papel, fotografia, cartolina, papel de seda, radiografia, papel vegetal, etc.; 3- Estado de conservação: os documentos em mau estado devem ser restaurados, desamassados, remendados, etc.; 4- Frequência de consulta: vai estabelecer a quantidade, tipo e localização dos leitores; 5- Disposições legais: quanto aos equipamentos, graus de redução, microformas, etc. para a microfilmagem dos documentos; 6- Graus de redução: devem ser compatíveis entre as microfilmadoras e os leitores; 7- Bitola e tipo de filme; 8- Codificação e indexação a ser utilizada.


Carregar ppt "MICROFILMAGEM SISTEMAS DE MICROFILMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE BIBLIOTECONOMIA Profª."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google