A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Prof.(a) Ana Vieira. O domínio de uma profissão não exclui o seu aperfeiçoamento. Ao contrário, será mestre quem continuar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Prof.(a) Ana Vieira. O domínio de uma profissão não exclui o seu aperfeiçoamento. Ao contrário, será mestre quem continuar."— Transcrição da apresentação:

1 DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Prof.(a) Ana Vieira

2 O domínio de uma profissão não exclui o seu aperfeiçoamento. Ao contrário, será mestre quem continuar aprendendo. Pierre Furter DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR

3 "Se você ainda não sabe qual é a sua verdadeira vocação, imagine a seguinte cena: Você está olhando pela janela, não há nada de especial no céu, somente algumas nuvens aqui e ali. Aí chega alguém que também não tem nada para fazer e pergunta: - Será que vai chover hoje? Se você responder "com certeza"... a sua área é Vendas: O pessoal de Vendas é o único que sempre tem certeza de tudo. Se a resposta for "sei lá, estou pensando em outra coisa"... então a sua área é Marketing: O pessoal de Marketing está sempre pensando no que os outros não estão pensando.Se você responder "sim, há uma boa probabilidade"... você é da área de Engenharia: O pessoal da Engenharia está sempre disposto a transformar o universo em números. Texto de Antonio Ermírio de Moraes.

4 Se a resposta for "depende"... você nasceu para Recursos Humanos: Uma área em que qualquer fato sempre estará na dependência de outros fatos. Se você responder "ah, a meteorologia diz que não"... você é da área de Contabilidade: O pessoal da Contabilidade sempre confia mais nos dados do que nos próprios olhos. Se a resposta for "sei lá, mas por via das dúvidas eu trouxe um guarda-chuvas": Então seu lugar é na área Financeira que deve estar sempre bem preparada para qualquer virada de tempo. Agora, se você responder "não sei"... há uma boa chance que você tenha uma carreira de sucesso e acabe chegando a diretoria da empresa. De cada 100 pessoas, só uma tem a coragem de responder "não sei" quando não sabe. Os outros 99 sempre acham que precisam ter uma resposta pronta, seja ela qual for, para qualquer situação.

5 "Não sei" é sempre uma resposta que economiza o tempo de todo mundo, e pré-dispõe os envolvidos a conseguir dados mais concretos antes de tomar uma decisão. Parece simples, mas responder "não sei" é uma das coisas mais difíceis de se aprender na vida corporativa. Por quê? Eu sinceramente "não sei". (Antonio Ermírio de Moraes - Revista Exame)

6 1. CARACTERIZAÇÃO DO GRUPO E LEVANTAMENTO DAS EXPECTATIVAS; 2. APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DA PROPOSTA DA DISCIPLINA; 3. A FORMAÇÃO DO PROFESSOR COMO INTELECTUAL E OS DESAFIOS DA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA (Texto Milton Santos – Professor emérito da USP) CRONOGRAMA DO 1º ENCONTRO

7 Situar a didática no contexto do ensino superior e refletir sobre as tendências do pensamento educacional e pedagógico; Analisar a prática pedagógica docente em suas múltiplas determinações; Caracterizar o trabalho docente; Discutir estratégias de trabalho em sala de aula; Organizar as experiências de ensino, sob a forma de um plano de disciplina e de aula. APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DA PROPOSTA DA DISCIPLINA

8 AVALIAÇÃO: Produção de painel sobre estratégias de trabalho em sala de aula: socialização e debate; Elaboração de um Plano de disciplina; Auto-avaliação e avaliação da disciplina. APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DA PROPOSTA DA DISCIPLINA

9 QUE ASPECTOS FAZEM PARTE DO TRABALHO DOCENTE? Situação 1. Professor, sem experiência, recém contratado para o nível superior. Atividade: Estratégias para o enfrentamento dessa situação (grupos agindo como promotoria e defensoria) RESPONDAM A SEGUINTE QUESTÃO.

10 Conhecimento da estrutura e funcionamento do Ensino Superior; Saber definir seu Planejamento de Ensino; Realizar estudos e pesquisas na área de psicologia da aprendizagem; Conhecer diferentes métodos de ensino; Possuir domínio das técnicas de avaliação. CONHECIMENTOS E HABILIDADES PEDAGÓGICAS

11 O professor deve ser capaz de estabelecer relações entre o que ocorre em sala de aula, com processos e estruturas mais amplas. Isto implica a análise dos objetivos a que se propõe o ensino universitário brasileiro, bem como dos problemas que interferem em sua concretização. E exige conhecimentos relativos à evolução das instituições e a legislação que as rege. Conhecimento da estrutura e funcionamento do Ensino Superior

12 A eficiência na ação docente requer planejamento. O professor precisa ser capaz de prever as ações necessárias para que o ensino a ser ministrado por ele atinja os seus próprios objetivos. Isto exige a cuidadosa preparação de um plano de disciplina e de tantos planos de unidade quantos forem necessários. Saber definir seu Planejamento de Ensino

13 O que o professor espera de seus alunos é que aprendam o conteúdo da disciplina que pretende lecionar. Neste sentido conhecimentos de psicologia poderão ser muito úteis, pois esclarecem acerca dos fatores facilitadores da aprendizagem. Realizar estudos e pesquisas na área de psicologia da aprendizagem

14 A moderna Pedagogia dispõe de inúmeros métodos de ensino. Convém que o professor conheça as vantagens e limitações de cada método para utilizá-los nos momentos e sob as formas mais adequadas. Conhecer diferentes métodos de ensino

15 Não se pode conceber ensino sem avaliação. Não apenas a avaliação final do curso, mas também a avaliação formativa, que se desenvolve ao longo do processo letivo e que tem por objetivo facilitar a aprendizagem. Assim, o professor universitário precisa estar capacitado para elaborar instrumentos para a avaliação dos conhecimentos e também das habilidades e atitudes dos alunos. Possuir domínio das técnicas de avaliação

16 * Domínio cognitivo; * Domínio afetivo; * Domínio técnico:preparo especializado na matéria e cultura geral. CONHECIMENTOS E HABILIDADES PEDAGÓGICAS

17 Memorização: Definir o conceito de organização científica; Compreensão: Exemplificar as regras de concordância verbal; Aplicação: Aplicar o princípio da resistência a situações práticas em aerodinâmica; Análise: distinguir juízos de fato de juízos de valor; Síntese: Resumir uma obra literária; Avaliação: Avaliar um Plano de disciplina, levando em consideração o conteúdo programático e o nível de conhecimento dos alunos. Domínio cognitivo

18 Receptividade: Escutar o que os outros dizem; Resposta: Acompanhar com atenção a exposição do aluno; Valorização: Reconhecer a importância das relações humanas; Organização: Formar seu próprio código de conduta, respeitando as normas da instituição a qual está vinculado; Definir um complexo de valores: Revisar sua filosofia educacional a partir das análises das obras de Paulo Freire. Domínio afetivo

19 Preparo Especializado na Matéria: Para ministrar determinada disciplina o professor precisa conhecê-la com profundidade. Isto é importante para que ele possa ressaltar os seus aspectos fundamentais e esclarecer acerca de suas aplicações práticas. Cultura Geral: Embora especializado em determinada área, o professor precisa possuir também cultura geral. Isto é importante porque todas as áreas de conhecimento se inter-relacionam. Domínio técnico

20 Empirismo: S O; Inatismo: S O; Interacionismo: S O. AS TEORIAS DO CONHECIMENTO

21 O conhecimento é visto como simples efeito de uma cópia dos objetos externos, conforme defendiam os behavioristas, que explicavam as aquisições intelectuais através de formações de hábitos, associações e transferências; numa tal perspectiva, o conteúdo da inteligência vem de fora e ao sujeito basta assimilar, passivamente a realidade. (Pavlov, Skinner) Empirismo

22 Já o inatismo coloca a possibilidade do conhecimento em estruturas pré-formadas, constituídas através da maturação orgânica, independentemente da experiência do sujeito. Deste modo, esta concepção sugere um apriorismo na determinação de estruturas lógicas. (Duncker, Koehler) Inatismo

23 O conhecimento é o resultado de um processo dialético, na medida em que para conhecer os objetos o sujeito necessita organizá-los, ao mesmo tempo em que é organizado, cognitivamente por eles. ( Piaget, Vygotsky, Bruner, Wallon) Interacionismo

24 O aluno como aprendiz adulto; A importância de se considerar as diferenças individuais; Os tipos de aprendizagem; Motivação intrínseca e extrínseca; O CAMINHO PERCORRIDO PELO CONHECIMENTO

25 SANTOS, Milton. O professor como intelectual na sociedade contemporânea. Conferência de Abertura do IX Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, realizado em Águas de Lindóia – SP, de 4 a 8 de Maio de In Anais do ENDIPE.. TEXTO BÁSICO

26 O trabalho será realizado em duplas e seguirá a ordem de apresentação das estratégias; cada dupla terá aproximadamente 10 minutos para explanação e 5 minutos será destinado para os comentários da turma. Produção de painel sobre a estratégia sorteada; O painel deverá conter: dados de identificação da IES e dos alunos, estratégia, descrição, operações de pensamento, dinâmica da atividade, avaliação, aspectos positivos da estratégia e as possíveis dificuldades. ATIVIDADE 1: PRODUÇÃO DE PAINEL SOBRE ESTRATÉGIAS DE TRABALHO EM SALA DE AULA

27 ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos & ALVES, Leonir Pessate (Orgs.) Processos de Ensinagem na Universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 6ª ed. Joinville: UNIVILLE, REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA


Carregar ppt "DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR Prof.(a) Ana Vieira. O domínio de uma profissão não exclui o seu aperfeiçoamento. Ao contrário, será mestre quem continuar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google