A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo –Trabalho de história geral –João Magliano –Márcio Renato –Matheus Gomes –Maurício Manhães –Turma: 114.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo –Trabalho de história geral –João Magliano –Márcio Renato –Matheus Gomes –Maurício Manhães –Turma: 114."— Transcrição da apresentação:

1

2 Grupo –Trabalho de história geral –João Magliano –Márcio Renato –Matheus Gomes –Maurício Manhães –Turma: 114

3 Introdução –A Mesopotâmia: nome grego que significa "entre rios" (Meso e Pótamos), é uma região de interesse histórico e geográfico mundial. Trata-se de um planalto de origem vulcânica localizado no Oriente Médio, delimitado entre os vales dos rios Tigre e Eufrates, ocupado pelo atual território do Iraque e terras próximas.

4 Povos –A Mesopotâmia foi um lugar ocupado por povos nômades tais como os Sumérios, os Acádios, os Amoritas, os Assírios, os Elamitas e os Caldeus que se estabeleceram por causa da terra fértil. Do convívio entre essas culturas surgiu o povo da Mesopotâmia.

5 Súmerios –Os sumérios foram os primeiros à desenvolverem sua civilização na região sul da Mesopotâmia, entre os rios Eufrates e Tigre (área integrante do Crescente Fértil). Habitaram esta região conhecida como Suméria entre os anos 4000 e 1950 a.C., na qual construíram as primeiras cidades de que a humanidade conhece hoje em dia.

6 Acádios –Vindo do deserto da Síria, os Acádios chegaram à Mesopotâmia por volta de 2550 a.C., enquanto este território estava dominado pelos Sumérios. Entretanto, a guerra entre os Sumérios para a permanência no poder acabou dando espaço para que a conquista acadiana da Mesopotâmia tivesse êxito. Mas esses dois povos, de culturas similares, acabariam se unificando para formar o I Império Mesopotâmico.

7 Conflito entre Acádios e Sumérios

8 Amoritas –Os amoritas eram povos oriundos do deserto sírio-árabe que invadiram as cidades-Estado da Mesopotâmia por volta de 2000 a.C., após a queda da civilização suméria-arcadiana. –Eles ergueram a cidade da Babilônia, que seria o principal centro comercial mesopotâmico graças à estratégica localização, cerca de 75 quilômetros da atual capital iraquiana Bagdá. O primeiro império foi erguido por Amoreu Sumuabum, por volta de 1894 a.C., resultando em diversas disputas com remanescentes dos povos sumérios e arcadianos até a unificação realizada pelo Imperador Hamurabi, formando o Primeiro Império Babilônico.

9 Assíria –A Assíria foi uma entidade política da antiguidade, centrada na região do alto rio tigre, na Mesopotâmia e que acabou por dominar impérios regionais por diversas vezes ao longo da história, iniciando esse longo processo na tomada da Babilônia e terminando na reconquista. Recebeu o seu nome a partir de sua capital original, a antiga cidade de Assur.

10 Elamitas –Situado a leste da Mesopotâmia, o Elam fez parte da urbanização arcaica ocorrida durante o Calcolítico. O surgimento de registros históricos por volta de 3000 a.C. se deu de maneira paralela ao processo na história mesopotâmica. No antigo período elamita (Média Idade de Bronze), o Elam consistia de reinos que ocupavam o Planalto Iraniano, centrados em Anshan, e, a partir do segundo milênio a.C., em Susa, nas terras baixas do Khuzestão.

11 Caldeus –Povo de origem semita que se estabeleceu na Baixa Mesopotâmia no início do primeiro milênio a.C., os caldeus foram os principais responsáveis pela derrota dos assírios (pois, junto com os medos, saquearam Nínive) e pela organização do novo império babilônico. Nabucodonosor foi o soberano mais conhecido dos caldeus. Famoso pela construção dos Jardins Suspensos da Babilônia e da Torre de babel, governou por quase sessenta anos e após sua morte os persas dominaram o novo império babilônico. O Império dos caldeus durou apenas 73 anos,pois foi incorporado ao [Império Persa].

12 Religião –Mesopotâmia tinha como característica forte serem politeístas(acreditam em vários Deuses). Para eles os Deuses podiam praticar atos bons ou ruins com os seres humanos. Seus Deuses representavam os elementos da natureza. –Praticavam adivinhações e magias, e acreditavam na existência de heróis, demônios e gênios.

13 Economia –Os comerciantes eram funcionários a serviço dos templos e do palácio. Apesar disso, podiam fazer negócios por conta própria. A situação geográfica e a pobreza de matérias primas favoreceram os empreendimentos mercantis. As caravanas de mercadores iam vender seus produtos e buscar o marfim da Índia, a madeira do Líbano, o cobre de Chipre e o estanho de Cáucaso. Exportavam tecidos de linho, lã e tapetes, além de pedras preciosas e perfumes. As transações comerciais eram feitas na base de troca, criando um padrão de troca inicialmente representado pela cevada e depois pelos metais que circulavam sobre as mais diversas formas, sem jamais atingir, no entanto, a forma de moeda.

14 Escrita –A escrita cuneiforme, grande realização sumeriana, usada pelos sírios, hebreus e persas, surgiu ligada às necessidades de contabilização dos templos. Era uma escrita ideográfica, na qual o objeto representado expressava uma idéia. Os sumérios e, mais tarde os babilônicos e os assírios, que falavam acadiano fizeram uso extensivo da escrita cuneiforme.

15 Arquitetura –A arquitetura: a mais desenvolvida das artes, porém não era tão notável quanto a egípcia. Caracterizou-se pelo exibicionismo e pelo luxo. Construíram templos e palácios, que eram considerados cópias dos existentes nos céus, de tijolos, por ser escassa a pedra na região;. O zigurate, torre piramidial, de base retangular, composto de vários pisos superpostos, formadas por sucessivos andares, cada um menor que o anterior. Construção característica das cidades- estados sumerianos. Nas construções, empregavam argilas, ladrilhos e tijolos.

16 Fim


Carregar ppt "Grupo –Trabalho de história geral –João Magliano –Márcio Renato –Matheus Gomes –Maurício Manhães –Turma: 114."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google