A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Institucionalismo Linhas Teóricas. Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Institucionalismo Linhas Teóricas. Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise."— Transcrição da apresentação:

1 Institucionalismo Linhas Teóricas

2 Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise Deleuze e Guattari Articula uma compreensão clássica da Psicanálise com noção ortodoxa do Materialismo Histórico. Predominantemente sociológica e política, trata-se de uma investigação permanente sempre lacunar e circunscrita de como o não saber e a negatividade operam em cada conjuntura. O trabalho clínico é visto numa perspectiva social e política; predominantemente psicologizante, voltada para a psico- higiene (prevenção). A esfera do psíquico está indissociavelmente imbricada às do político e do econômico

3 Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise Deleuze e Guattari Experiências de castração, privação e frustração, somadas às experiências de impotência, incapacidade e menos-valia (produto do trabalho alienado e alienante) geram nos coletivos humanos um processo regressivo O sentido das organizações é sempre externo aos agentes, está na história, no modo de produção e na formação social em que esta organização está constituída. As relações sociais são possíveis porque é possível a nível do ego, um a diferenciação pela clivagem do sincretismo. A identidade é sempre grupal e com isso, será sempre uma instituição. Constitui um campo teórico de definição do desejo a partir da tradição filosófica crítica do modelo da representação. Considera a produção desejante como matéria última de todo o real (social, maquínico, sendo produção e desejo imanentes entre si.

4 Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise Deleuze e Guattari Deflagrar um processo de auto- análise coletiva que permita aos integrantes desse coletivo fazer a crítica e obter a compreensão da regressão que os afeta, chegando à ressignificação simbólica de sua regressão imaginária Fazer surgir em todo o grupamento organizado, na sua realidade concreta, o aspecto dialético ao mesmo tempo positivo e negativo. A partir de um enquadramen to (psicanalítico) promover uma indagação operativa. Coloca-se nas adjacências dos processos; encontrar catalisadores de existência

5 Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise Deleuze e Guattari Interpretativo Assembléias permanentes onde autogestão se da em atos concretos, liberando a palavra social, o não- dito institucional. A partir de um enquadramen to (psicanalítico) promover uma indagação operativa. Não há método, pois não existe uma prestação de serviços. O procedimento de intervenção se define com o contexto problemático em questão.


Carregar ppt "Institucionalismo Linhas Teóricas. Sóciopsicanálise G. Mendel Análise Institucional Lourau e Lapassade Psicologia Institucional J. Bleger Esquisoanálise."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google