A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola EB 2 e 3 da Trafaria. História da escola Erigida no espaço de uma antiga fábrica de pólvora, da qual permanece intacta uma chaminé de tijolo situada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola EB 2 e 3 da Trafaria. História da escola Erigida no espaço de uma antiga fábrica de pólvora, da qual permanece intacta uma chaminé de tijolo situada."— Transcrição da apresentação:

1 Escola EB 2 e 3 da Trafaria

2 História da escola Erigida no espaço de uma antiga fábrica de pólvora, da qual permanece intacta uma chaminé de tijolo situada no seu pátio principal.

3 Localização da Escola Está localizada na Trafaria Concelho de Almada Distrito de Setúbal Encontra-se implantada na zona periférica da Trafaria (S. Pedro da Trafaria). Em frente a um bairro degradado de grande extensão (bairro clandestino). Numa rua sem saída e completamente rodeada de alta vegetação.

4 Comunidade escolar -Existem alunos de muitas classes sociais - classe média - classe baixa -Alunos de diferentes etnias - Angolanos, Cabo Verdianos, Brasileiros, Portugueses,… - Alunos que frequentam o PIEF (Programa Integrado de Educação e Formação )

5 Instalações È uma escola muito degradada e que necessita de melhoramentos a todos os níveis, principalmente a nível de aquecimento e de espaços cobertos para os alunos poderem estar. Pavilhão Desportivo sem água quente.

6 Segurança Alunos A escola não é segura. Há os roubos normaisFuncionários A escola é segura, embora tenha os mesmos problemas que todas as escolasAssessor A segurança da escola depende do meio social envolvente os dos alunos que a frequentam e o meio social aqui é bastante mau.

7 Agrupamento Pertence ao Agrupamento da Trafaria: -Escola EB 2 3 da Trafaria -A Escola EB1 n°1 da Trafaria -Escola EB1 nº 2 da Trafaria -Escola EB1/JI da Trafaria -Escola EB1 de Costas de Cão

8 Financiamento -Câmara Municipal (faculta autocarros para visitas de estudo, muito poucas vezes) -Junta de freguesia (reparações de instalações) -Orçamento de estado -Orçamento de receitas próprias -Verbas do Desporto Escolar -Entidades particulares

9 Parcerias - Centro de Emprego - Câmara Municipal de Almada (nas áreas cultural e desportiva) - Segurança Social - Projecto PEETI (Plano para Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil)

10 Crédito de Horas Em função do número de alunos e professores que tem. É usado para aulas de apoio educativo ou para actividades de clubes. Está a ser usado para dar aulas de português a alunos que não têm o português como língua materna (falam maioritariamente crioulo).

11 Órgãos de Gestão e Administração da Escola

12 Assembleia 8 elementos -3 docentes de 2º e 3º ciclo -1 docente do Ensino Pré-Escolar -3 docentes do 1º ciclo -1 representante dos funcionários

13 Conselho Executivo Presidente 2 vice-presidentes: - 1 de 1º ciclo - 1 de Pré-Escolar 2 assessores: - 1 de 1º ciclo - 1 de 2º e 3º ciclo

14 Conselho Pedagógico Presidente do Conselho Executivo Vice-presidentes do Conselho Executivo Coordenadores de grupos disciplinares Coordenadores de 1º ciclo Coordenador de Pré-Escolar

15 Conselho Administrativo Presidente do Conselho Executivo Vice-presidente do Conselho Executivo Chefe dos serviços Administrativos

16 PIEF

17 O que é? A medida de excepção que se apresenta como remediação quando tudo o mais falhou.

18 PIEF Objectivos Favorecer o cumprimento da escolaridade obrigatória a menores e a certificação escolar e profissional de menores a partir dos 15 anos, em situação de exploração de trabalho infantil.

19 PIEF Destinatários - Menores em situação de exploração de trabalho infantil - Menores a partir de 15 anos para a certificação escolar e profissional - Menores com idades igual ou superior a 16 anos que celebrem contractos de trabalho, para uma qualificação profissional - Menores vítimas das piores formas de exploração

20 PIEF Nesta escola funcionam 4 turmas PIEF - 2 da Trafaria - 2 do Monte da Caparica É o segundo ano que este projecto funciona Aulas práticas: SABER FAZER

21 Principais Linhas Orientadoras da Escola Melhoria eficaz O critério da eficácia é aplicável se a escola consegue melhores resultados de aprendizagem para os seus alunos, acrescentando mais valia a esses resultados; O critério da melhoria é aplicável se a escola gere com sucesso mudanças de situações necessárias a uma maior eficácia da escola

22 Principais Linhas Orientadoras da Escola

23 Análise ao Plano Anual de Actividades É um plano diversificado As actividades mais correntes são as de Educação Física Há poucas visitas exteriores a nível dos departamentos menos apreciados pelos alunos ( CN, FC)

24 Apreciação global da Escola -Condições precárias -Falta de segurança -Falta de comunicação entre pessoal docente -Comodismo da parte do pessoal docente -Empenhamento em recuperar alunos perdidos a nível escolar (PIEF) -Escola um pouco esquecida por todos (autarquias, ME,…)

25 Material Recolhido -Projecto Educativo -Regulamento Interno -Plano Anual de Actividades -Entrevista ao Assessor do Conselho Executivo ( Sr. João Ratão) -Entrevista ao Chefe dos Serviços Administrativos ( Sr.ª Maria Carvalho) -Entrevista aos alunos e funcionários

26 Trabalho Elaborado -Andreia Fonseca nº Gonçalo Heleno nº Joana Costa nº Licenciatura de Ensino da Física e da Química


Carregar ppt "Escola EB 2 e 3 da Trafaria. História da escola Erigida no espaço de uma antiga fábrica de pólvora, da qual permanece intacta uma chaminé de tijolo situada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google