A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Utility of Glycated Hemoglobin in Diagnosing Type 2 Diabetes Mellitus: A Community-Based Study Grupo: Lívia Roale Mário Carvalho Monique Bastos Pamella.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Utility of Glycated Hemoglobin in Diagnosing Type 2 Diabetes Mellitus: A Community-Based Study Grupo: Lívia Roale Mário Carvalho Monique Bastos Pamella."— Transcrição da apresentação:

1 Utility of Glycated Hemoglobin in Diagnosing Type 2 Diabetes Mellitus: A Community-Based Study Grupo: Lívia Roale Mário Carvalho Monique Bastos Pamella Karla Padala Ravi Kumar, Anil Bhansali, Muthuswamy Ravikiran, Shobhit Bhansali, Pinaki Dutta, J. S. Thakur, Naresh Sachdeva, Sanjay Kumar Bhadada and Rama Walia

2 INTRODUÇÃO

3 O diagnóstico da Diabetes Mellitus é baseado: glicemia de jejum glicemia após 2 horas de realizado o teste oral de tolerância à glicose (TOTG), utilizando 75 g de glicose

4 Critérios diagnósticos da American Diabetes Association(ADA,1997) e da OMS(1999) glicose plasmática em jejum igual ou superior a 126 mg/dl. glicemia superior a 200 mg/dl no TOTG. * Os testes precisam ser repetidos em um dia posterior.

5 Hemoglobina Glicada Recentemente a ADA recomenda a hemoglobina glicada (HBA1c) como o teste diagnóstico. Um nível igual ou superior a 6,5% confirma o diagnóstico, mas o teste deve ser repetido no dia posterior.

6 Antes da HB glicada... Alta variabilidade individual (4 a 14%) Variabilidade pré-analítica, como o método de coleta Armazenamento (taxa de queda de glicose em amostras à temperatura ambiente 3 a 8 mg/dl.h Exercício e restrição calórica Dificuldade em garantir o estado de jejum antes da medição da glicemia

7 Depois da HB glicada... Jejum não é necessário Variabilidade analítica é inferior a 2% Glicemia nos últimos 2 a 3 meses.

8 Desvantagens Exame oneroso Afetado por: Hemoglobinopatias hemólise recentes triglicérides elevados Salicilatos vitaminas C e E.

9 METODOLOGIA Grande estudo transversal sobre a prevalência de diabetes entre adultos em Chandigarh, cidade com a maior renda per capita da Índia. Chandigarh é uma cidade bem planejada, com 56 setores e subsetores 6 setores foram escolhidos de forma aleatória simples Em cada setor todos os adultos com idade igual ou superior a 20 anos foram selecionados para a pesquisa de diabetes mellitus com base no TOTG com 75 g de glicose

10 A glicemia de jejum e a obtida após o TOTG foi estimada usando um glicosímetro (Ultra 2; Johnson e Johnson, em Nova Brunswick, NJ), que foi validado. Em todos os casos, a glicose plasmática venosa foi estimada usando o método da glicose oxidase (Autoanlayzer 902; Hitachi, Tóquio, Japão).

11 O diagnóstico de Diabetes Mellitus teve como base os critérios da OMS,1999. O sangue para pesquisa de HbA1 glicada foi coletado em frascos de EDTA e estimada pela Bio-Rad 10 Sistema (Bio Rad, Hercules, CA), baseado em cromatografia de troca iônica.

12 Os coeficientes de variação intra-ensaio para os indivíduos normais e diabéticos foram de 0,81 e 0,48%, respectivamente. Os coeficientes de variação interensaio para os pacientes normais e diabéticos foram 2,35 e 1,65%, respectivamente.

13 Antropometria detalhada (altura, peso e circunferência abdominal) e pressão arterial foram definidos utilizando os métodos padrão. Sensibilidade e Especificidade formam a base para a análise do estudo.

14 Análise Estatística Sensibilidade e especificidade de diferentes níveis de corte de HbA1 glicada foram calculados. As curvas foram construídas para a população de estudo, excluindo sujeitos com diabetes mellitus conhecida. ROC curve of HbA1c in NDM subjects.


Carregar ppt "Utility of Glycated Hemoglobin in Diagnosing Type 2 Diabetes Mellitus: A Community-Based Study Grupo: Lívia Roale Mário Carvalho Monique Bastos Pamella."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google