A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Psicologia Institucional – Definições preliminares Prof. André Moniz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Psicologia Institucional – Definições preliminares Prof. André Moniz."— Transcrição da apresentação:

1 Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Psicologia Institucional – Definições preliminares Prof. André Moniz

2 Conceituação Conjunto de relações sociais que se repetem e, nessa repetição, legitima-se (Guilhon Albuquerque, 1987/2004). – Essa legitimação se dá, em ato, pelos efeitos de reconhecimento de que essas relações são óbvias e que naturalmente sempre foram assim – Dá-se, ao mesmo tempo e complementarmente, pelos efeitos de desconhecimento de sua relatividade É a nossa ação que faz a instituição (somos agentes ou clientela – atores em cena) – Reproduzimos e legitimamos a instituição

3 Conceituação Toda instituição constitui um objeto (imaterial, impalpável): é aquilo (ou a relação básica) em nome de que ela se faz, e cujo monopólio é reivindicado numa delimitação de âmbito de ação com outras instituições (Guilhon Albuquerque, 2004, apud Guirado, 2009, p. 327). Toda instituição, basicamente, se constitui na e pela relação de clientela; isto é, na relação de agentes institucionais com os clientes dessas instituições. (Guirado, 2009, p.327)

4 Exemplos Instituição é diferente de organização e de espaço-físico Hospital – A partir das práticas de seus profissionais, materializa/concretiza várias instituições saber científico, saúde/doença, normal/patológico, família etc. Escola – Instituição educação; Organização empresa – Instituição sistema de produção etc. Nossas práticas sociais são práticas institucionalizadas que caracterizam o contexto histórico pela sua emergência e pelo seu uso.

5 Autores principais José Bleger ( ) – Psiquiatra argentino de orientação psicanalítica inglesa – Marxista e militante comunista, especialista em psicose, clínica dos estados limite – Propostas para a Psicologia Institucional Ação além dos consultórios Psico-higiene dos grupos Recupera nos processos grupais sua dimensão política

6 Autores principais George Lapassade ( ) – Filósofo, psicossociólogo e sociólogo Francês – Orientação psicanalítica – Sua proposição teórica está na interface entre a Psicologia, Sociologia e Pedagogia – Propostas para a Psicologia Institucional Análise institucional - método para decifrar as relações que indivíduos e grupos mantém com as instituições Modo de compreender as relações sociais, e um modo de inserção do profissional psicólogo que é de natureza imediatamente política

7 Principais autores José Augusto Guilhon de Albuquerque – bacharel em Filosofia pela Fac Nacional de Filosofia, Univ. do Brasil (1962), Mestre em Sociologia do Desenvolvimento - Université Catholique de Louvain (1969), Doutor em Sociologia do Desenvolvimento - Université Catholique de Louvan (1972) e Livre-docente em Ciência Política - USP (1976). Atualmente é Diretor Executivo da Guilhon&Balbachevsky Ltda e Titular aposentado da Universidade de São Paul – Propostas para a Psicologia Institucional Análise da prática institucional Mapeamento das relações institucionais


Carregar ppt "Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Psicologia Institucional – Definições preliminares Prof. André Moniz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google