A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aproximadamente em 5000 A.C, as populações nômades do Egito passaram a se fixar em aldeias. Nesse período da vida política egípcia, as relações entre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aproximadamente em 5000 A.C, as populações nômades do Egito passaram a se fixar em aldeias. Nesse período da vida política egípcia, as relações entre."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Aproximadamente em 5000 A.C, as populações nômades do Egito passaram a se fixar em aldeias. Nesse período da vida política egípcia, as relações entre as pessoas eram feitas de modo livre, sem que o estado determinasse leis ou formas de organização.Provavelmente a posse de terra era coletiva. Com o passar do tempo, as necessidades de defesa do território e a normatização dos processos de agricultura fizeram com que essas aldeias se organizassem em nomos.Se iniciou,então, a estruturação do estado, responsável pela construção das obra publicas, pelo julgamento das disputas e conflitos e pela elaboração de leis que determinassem regras de convivência. Creem que as primeiras pessoas escolhidas para “governar” foram os grandes guerreiros. Com o tempo, eles legaram seu direito aos descendentes. Aproximadamente em 5000 A.C, as populações nômades do Egito passaram a se fixar em aldeias. Nesse período da vida política egípcia, as relações entre as pessoas eram feitas de modo livre, sem que o estado determinasse leis ou formas de organização.Provavelmente a posse de terra era coletiva. Com o passar do tempo, as necessidades de defesa do território e a normatização dos processos de agricultura fizeram com que essas aldeias se organizassem em nomos.Se iniciou,então, a estruturação do estado, responsável pela construção das obra publicas, pelo julgamento das disputas e conflitos e pela elaboração de leis que determinassem regras de convivência. Creem que as primeiras pessoas escolhidas para “governar” foram os grandes guerreiros. Com o tempo, eles legaram seu direito aos descendentes. Estátua de Amenófis III

4 A sociedade egípcia caracterizava-se por rígida hierarquia. Estava dividida em dois grandes grupos sociais: os privilegiados(nobres, sacerdotes, e funcionários administrativos) e os não privilegiados (soldados, artesãos, camponeses e escravos). Os sacerdotes concentravam riquezas e conhecimentos sobre escrita, mumificação, astronomia, matemática e medicina, podendo ocupar-se com outras funções. Os sumos sacerdotes eram os únicos que se dedicavam integralmente à religião, exercendo muita influência política junto ao faraó. Os sacerdotes, muito cultos, não pagavam impostos e enriqueciam com as oferendas do povo. Os soldados nunca atingiam os postos de comando, pois eram cargos reservados à nobreza. Os artesãos exerciam diversas profissões. Trabalhavam como pedreiros, carpinteiros, desenhistas, pintores, escultores. Praticavam as atividades em (templos, palácios, túmulos) e recebiam alimentos pelo trabalho. Os camponeses (felás), grande maioria da população egípcia, eram submetidos á inúmeras obrigações. Trabalhavam nas terras do faraó e sacerdotes e ficavam só com uma parte dos produtos colhidos. Eram obrigados à trabalhar na construção de obras públicas (túmulos, diques, canais de irrigação, palácios) e recebiam alimentos em troca do trabalho. A sociedade egípcia caracterizava-se por rígida hierarquia. Estava dividida em dois grandes grupos sociais: os privilegiados(nobres, sacerdotes, e funcionários administrativos) e os não privilegiados (soldados, artesãos, camponeses e escravos). Os sacerdotes concentravam riquezas e conhecimentos sobre escrita, mumificação, astronomia, matemática e medicina, podendo ocupar-se com outras funções. Os sumos sacerdotes eram os únicos que se dedicavam integralmente à religião, exercendo muita influência política junto ao faraó. Os sacerdotes, muito cultos, não pagavam impostos e enriqueciam com as oferendas do povo. Os soldados nunca atingiam os postos de comando, pois eram cargos reservados à nobreza. Os artesãos exerciam diversas profissões. Trabalhavam como pedreiros, carpinteiros, desenhistas, pintores, escultores. Praticavam as atividades em (templos, palácios, túmulos) e recebiam alimentos pelo trabalho. Os camponeses (felás), grande maioria da população egípcia, eram submetidos á inúmeras obrigações. Trabalhavam nas terras do faraó e sacerdotes e ficavam só com uma parte dos produtos colhidos. Eram obrigados à trabalhar na construção de obras públicas (túmulos, diques, canais de irrigação, palácios) e recebiam alimentos em troca do trabalho.

5

6 Os egípcios eram politeístas, ou seja, adoravam vários deuses. Consideravam sagrados alguns animais: gato, crocodilo,boi. A religião Também era antropozoomórfica, ou seja, os deuses, às vezes, eram representados com corpo Humano e cabeça de animal. Como muitos povos, os egípcios criaram mitos para explicar o surgimento de seu povo, a morte, as forças da natureza. Eles cultivavam muitas divindades e davam grande importância à morte, porque acreditavam no renascimento Os egípcios eram politeístas, ou seja, adoravam vários deuses. Consideravam sagrados alguns animais: gato, crocodilo,boi. A religião Também era antropozoomórfica, ou seja, os deuses, às vezes, eram representados com corpo Humano e cabeça de animal. Como muitos povos, os egípcios criaram mitos para explicar o surgimento de seu povo, a morte, as forças da natureza. Eles cultivavam muitas divindades e davam grande importância à morte, porque acreditavam no renascimento Anúbis


Carregar ppt "Aproximadamente em 5000 A.C, as populações nômades do Egito passaram a se fixar em aldeias. Nesse período da vida política egípcia, as relações entre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google