A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTERAÇÕES Organizações como Sistemas Complexos Christianne C.S.R. Coelho, Dra. Francisco A. P. Fialho, Dr.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTERAÇÕES Organizações como Sistemas Complexos Christianne C.S.R. Coelho, Dra. Francisco A. P. Fialho, Dr."— Transcrição da apresentação:

1 INTERAÇÕES Organizações como Sistemas Complexos Christianne C.S.R. Coelho, Dra. Francisco A. P. Fialho, Dr.

2 INTERAÇÃO Quebrou a barreira do espaço e tempo na divulgação da informação e no acesso da mesma. A informação está disponível para um maior número de agentes e ela é mediadora da interação entre agentes e/ou populações que irá conduzir a novas formas de ser e de ser em grupo. Interagir interna e externamente. Revolução da Informação

3 INTERAÇÃO Revolução da Informação O conhecimento dessas interações nos permitirá ser mais adaptativos e ao mesmo tempo permitirá melhorarmos nossa performance nos diversos campos de atuação. Organizações como Sistemas Complexos

4 Sistemas Complexos INTERAÇÃO Os sistemas complexos são sistemas com múltiplos componentes em interação, cujo comportamento não pode ser inferido a partir do comportamento das partes. Organizações como Sistemas Complexos

5 PADRÃO DE INTERAÇÃO São as regularidades recorrentes do contato entre os tipos de agentes dentro do sistema. INTERAÇÃO Organizações como Sistemas Complexos

6 O que deve interagir com o que, quando e como? INTERAÇÃO Organizações como Sistemas Complexos

7 INTERAÇÕES Interações fazem um SAC estar vivo. O sistema torna-se não uma mera pilha de agentes de uma variedade de tipos, mas uma população que levanta eventos e tem uma história sem igual. Esses eventos dirigem processos de seleção e amplificação que no final mudam a freqüência e a variedade de tipos de agentes e estratégias. INTERAÇÃO Organizações como Sistemas Complexos

8 Mecanismos de Interação Externos: são maneiras de modificar o sistema pelo lado de fora, pelo projeto de artefatos ou planejamento de políticas que mudam as regras de interação. Internos: são maneiras de mudar os padrões de interação que são dirigidos por processos dentro do sistema. INTERAÇÃO Organizações como Sistemas Complexos

9 INTERAÇÃO Exemplo 1: Capital Social Por que algumas comunidades funcionam muito mais eficazmente que outras? Características da organização social, tais como redes, normas e confiança, que facilitam a coordenação e a cooperação, aumentando os benefícios do investimento em capital humano e social. Organizações como Sistemas Complexos

10 INTERAÇÃO Como a Interação funciona? Fatores de Proximidade: que determinam como os agentes vem a ter probabilidades de interagir uns com os outros, em função do espaço/ localização. Organizações como Sistemas Complexos

11 INTERAÇÃO Espaço físico: a localização no espaço geográfico e no tempo de agentes e artefatos. Organizações como Sistemas Complexos

12 INTERAÇÃO Espaço conceitual : a localização num conjunto de categorias estruturadas de forma que agentes próximos tenderão a interagir. Organizações como Sistemas Complexos

13 Coopercentral – População de Agentes

14 Mapa da Indústria da Internet

15 Espaço Digital : surgiu com a comunicação mediada pelos computadores. Hoje é representado pela World Wide Web. INTERAÇÃO Organizações como Sistemas Complexos

16 INTERAÇÃO O reconhecimento desses espaços e a movimentação dentro deles são determinantes do produto das interações. Organizações como Sistemas Complexos

17 INTERAÇÃO Como a Interação funciona? Fatores de Ativação: determinam o seqüênciamento das atividades (estrutura temporal dos eventos). Organizações como Sistemas Complexos

18 INTERAÇÃO Ativação Externa: a determinação do seqüênciamento das atividades é indicada por fatores ou elementos externos ao sistema. Ativação Interna: a determinação do seqüênciamento das atividades é indicada por fatores ou elementos internos do sistema. Organizações como Sistemas Complexos

19 INTERAÇÃO Ativação Intensa: interações repetidas de um agente com um número limitado de agentes. Ativação Difusa: interações de um agente com uma gama maior de agentes Organizações como Sistemas Complexos

20 INTERAÇÃO Uma propriedade dos agentes, então, é que eles estão localizados no tempo e no espaço. Ações que alteram possibilidades de movimento no espaço e no tempo vão alterar a proximidade. Organizações como Sistemas Complexos

21 INTERAÇÃO Exemplo 2: Combatendo o vírus da AIDS Modelos de transmissão de doença. Probabilidade de infecção quando um indivíduo contaminado encontra um não infectado. Organizações como Sistemas Complexos

22 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Métodos Externos de Mudança dos Padrões de Interação Os principais mecanismos disponíveis para mudar padrões de interação a partir de fora incluem a construção e operação de barreiras à interação – ou remoção de tais barreiras. Organizações como Sistemas Complexos

23 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Barreiras ao Movimento no tempo e no Espaço Físico O efeito essencial de uma barreira ao movimento é tornar alguns agentes mais próximos – com maior probabilidade de interagir mutuamente – e outros menos. O tempo também pode ser alterado controlando a tecnologia para mover-se através dele. Métodos Externos de Mudança dos Padrões de Interação Organizações como Sistemas Complexos

24 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Barreiras ao Movimento em Espaços Conceituais Estas barreiras são como filtros muito mais refinados nos padrões de interação e podem ter um efeito muito mais seletivo. Métodos Externos de Mudança dos Padrões de Interação Organizações como Sistemas Complexos

25 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Barreiras Semipermeáveis É qualquer coisa que impeça alguns tipos de interações enquanto permite outros. Métodos Externos de Mudança dos Padrões de Interação Organizações como Sistemas Complexos

26 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Ativação em Seqüência ou em Paralelo Oportunidade de manipular o papel do tempo, organizando as atividades em seqüência ou em paralelo. Métodos Externos de Mudança dos Padrões de Interação Organizações como Sistemas Complexos

27 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Métodos de mudança de padrões de interação que estão disponíveis a um agente singular. Métodos Internos de Mudança dos Padrões de Interação Organizações como Sistemas Complexos

28 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Seguindo Outro Agente O efeito deste método é que o agente seguidor experimenta um padrão de interação similar ao padrão do agente condutor, servindo como uma espécie de modelo. Métodos Internos de Mudança dos Padrões de Interação Organizações como Sistemas Complexos

29 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Métodos Internos de Mudança dos Padrões de Interação Seguindo um Sinal Seguir algum sinal detectável é mover-se em direção a localidades que têm um valor superior. Organizações como Sistemas Complexos

30 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Métodos Internos de Mudança dos Padrões de Interação Separando Escalas de Tempo Sistema biológicos e sociais tem a tendência de assumir a forma hierárquica (piramidal), sendo que as camadas superiores envolvem processos com intervalos de tempos mais longos que os níveis mais baixos. Organizações como Sistemas Complexos

31 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Métodos Internos de Mudança dos Padrões de Interação Organizando rotinas Rotinas surgem porque interações entre agentes aumentam a probabilidade de repetições posteriores daquelas mesmas interações. Geralmente acontece através da aprendizagem pelos participantes. Organizações como Sistemas Complexos

32 Qual o Espaço de Possibilidades para nossas Interações ? INTERAÇÃO Métodos Internos de Mudança dos Padrões de Interação Reestruturação de Espaços Físicos e Conceituais São mudanças provenientes de ações que ocorrem dentro do sistema e que alteram a própria estrutura do espaço no qual os atores estão localizados. Organizações como Sistemas Complexos

33 Qual o Espaço de Possibilidades para Interações nos projetos de engenharia e gestão do conhecimento? Organizações como Sistemas Complexos

34 INTERAÇÃO Como os mecanismos de interação podem ser utilizados no projeto e desenvolvimento de sistemas baseados em conhecimento? Organizações como Sistemas Complexos


Carregar ppt "INTERAÇÕES Organizações como Sistemas Complexos Christianne C.S.R. Coelho, Dra. Francisco A. P. Fialho, Dr."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google