A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Revisão do último encontro Boa tarde a todos Revisão do último encontro Balanço Patrimonial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Revisão do último encontro Boa tarde a todos Revisão do último encontro Balanço Patrimonial."— Transcrição da apresentação:

1 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Revisão do último encontro Boa tarde a todos Revisão do último encontro Balanço Patrimonial Ativo Passivo Critérios de valoração e lançamentos Exercícios Set/10 -1

2 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Cuidar do meio ambiente é importante? Por quê? Das coisas que possui, qual delas você cuida com maior atenção? Por quê? Como você atribui valor aos itens que possui? Set/10 -2

3 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Pressões demográfica, tecnológica e fragilização do meio ambiente. Homem e planeta terra: –Espaço infinito, como pensavam os cowboys do século XIX ou os navegadores do século XV ou –a terra é azul como citou Yuri Gagarin? O artigo The economics of the coming Spaceship Earth (Boulding) ressalta os limites dessa espaçonave. (Boff observa que um quinto da população viaja de primeira classe e o restante no compartimento de carga!) Set/10 -3

4 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Qual a sua opinião? Set/10 -4

5 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Mecânica: Newton e Descartes – fenômenos quantificáveis e o homem no controle (não há limites). Economia neoclássica: Walras – traduz para a economia os princípios da mecânica. Georgescu, Ormerod e Capra ressaltam que o paradigma mecanicista está superado na física, mas predomina na economia. Biologia: René Passet introduz o conceito de integração e gestão do patrimônio ambiental. –Muitos continuaram a pensar em crescimento. Quem lembra da metáfora é preciso primeiro deixar o bolo crescer para depois distribuir ? Set/10 -5

6 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Como atribuir valor a algo cujo valor é infinito? Atribuir preço a uma espécie em extinção é tão cínico quanto fazer a mesma coisa com um ser humano (Cavalcanti) Set/10 -6

7 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Mesmo com ressalvas, é necessária a atribuição de valor monetário para que se avalie projetos. –Existem dois métodos de produção de aço: um limpo e caro; outro barato e sujo; –A lógica do mercado conduzirá os produtores a optar pelo método sujo; –Se, contudo, fossem contabilizados os custo de saúde e os de lavanderia decorrentes da poluição associada ao método sujo, o processo limpo seria o mais barato; –A não consideração dos custos ambientais do ponto de vista da sociedade conduziu-a à opção menos eficiente. Heilbroner (1994) Algum valor é necessário para, por exemplo, o ressarcimento do dano ambiental, ou prevalecerá a impunidade. Set/10 -7

8 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Discussão em classe Como atribuir valores monetários ao patrimônio ambiental? Set/10 -8

9 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB VALOR ECONÔMICO TOTAL VERA = VU + VE = (VUD + VUI + VO) + VE VERA: Valor Econômico do Recurso Ambiental VU: Valor de uso –VUD: Valor de Uso Direto (ex. planta => alimento) –VUI: Valor de Uso Indireto (ex. planta => controle de erosão) –VO: Valor de Opção (uso futuro para si ou para outra geração. Ex. Antártida) VE: Valor de Existência (sentimento ético ou outro que leve o sujeito a preservar uma espécie) Set/10 -9

10 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Set/10 -10

11 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Se o mercado existe, a técnica baseada em custos é eficaz. Se não, procura-se mercados recorrentes ou hipotéticos. Despesas (ou reposição): –N = dano causado por ruído –N = dano causado por ruído usando proteção –C = custo da proteção –A opção pela proteção ocorrerá se N-N > C Hedônicos: comparam-se dois itens iguais,mas com variável ambiental diferente (ex. poluição). Set/10 -11

12 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Viagem: Renda produzida pelo fluxo de turistas em uma área não degradada ambientalmente. Contingente: baseado em questionários, avalia-se a Disposição a Pagar (DAP) dos consumidores e o custo para evitar a degradação. –Ex. DM4,6 bilhões para ar puro em Berlin, U$3,5 bilhões para visibilidade do Grand Canyon ou U$228 milhões para qualidade da água no Rio de Janeiro Set/10 -12

13 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Dose-resposta: extensão do dano. Ex. morbidade e mortalidade, avaliadas monetariamente, causadas por poluição. Decide-se pela implantação da planta/ proteção. B=f poluição (R,V) –B=Benefício monetário –R=População exposta –V=Valor monetário da Vida ou Doença. Set/ Você concorda? O rico vale mais que o pobre?

14 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Outros métodos de valoração Custos defensivos ou evitados: Estima o valor de um bem através dos gastos com bens substitutos escolhidos para evitar a exaustão do primeiro. Exemplo: água potável no lugar de rio poluído. Produtividade marginal: Utilizado quando o recurso ambiental é usado como insumo na produção. Exemplo: valor do solo (não seu preço, mas sua capacidade de produção) medido pela perda de produtividade quando alteradas suas características Set/10 -14

15 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Dificuldades na Avaliação Econômica Ambiental Os balanços ambientais ou socioambientais raramente são balanços econômicos. Poucos autores sobre o tema (vale citar Ronaldo Seroa da Motta, Manual para valoração econômica dos recursos naturais) Set/10 -15

16 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Dificuldades na Avaliação Econômica Ambiental Dados sobre inventário ambiental são raros (Leia mais no blog) Set/10 -16

17 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Dificuldades na Avaliação Econômica Ambiental Dados sobre inventário ambiental são raros (Leia mais no blog) Set/10 -17

18 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Dificuldades na Avaliação Econômica Ambiental Dados sobre inventário ambiental são raros Set/10 -18

19 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Petrobras Set/10 -19

20 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Petrobras etc. –Balanço social e ambiental PetrobrasBalanço social e ambiental Petrobras –Balanço ambiental EmbrapaBalanço ambiental Embrapa Set/10 -20

21 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB AES – Tietê SA Set/10 -21

22 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB AES – Tietê SA etc. Set/10 -22

23 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Reflexão A despeito dos problemas da teoria neoclássica, a valoração ambiental é uma fonte significativa de dificuldades: tanto a possibilidade efetivamente prática de realizá-la quanto a sua fundamentação teórica possuem problemas intransponíveis e hipóteses de validade, no mínimo, discutíveis. Desta feita, a avaliação ambiental deve ser calcada em análises multidisciplinares que levem em conta, obviamente, o lado econômico mas também o social, o biofísico. Daví José Nardy Antunes, UNICAMP Set/10 -23

24 Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Bom fim de semana Set/10 -24


Carregar ppt "Avaliação Econômica Ambiental FSA – Gestão Ambiental - JCB Revisão do último encontro Boa tarde a todos Revisão do último encontro Balanço Patrimonial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google