A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A vida psíquica é intencional porque a mente visa sempre algo diferente dela própria, reconstruindo-se permanentemente através da integração de processos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A vida psíquica é intencional porque a mente visa sempre algo diferente dela própria, reconstruindo-se permanentemente através da integração de processos."— Transcrição da apresentação:

1 A vida psíquica é intencional porque a mente visa sempre algo diferente dela própria, reconstruindo-se permanentemente através da integração de processos cognitivos, emocionais e conativos, naquilo que uma identidade assume como sua.

2 O que é a cognição? O que é a cognição? O que são processos cognitivos? O que são processos cognitivos? Como se caracterizam percepção, memória e aprendizagem? Como se caracterizam percepção, memória e aprendizagem? Qual o seu papel na cognição? Qual o seu papel na cognição?

3 O que é a emoção? O que é a emoção? Como se distinguem emoções, afectos e sentimentos? Como se distinguem emoções, afectos e sentimentos? O que são processos emocionais? O que são processos emocionais? São universais ou específicos de determinada cultura? São universais ou específicos de determinada cultura? O que é um marcador somático? O que é um marcador somático?

4 O que é a conação? O que é a conação? O que são processos conativos? O que são processos conativos? Como é que a vontade intervem na concretização de um comportamento? Como é que a vontade intervem na concretização de um comportamento? O que é a intencionalidade? O que é a intencionalidade? Qual o seu papel no quotidiano? Qual o seu papel no quotidiano?

5 Razão e Emoção Cresci habituado a aceitar que os mecanismos da razão existiam numa região separada da mente onde as emoções não eram autorizadas a penetrar […] Tinha agora, porém, diante de mim, o ser inteligente mais frio e menos emotivo que se poderia imaginar, e, apesar disso, o seu raciocínio prático encontrava-se tão diminuído que produzia, nas andanças da vida quotidiana, erros sucessivos numa contínua violação do que […] consideraríamos ser socialmente adequado e pessoalmente vantajoso. Ele tinha uma mente completamente saudável até ser afetado por uma doença neurológica que danificou um sector específico do seu cérebro, originando, de uma dia para o outro, essa profunda deficiência na sua capacidade de decisão. A. DAMÁSIO, O Erro de Descartes

6 Os processos básicos implicados nas nossas cognições são a percepção, a aprendizagem e a memória: percepção – permite a captação significativa do mundo. aprendizagem – permite mudar com a experiência; consiste numa alteração comportamental do indivíduo relativamente a um estado anterior. memória – permite conviver com o passado. É o suporte essencial de todos os processos de aprendizagem.

7 Campo da afetividade O seu objeto é a fruição do mundo em termos de prazer ou de dor, de satisfação ou de insatisfação, de agradável ou de desagradável e não a sua apreensão intelectual. Sentimento Estado afectivo agradável ou desagradável, de grande estabilidade e média intensidade, com papel moderador nas relações que o sujeito estabelece com as pessoas e com outros elementos do mundo. Emoção Reacção agradável ou desagradável do organismo, geralmente de curta duração e grande intensidade, a um acontecimento inesperado, que interfere na relação que o sujeito estabelece com a realidade.

8 Tendência do ser humano para agir deliberadamente Actividade Voluntária - Conjunto de actos em que a pessoa elege os fins a prosseguir, selecciona os meios para os poder alcançar e prevê as consequências dos actos que tenciona fazer. Implica: Conceção DeliberaçãoDecisão Execução

9 Como é que o ser humano dá sentido a si próprio e ao mundo? O que é a identidade? Como se constrói a identidade? É um processo fixo? A identidade é um processo de natureza bio-relacional; constitui-se como o sentido integrador da totalidade das experiências do indivíduo e é o resultado da inscrição na mente da nossa história biológica e relacional; desenvolve-se ao longo da vida.


Carregar ppt "A vida psíquica é intencional porque a mente visa sempre algo diferente dela própria, reconstruindo-se permanentemente através da integração de processos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google