A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VALORES DE LACTATO OBTIDOS PELOS MÉTODOS DE QUÍMICA SECA E FITA REATIVA EM AMOSTRAS SANGUÍNEAS DE EQUINOS ATLETAS. Tatiana de S. Barbosa (FMVZ-Unesp

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VALORES DE LACTATO OBTIDOS PELOS MÉTODOS DE QUÍMICA SECA E FITA REATIVA EM AMOSTRAS SANGUÍNEAS DE EQUINOS ATLETAS. Tatiana de S. Barbosa (FMVZ-Unesp"— Transcrição da apresentação:

1 VALORES DE LACTATO OBTIDOS PELOS MÉTODOS DE QUÍMICA SECA E FITA REATIVA EM AMOSTRAS SANGUÍNEAS DE EQUINOS ATLETAS. Tatiana de S. Barbosa (FMVZ-Unesp Letícia A. Yonezawa (FMVZ-Unesp Botucatu/SP), Veridiana F. da Silveira (UFRB, Cruz das Almas/BA), Luciana P. Machado (UFPI, Bom Jesus/PI), Mere E. Saito (UDESC, Lages/SC), Marcos J. Watanabe (FMVZ-Unesp Botucatu/SP), Aguemi Kohayagawa (FMVZ-Unesp Botucatu/SP) Unesp Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho INTRODUÇÃO A concentração de lactato sanguíneo é considerada um indicador sensível do treinamento e das adaptações musculares adquiridas pelos equinos atletas, apresenta melhor correlação com o desempenho competitivo do animal e possibilita a avaliação do sistema mais utilizado de produção energética, sendo de fácil aferição. O processamento das amostras em equipamentos portáteis sofre menor influência do pH e da temperatura sanguínea, do tempo de centrifugação da amostra e também da variação individual do transporte de lactato nos eritrócitos. Desta forma o método de fita reativa em lactímetro portátil é amplamente utilizado em relação aos métodos comuns que utilizam kits comerciais e leitura espectrofotométria. Vários estudos compararam os métodos de determinação do lactato em equinos, sendo os resultados obtidos contraditórios. OBJETIVO Considerando que as metodologias para aferição do lactato, por química seca e fita reativa, são apropriadas objetivou-se comparar a relação existente entre estes dois métodos. MATERIAL E MÉTODOS Foram utilizados 16 equinos da raça Puro Sangue Árabe, sem treinamento, divididos em dois grupos de oito animais: controle (GC) e suplementados com vitamina E (GE) na dose oral de diária de 1.000UI/L. Ambos os grupos foram submetidos a provas de exercício progressivo esteira de alta velocidade inclinada a +7%, antes (P1) e após (P2) ao período de treinamento de 20 dias. O protocolo das provas foi: 5min na velocidade de 1,8 m/s, 3min a 4,0 m/s, 2min a 6,0 m/s, e 1 min nas velocidades 8,0 m/s, 9,0 m/s, 10,0 m/s ou até quando os cavalos conseguiam manter-se em exercício. A dosagem do lactato sanguíneo em lactímetro portátil (Accutrend® lactate, Roche, Mannheim, Alemanha) foi processada imediatamente em amostras sem anticoagulante, enquanto a análise com kit comercial para química seca (VITROS® - Ortho-Clinical Diagnostics, Johnson & Johnson, Gateway, New Jersey, EUA) foi realizada posteriormente em amostras de soro armazenadas a - 80°C. RESULTADOS Os valores médios (± desvio padrão) de lactato dos diferentes grupos em relação ao método de fita reativa e química seca estão na Tab. 01. Em todos os grupos o método de química seca foi significativamente superior em relação à fita reativa pelo teste t pareado (p<0,05). DISCUSSÃO E CONCLUSÃO Esta diferença poderia estar associada aos diferentes tipos de amostras utilizadas, além de que pode haver aumento da fragilidade osmótica dos eritrócitos no método de fita reativa, ocasionando maior lise destas células com consequente liberação de água fazendo com que a concentração de lactato torne-se diluída. Desta maneira, conclui-se que há diferença nas dosagens de lactato sanguíneo de equinos atletas de acordo com a metodologia utilizada, sendo o método de química seca mais sensível em relação ao lactímetro. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS COUROUCÉ, A.; CHATARD, J.C; AUVINET, B. Estimation of performance potential of Standardbred trotters from bloood lactate concentrations measured in field conditions.Equine vet. j., 29, 5, , EVANS, D.L.; GOLLAND, L.C. Accuracy of Accusport for measurement of lactate concentrations in equine blood and plasma. Equine vet. j., 29, 5, , LINDER, A. Measurement of plasma lactate concentration with Accusport. Equine vet. j., 28, 5, , PÖSÖ, A.R.; LAMPINEN, K.J.; RÄSÄNEN, L.A.Distribution of lactate between red blood celss and plasma after exercise.Equine vet. j., Suppl.,18, , Tabela 1- Valores da média desvio padrão diferentes grupos em relação ao método de fita reativa e química seca. * Letras distintas na mesma linha indicam diferença significativa (p< 0,05) Fita reativaQuímica seca GC 1 6,25 3,42 a* 13,52 8,67 b GC 2 6,36 3,18 a 14,48 8,45 b GE 1 7,41 3,90 a 16,02 9,62 b GE 27,39 3,91 a 18,01 11,06 b


Carregar ppt "VALORES DE LACTATO OBTIDOS PELOS MÉTODOS DE QUÍMICA SECA E FITA REATIVA EM AMOSTRAS SANGUÍNEAS DE EQUINOS ATLETAS. Tatiana de S. Barbosa (FMVZ-Unesp"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google