A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fluidoterapia. APRESENTAÇÃO A medida em que a humanidade evolui, os véus do desconhecido vão se descortinando e o conhecimento das leis espirituais que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fluidoterapia. APRESENTAÇÃO A medida em que a humanidade evolui, os véus do desconhecido vão se descortinando e o conhecimento das leis espirituais que."— Transcrição da apresentação:

1 Fluidoterapia

2 APRESENTAÇÃO A medida em que a humanidade evolui, os véus do desconhecido vão se descortinando e o conhecimento das leis espirituais que antes era privilégio de poucos, vai sendo revelado abertamente aos pesquisadores isentos de preconceitos. Segundo eles, os fluidos terapêuticos são absorvidos pela criatura necessitada por intermédio dos centros vitais, ou chacras, localizados no perispírito, o qual age assemelhado a uma esponja, assim como permanecem na água magnetizada por essas mesmas energias. Assim, as curas promovidas por Jesus e terapeutas de todas as épocas ganham uma teoria plausível e demonstram que o Espiritismo não faz concorrência alguma com a Medicina dos homens.

3 O que é um fluido? Os elementos fluídicos do mundo espiritual escapam aos nossos instrumentos de análise e à percepção dos nossos sentidos, feitos para perceberem a matéria tangível e não a matéria etérea. É essencial esse estudo, porque nele está a chave de uma imensidade de fenômenos. Os fluidos espirituais, que constituem um dos estados do FCU ( Fluido Cósmico Universal), são, a bem dizer, a atmosfera dos seres espirituais, o elemento donde eles tiram os materiais sobre que operam. Os Espíritos atuam sobre os fluidos espirituais, não manipulando-os como os homens manipulam os gases, mas empregando o pensamento e a vontade. Para os Espíritos, o pensamento e a vontade são o que é a mão para o homem.

4 O que é Fluidoterapia? A fluidoterapia (do latim: fluidu + do grego: therapeía), como o próprio nome indica, é o tratamento feito com fluidos, ou seja, através dos passes e da água fluidificada. Os Espíritos superiores explicam que as mãos servem como instrumento para a transmissão do magnetismo humano que, com as energias distribuídas pelos Espíritos, constituem o passe espírita. O passe, pois, é um ato de amor na sua expressão mais sublimada. É uma doação ao paciente daquilo que o médium tem de melhor, enriquecido com os fluidos que o seu guia espiritual traz, e ambos, médium e Benfeitor espiritual, formando uma única vontade e expressando o mesmo sentimento de amor. O passe, por isso, traz benefício imediato, o doente, sentindo-se aliviado, mesmo por alguns momentos, terá condições de lutar por sua vez na parte que lhe compete no tratamento. A constância da aplicação da fluidoterapia, aos poucos, propiciará ao enfermo as energias de que carece e o alivio que tanto busca.

5 A história dos povos antigos encontra-se repleta de narrativas circunstanciadas, que mostram o profundo conhecimento dos antigos sacerdotes do magnetismo. Os magos da Caldéia, os brâmanes da Índia curavam pelo olhar. Ainda hoje, na Ásia, os faquires cultivam com êxito as práticas magnéticas. Os egípcios empregavam, no alívio dos sofrimentos, os passes e a imposição de mãos, como os executamos ainda hoje. Os romanos também tiveram templos onde se reconstituía a saúde por operações magnéticas. Na Gália, os druidas e as druidesas possuíam em alto grau a faculdade de curar, como o atestam muitos historiadores; sua medicina magnética tornou-se tão célebre que os vinham consultar de todas as partes do mundo. Na Idade Média, o magnetismo foi praticado, principalmente pelos sábios. Avicena, doutor famoso, que viveu em 980 a 1036, escreveu que a alma age não só sobre o corpo, senão ainda sobre corpos estranhos que pode influenciar, a distância. O passe através dos tempos · A cura de um leproso - Mat. - 8, 1 a 4; · Cura do criado do centurião - Mat. - 8, 5 a 13; · Cura da sogra de Pedro - Mat. - 8, 14 e 15; · Cura do paralítico em Cafarnaum - Mat. - 9, 1 a 8; · Os dez leprosos - Lucas - 17, 11 a 19; · O paralítico da piscina - João - 5, 1 a 17; · A mulher hemorroíssa - Marcos - 5, 25 a 34; · Pedro e João - Atos - 3, 1 a 11; · Ananias - Atos - 9, 10 a 17. No Novo Testamento

6 O FCU se condensa no perispírito e pode fornecer princípios reparadores ao corpo; o Espírito encarnado ou desencarnado é o agente propulsor que infiltra num corpo deteriorado uma parte da substância do seu envoltório fluídico. A cura se opera mediante a substituição de uma molécula doente por uma molécula sadia. O poder curativo estará, pois, na razão direta da pureza da substância inoculada; mas depende também da energia da vontade que, quanto maior for, tanto mais abundante emissão fluídica provocará e tanto maior força de penetração dará ao fluido. São extremamente variados os efeitos da ação fluídica sobre o doente. Algumas vezes é lenta e reclama tratamento prolongado, outras vezes é rápida, como uma corrente elétrica. A substância fluídica produz um efeito análogo ao da substância medicamentosa, com a diferença que, sendo maior a sua penetração, em razão da tenuidade de seus princípios constitutivos, age mais diretamente sobre as moléculas primeiras do organismo de que o podem fazer as moléculas mais grosseiras das substâncias materiais. Em segundo lugar a eficácia é mais geral, sem ser universal, porque suas qualidades são modificáveis pelo pensamento, ao passo que as da matéria são fixas e invariáveis e não se podem aplicar senão a casos determinados. Jesus curava pelo olhar; pelo suave magnetismo do Seu amor; pelo impulso da vontade; à distância; pela imposição das mãos... ele deixou- nos o exemplo. Como se explicam as curas

7 Chacras A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda, disco, centro, plexo. Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são os centros de força situados no duplo etérico e que têm como função principal a absorção de energia (prana) do meio-ambiente para o interior do campo energético e do corpo físico. Além disso, servem de ponte energética entre o corpo extrafísico (corpo astral, psicossoma) e o corpo físico. A Fluidoterapia atinge principalmente os Chacras. O médium pode atuar sobre a matéria elementar, do mesmo modo mudar-lhe as propriedades, dentro de certos limites. Assim se explica a faculdade de cura pelo contato e pela imposição das mãos, faculdade que algumas pessoas possuem em grau mais ou menos elevado. A ação fluídica se transmite de perispírito a perispírito, e deste ao corpo material. Os fluidos, obedecendo a uma poderosa vontade, a um ardente desejo de fazer o bem, penetram nos organismos debilitados e suas moléculas benéficas, substituem as que estão doentes, restituem gradualmente a saúde aos enfermos, o vigor aos valetudinários. DUPLO ETÉRICO CHACRAS

8 O fluido é o meio de uma influência mútua, entre os corpos celestes, a terra e os corpos animados. Deduziu que as moléstias são ou falta ou desequilíbrio na distribuição do magnetismo pelo corpo. No Espiritismo não existe o uso de pinças, agulhas, facas, nos trabalhos de cura, isto, porque, os fluidos são injetados pelas mãos do Médium. O Dr. Franz Anton Mesmer, (séc. XVIII) doutorado pela Universidade de Viena, escrevia: Primeiras descobertas do magnetismo humano

9 Uma característica do passe espírita é a sua gratuidade. Deus quer que a luz chegue a todos, não quer que o mais pobre fique dela privado. Jesus nos advertiu que não fizéssemos da mediunidade objeto de comércio, nem especulação, nem meio de vida: Restituí a saúde aos doentes, ressuscitai os mortos, curai os leprosos, expulsai os demônios. Dai gratuitamente o que gratuitamente haveis recebido. (Mat. 10:8). O médium deve manter um padrão superior de elevação mental contínua, condição indispensável à exteriorização das faculdades radiantes, ser humilde, cultivando sempre a idéia de que é um intermediário. É preciso que o médium considere a necessidade de sua elevação urgente para que suas obras também se elevem. É necessário que ele faça conquistas simples e imediatas dentro de si mesmo, equilibrando, antes de tudo o campo das emoções. A mágoa excessiva, a paixão desvairada, a inquietude obsidente, um sistema nervoso esgotado, constituem barreiras que impedem a passagem das energias que auxiliam. O excesso de alimentação, o fumo, o álcool e outras substâncias tóxicas, operam distúrbios nos centros nervosos, modificando certas funções psíquicas e anulando os melhores esforços na transmissão de elementos regeneradores e salutares. Ter grande domínio sobre si mesmo, espontâneo equilíbrio de sentimentos, acentuado amor aos semelhantes, alta compreensão da vida, fé vigorosa e profunda confiança no poder divino. A faculdade de curar pela imposição das mãos deriva evidentemente de uma força excepcional de expansão, mas diversas causas concorrem para aumentá-la, entre as quais são de colocar-se, na primeira linha: a pureza de sentimentos, o desinteresse, a benevolência, o desejo ardente de proporcionar alívio, a prece fervorosa e a confiança em Deus; numa palavra: todas as qualidades morais. Preparação dos médiuns

10 Horário: A pontualidade é fundamental em qualquer atividade humana. Os Espíritos encarregados dos trabalhos não esperam indefinidamente. Confiança: O passista que não confia no Alto, limita também, a sua capacidade receptiva. Aquele que possui fé verdadeira deposita mais confiança em Deus do que em si mesmo, por saber que é simples instrumento da vontade divina, nada pode sem Deus. Por essa razão é que os bons Espíritos lhe vêm em auxílio. Harmonia Interior: É imprescindível a um processo excelente de filtragem dos fluidos salutares. Quanto mais elevado moralmente o médium, melhor qualidade de pureza terão seus fluidos espirituais. Outros requisitos importantes para o médium passista

11 Normalmente uma mixagem do fluido cósmico universal FCU; com fluido do Espírito que interage no processo; e, com fluido animalizado do Médium é que regeneram as células lesionadas e não deixando desorganizar a estrutura do DNA. Exatamente esse fluido misto é que restaura, regenera os danos perispirituais e físicos. Ou seja, trata-se do perispírito e do corpo físico. Este processo de cura somente não funciona quando a doença for expiatória, pois foge aos padrões vibratórios que lhe são aplicadas. Geralmente os espíritos que participam dos tratamentos de cura, foram médicos na última encarnação, e continua sendo médico no além, agora, com o conhecimento da fisiologia da alma. O Fluido e o DNA Cadeia do DNA

12 A Fluidoterapia e a ciência Durante oito anos, a partir de 1984, o cientista japonês Dr. Masuro Emoto e sua equipe cristalizaram e fotografaram moléculas de água das mais variadas partes do mundo, retiradas de rios, de lagos, da chuva e da neve, e submetidas às vibrações de pensamentos, sentimentos, palavras, idéias e músicas, conseguindo registrar em imagens a reação dessas amostras a esses estímulos. Dessa forma, obtiveram desenhos magníficos, como que jóias esculpidas na estrutura molecular da água quando a amostra esteve exposta às palavras como "amor e gratidão", à vibração da palavra "obrigado" ou ao nome de alguém já falecido como Madre Teresa de Calcutá. Todavia, quando a vibração escolhida era desagregadora, a imagem mostrou-se disforme, não se formando os desenhos geométricos. Água do Dique Fijiwara antes depois de receber uma prece.

13 Fotos Kirlian Através das fotos Kirlian, podemos ter uma idéia bem clara de como o paciente chega a casa espírita doente, e depois do tratamento, com sua aura equilibrada. AURA DOENTE AURA EQUILIBRADA

14 ÁGUA FLUIDIFICADA A água fluidificada é um recurso freqüentemente utilizado em diversas casas espíritas para complementar o tratamento através dos passes. Embora muitos centros espíritas ofereçam um copinho de água ao público após o passe, a utilidade da água fluidificada se verifica em casos de maior necessidade onde, por exemplo, o assistido é incapaz de se manter em equilíbrio espiritual pelo tempo necessário até a próxima sessão de passes. Via de regra, as pessoas não precisam tomar água fluidificada, pois os fluidos recebidos através do passe e das vibrações, ou simplesmente pelo próprio fato de estarem presentes em um ambiente harmonioso, são suficientes para ajudá-las a se manterem em equilíbrio.

15 Água fluidificada - A água pode ser fluidificada de modo geral, em benefício de todos; todavia, pode sê-lo em caráter particular para determinado enfermo, e, neste caso, é conveniente que o uso seja pessoal e exclusivo. Considerando o problema dos méritos individuais, os recursos dos guias espirituais nessa esfera de ação podem independer da presença de médiuns curadores, bem como de reuniões especiais. Para o Espírito Bezerra de Menezes, "A água, em face da sua constituição molecular, é elemento que absorve e conduz a bioenergia que lhe é ministrada. Quando magnetizada e ingerida, produz efeitos orgânicos compatíveis com o fluido de que se faz portadora".MICHAELUS (1989) afirma que os efeitos produzidos pela água magnetizada são múltiplos, às vezes até absolutamente opostos; alternativamente tônica ou laxativa, a água magnetizada fecha ou abre as vias de eliminação, segundo as necessidades do organismo. Bezerra de Menezes

16 Preparação do paciente A preparação é muito importante para o recebimento dos fluidos. A abstenção de carnes, álcool, fumo, 24 horas antes da Fluidoterapia é muito importante, mas se fizer uso dessas substancias no dia, não comparecer ao tratamento. O sexo também deve ser evitado pelo mesmo período de tempo. Os pensamentos puros e a fé, fazem também com que o paciente fique mais receptível a energia emanada do alto e, durante a aplicação, fazer uma prece. Deve ainda procurar manter uma boa conduta moral, meditação e leituras de páginas evangélicas e doutrinárias. Cada paciente poderá trazer água em recipiente individual, para que possa ser fluidificada. Sugere-se vestimentas confortáveis, evitando aquelas que possam causar constrangimentos aos demais pacientes e médiuns.

17 O sucesso ou insucesso de um tratamento fluidoterápico depende do receptor e do doador, dois personagens que se interligam no mecanismo do passe. Na assistência magnética, os recursos espirituais se entrosam entre a emissão e a recepção, ajudando a criatura necessitada para que ela ajude a si mesma. Há criaturas que oferecem extraordinária receptividade aos fluidos magnéticos. São aquelas que possuem fé robusta e sincera, recolhimento e respeito ante o trabalho que se realiza em seu benefício. Na criatura de fé, no momento em que recebe o passe, a sua mente e o seu coração funcionam à maneira de imã poderoso, atraindo e aglutinando as forças curativas. Ao toque da energia emanante do passe, com a supervisão dos benfeitores desencarnados, o próprio enfermo, na pauta da confiança e do merecimento de que dá testemunho, emite ondas mentais características, assimilando os recursos vitais que recebe, retendo-os na própria constituição fisiopsicossomática, através das várias funções do sangue. O processo de socorro pelo passe é tanto mais eficiente quanto mais intensa se faça a adesão daquele que lhe recolhe os benefícios, de vez que a vontade do paciente, erguida ao limite máximo de aceitação, determina sobre si mesmo mais elevados potenciais de cura. Já com a pessoas descrente, irônica ou de coração endurecido, o fenômeno é naturalmente oposto. Ela repele os jorros de fluidos que são canalizados para o seu organismo. A eficácia do tratamento

18 Posição do paciente no tratamento fluidoterápico Normalmente o paciente entra na câmara de passe com varias macas e pouca luz, onde os médiuns encontram-se preparados para a aplicação do passe. O paciente pode ser coberto com um lençol branco, para que fique mais a vontade, ele não é tocado pelo médium, este, costuma usar um jaleco branco, como uma padronização. Ouvindo uma música bem suave, o ambiente é muito tranqüilo e após a aplicação, já se pode sentir uma leveza e um profundo bem estar.

19 Fonte de pesquisa. Allan Kardec - O LIVRO DOS MÉDIUNS, item 131. Léon Denis - DEPOIS DA MORTE, cap XVI Settings\Administrador\Desktop\Fluidoterapia\fluidoterapia.htm Bíblia Sagrada - Sbb - RC CVDEE – Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano Dez 2007

20


Carregar ppt "Fluidoterapia. APRESENTAÇÃO A medida em que a humanidade evolui, os véus do desconhecido vão se descortinando e o conhecimento das leis espirituais que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google