A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Adaptado do Curso de Avaliação Ambiental – Ademar Ribeiro Romeiro (prof. IE/UNICAMP) Prof. Dr. Raimundo Cláudio Gomes Maciel Blog: raimundoclaudio.wordpress.com.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Adaptado do Curso de Avaliação Ambiental – Ademar Ribeiro Romeiro (prof. IE/UNICAMP) Prof. Dr. Raimundo Cláudio Gomes Maciel Blog: raimundoclaudio.wordpress.com."— Transcrição da apresentação:

1

2 Adaptado do Curso de Avaliação Ambiental – Ademar Ribeiro Romeiro (prof. IE/UNICAMP) Prof. Dr. Raimundo Cláudio Gomes Maciel Blog: raimundoclaudio.wordpress.com AULA 6

3 VET = VALOR DE USO (DIRETO E INDIRETO) + VALOR DE OPÇÃO + VALOR DE EXISTÊNCIA

4 Funções ecossistêmicas: podem ser definidas como as constantes interações existentes entre os elementos estruturais de um ecossistema, incluindo transferência de energia, ciclagem de nutrientes, regulação de gás, regulação climática e do ciclo da água (Daly; Farley, 2004). Serviços ecossistêmicos: são os benefícios diretos e indiretos obtidos pelo homem a partir dos ecossistemas. Dentre eles pode-se citar a provisão de alimentos, a regulação climática, a formação do solo, etc.

5

6

7

8 { Avaliação Ambiental Valoração Econômica 7 a) Fonte de Valor Valor de Uso Direto Deriva da utilização ou consumo direto do recurso, via extração, visitação ou outra atividade de produção ou consumo direto. Valor de Uso Indireto Benefícios indiretos gerados pelas funções Ecossistêmicas (bem-estar). Valor de Existência Valores não associados ao consumo e que referem-se a questões morais, culturais, éticas ou altruística em relação à existência dos bens ambientais. Valor de Opção Intenção de consumo direto ou indireto do bem ambiental no futuro. Valor de Uso Valor de Não Uso Valor Econômico do Recurso Ambiental VALORAÇÃO ECONÔMICA DOS RECURSOS AMBIENTAIS

9 { Métodos de Estimação destes valores: 8 Métodos de Valoração Ambiental Métodos Indiretos de Valoração Recuperam o valor dos bens e serviços ambientais através das alterações nos preços de produtos de mercado resultantes das mudança ambientais DAP Direta Avaliação Contingente: DAP Indireta Preços Hedônicos: Custos de Viagem: Mercado Bens Substitutos Custos evitados: Custos de controle: Custos de reposição: Custos de Oportunidade Produção Sacrificada Produtividade Marginal: : Métodos Diretos de Valoração Obtém as preferências dos consumidores através da disposição a pagar do indivíduo para bens e serviços ambientais VALORAÇÃO ECONÔMICA DOS RECURSOS AMBIENTAIS

10 9 Síntese Neoclássico-Keynesiana: Equilíbrio de lucro máximo da firma: Rmg = Cmg * Contabilidade incompleta: não inclui os custos das externalidades negativas: fora do mercado (custos externos). Logo: valorar as externalidades presentes e futuras! Custos sociais = custos privados+custos externos: CSmg = CPmg + CXmg = Rmg Novo equil.: Q (poluição ), P Ótimo social? Política econômica ótima? * ECO-ECO: Limites de fora Debate científico- político

11 10 PREFERÊNCIA REVELADA: comportamento do consumidor relativo a bens ambientais: Preços hedônicos: casas em áreas com diferente qualidade ambiental Salários diferentes valoram riscos ambientais Custo de viagem: indica valor monetário de áreas recreativas justificando custos de preservação e de oportunidade. Resultados paradoxais: espaços distantes preservados, sem visitantes; alto valor por afluência de turistas que degradam

12 11 PREFERÊNCIA HIPOTÉTICA: s/similares * Valoração contingente: pesquisas para avaliar a DAP ou a DAR das pessoas por um bem ambi-ental. (DAP

13 12 * Princípio: na decisão econômica racional comparam-se benefícios e custos de alternativas (preferências mercado) Proteção do ambiente: benefícios: dependem do valor que lhe é dado; custos: diretos + custos de oportunidade * Valoração de benefícios e custos presentes e futuros, com pesos distintos Peso: tx. de desconto = d (o hoje vale mais do que o amanhã) * REGRAS: VPL = t (Bt-Ct)/(1+d) t 0 RBC = t {Bt/(1+d) t }/ t {Ct/(1+d) t } 1 TIR = d (que faz VPL=0): d j (tx. juros; 12%)

14 13 * Desconto: preferência-tempo, incerteza s/ futuro; riqueza só cresce no tempo, investir hoje para comparar benefícios atualizados com futuros CRÍTICAS: * Desconto discriminaria as gerações futuras Imprecisão (incerteza) s/ problemas ambientais futuros: Ex: efeito de mudanças climáticas... DAP p/ ar limpo, água, biodiversidade...: f(nível de informação, capacid. de pagar, importância p/ populações distantes) Compensação OK!: se ricos e pobres... Não calcula o valor de existência

15 14 * Valores econômicos, sócio-políticos, ambient., culturais Consumidores ou cidadãos: pesquisas de DAP distor- cidas: valor (econ.) como comsumidor; valor (pol.), como cidadão: Ex: Pobres dão valor, mas fazem passeatas! * Escalas de valor: preços comensuráveis valores incomensuráveis (ambiente, vida, comunidade, cultura). Sem medida comum Comparabilidade racional é possível, mas não em escala monetária exclusiva. * Análise multicriterial: avaliação simultânea de valores com escalas distintas. Programação matemática ponde- rada para determinar solução racional CAPITALISMO: P=f(custos sociais e ambientais)

16

17

18 Valor Econômico Total da Pecuária extensiva, do Extrativismo Tradicional da Reserva Extrativista Chico Mendes (RESEX) e de alternativas produtivas como as Ilhas de Alta Produtividade (IAPs) – Acre, Brasil/2002 – Valores em R$/ano


Carregar ppt "Adaptado do Curso de Avaliação Ambiental – Ademar Ribeiro Romeiro (prof. IE/UNICAMP) Prof. Dr. Raimundo Cláudio Gomes Maciel Blog: raimundoclaudio.wordpress.com."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google