A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EMEF Professor Antonio de Sampaio Dória - DRESA. Escrita no teclado - explorando o processador de textos A utilização do processador de textos é um recurso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EMEF Professor Antonio de Sampaio Dória - DRESA. Escrita no teclado - explorando o processador de textos A utilização do processador de textos é um recurso."— Transcrição da apresentação:

1 EMEF Professor Antonio de Sampaio Dória - DRESA

2 Escrita no teclado - explorando o processador de textos A utilização do processador de textos é um recurso importante para elaboração, formatação e revisão de textos. O uso do corretor ortográfico e gramatical, aliado à consulta em dicionários e livros gramaticais impressos, pode proporcionar um rico processo de aprendizagem, uma vez que os possíveis erros (o que não está de acordo com a norma culta da língua) são evidenciados no computador. Esse recurso estabelece uma relação de chamar atenção para uma possível revisão, possibilitando assim uma reflexão sobre a escrita. Desse modo, explorar e aprofundar a utilização das ferramentas que o programa oferece permite ir além da simples digitação. As várias opções de organização do texto, como formatação e recursos gráficos, também podem ser aliadas e motivadoras de novas e significativas aprendizagens na produção escrita.

3 PÚBLICO-ALVO Ciclo I e II do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos Fevereiro de 2010 PERÍODO DE REALIZAÇÃO

4 OBJETIVOS Utilizar o processador de textos para desenvolver habilidades de leitura e escrita. Utilizar o processador de textos (Word) para trabalhar digitação, ortografia, gramática e recursos gráficos no texto. Explorar os recursos da barra de menu, barras de ferramentas padrão e formatação, desenho, tabelas e bordas, WordArt, Clip-art e Arquivos criados no Paint Brush. Aplicar digitação de maiúsculas, minúsculas, funções do teclado e do mouse. Promover aprendizagens de leitura e escrita com foco na utilização de múltiplas e diferentes linguagens midiáticas. Instrumentalizar os alunos oferecendo os recursos existentes para registros e organização das atividades elaboradas. Acompanhar a utilização destes recursos estimulando os alunos a compreenderem a função das ferramentas (WORD e PAINT BRUSH) e a sua aplicabilidade.

5 RECURSOS NECESSÁRIOS Computadores com programa de processamento de texto e dicionários impressos.

6 PROGRAMAS UTILIZADOS Editor de texto (Microsoft WORD) e Paintbrush.

7 METODOLOGIA ANTES Conhecendo o que os alunos sabem a respeito do uso do editor de textos e recursos do programa Nesta proposta, os alunos, vão aprender a abrir um programa de editoração de texto, trabalhar a configuração da página e conhecer as funções da barra de menu, formatação e suas aplicações práticas. Para registrar do conhecimento prévio do grupo, foi utilizado o processador de texto.(Utilizado um arquivo coletivo).

8 METODOLOGIA DURANTE Explorando os recursos do programa Os alunos vão receber um texto e devem digitá-lo. A escolha desse texto foi baseada nas possibilidades que ele oferece para a exploração dos recursos do teclado, do manuseio do mouse e do processador de texto. Ao digitar os textos, os alunos foram orientados a observarem os seguintes detalhes: parágrafo, utilização de maiúsculas e minúsculas, uso das teclas Shift, Caps Lock, Backspace e Delete, espaço entre as palavras, acentuação, pontuação e hífen. Antes de iniciarem a digitação, o projetor multimídia, foi utilizado para explicar a aplicação destes recursos. E apresentar um vídeo sobre o tema. Os alunos devem, então, salvar os textos digitados.

9 METODOLOGIA Texto e música escolhidos: 3ª e 4ª série do Ensino Fundamental – Ciclo I Música: O caderno – Toquinho e Vinícius 5ª,6ª E 7ª série do Ensino Fundamental – Ciclo II e 1º ano da EJA (Educação de Jovens e Adultos) – Etapa Alfabetização Texto: História do Dia Internacional da Mulher

10 O caderno - Toquinho O caderno - Toquinho Composição: Toquinho / Mutinho Sou eu que vou seguir você Do primeiro rabisco Até o be-a-bá. Em todos os desenhos Coloridos vou estar A casa, a montanha Duas nuvens no céu E um sol a sorrir no papel... Sou eu que vou ser seu colega Seus problemas ajudar a resolver Te acompanhar nas provas Bimestrais, você vai ver Serei, de você, confidente fiel Se seu pranto molhar meu papel... Sou eu que vou ser seu amigo Vou lhe dar abrigo Se você quiser Quando surgirem Seus primeiros raios de mulher A vida se abrirá Num feroz carrossel E você vai rasgar meu papel... O que está escrito em mim Comigo ficará guardado Se lhe dá prazer A vida segue sempre em frente O que se há de fazer... Só peço, à você Um favor, se puder Não me esqueça Num canto qualquer...(2x)

11 História do Dia Internacional da Mulher No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano. Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas). Objetivo da Data Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história. Conquistas das Mulheres Brasileiras Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

12 METODOLOGIA Continuando a atividade Os alunos retomaram o texto digitado e verificaram se havia correções a fazer. Para tanto, exploraram o uso do corretor ortográfico e gramatical. Foi levantada as causas das palavras estarem sublinhadas em vermelho (ortografia). Explicou-se que nem sempre o corretor sugere a palavra certa para ser corrigida e não se pode adicionar qualquer palavra ao dicionário do computador. Por isso, eles devem consultar o dicionário impresso para corrigir as palavras sublinhadas. Inclusive devido ao Novo Acordo Ortográfico. Foi levantada as causas das palavras estarem sublinhadas em verde (questões gramaticais). Explicou-se que nem sempre o corretor oferece correção adequada, por isso é preciso refletir sobre as possíveis causas do destaque e, quando for necessário, consulte um livro de gramática. Os alunos foram orientados:na formatação, revisão gramatical e ortográfica.

13 METODOLOGIA Conhecendo mais recursos do programa Os alunos foram orientados a formatar, como preferirem, a fonte, o tamanho, tipo, cor e espaço entre linhas, de modo que o texto seja bem distribuído na folha. O texto foi ilustrado no Paint brush.

14 AVALIAÇÃO Retomando objetivos Momento de avaliar se os alunos aprenderam a utilizar os recursos abaixo com autonomia: No uso do processador de textos: corretor ortográfico, recursos gráficos no texto, barras de menu, barras de ferramentas padrão e formatação, desenho, tabelas e bordas, WordArt e Clip-art, inserir e formatar figura. Digitação de maiúsculas e minúsculas e uso da ortografia, pontuação, acentuação, funções do teclado e do mouse. No uso do Paintbrush: tem domínio das ferramentas do software. Produto Final : Escrita do texto – Microsoft WORD Ilustração – PAINT BRUSH

15 Créditos PMSP – Prefeitura do Município de São Paulo SME – Secretaria Municipal de Educação Diretoria Regional de Ensino de Santo Amaro(DRESA) EMEF Professor Antonio de Sampaio Dória Laboratório de Informática Educativa POIE: Vera Lucia Fonte: Caderno de Orientações Didáticas – Ler e Escrever – Tecnologias na Educação Música: O caderno – Toquinho e Vinícius de Moraes – site: Vídeo e Música -


Carregar ppt "EMEF Professor Antonio de Sampaio Dória - DRESA. Escrita no teclado - explorando o processador de textos A utilização do processador de textos é um recurso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google