A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Proposta 2012 Algar Educa. Criação Consultoria O Algar Educa em 2012 É um programa de formação de educadores para a Educação Integral. Em 2011, ocorreu.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Proposta 2012 Algar Educa. Criação Consultoria O Algar Educa em 2012 É um programa de formação de educadores para a Educação Integral. Em 2011, ocorreu."— Transcrição da apresentação:

1 Proposta 2012 Algar Educa

2 Criação Consultoria O Algar Educa em 2012 É um programa de formação de educadores para a Educação Integral. Em 2011, ocorreu a primeira etapa, que consistiu na formação de gestores educacionais, com foco na gestão da aprendizagem. Em 2012, tem início a segunda etapa. Essa etapa terá a formação de gestores educacionais e de professores, em dois grupos de formação. A formação tem como tema a educação integral. Para tanto, partirá de uma reflexão sobre as contribuições da língua portuguesa no desenvolvimento humano.

3 Criação Consultoria Há previsão de que haja uma terceira etapa, a partir de Consistirá na síntese das etapas anteriores, para a construção de propostas de trabalho adequadas a cada município/região.

4 Criação Consultoria Participantes Dois educadores por escola e até dois técnicos de secretaria por município (SME/SRE). Há dois grupos na formação: O grupo de gestores formado pelos diretores de escolas, coordenadores pedagógicos e técnicos de secretaria/SRE (93 participantes). O grupo de professores: formado pelos professores participantes (40 participantes).

5 Criação Consultoria Esquema da formação 1º. Encontro de Formação Março (Educadores e Líderes ) 2º. Encontro de Formação Agosto (Educadores e Líderes) Formação a distância Setembro Outubro Seminário Final e Fórum Novembro Seminário Inicial Março Avaliação Inicial Abril Avaliação Final Novembro Diálogos Educacionais Maio

6 Criação Consultoria Calendário – Polo Sudeste Formação de Líderes20/03 Seminário Inicial20/03 Primeiro Encontro21 e 22/03 Entrega do Plano de Ação20/04 Avaliação Inicial (alunos)07 a 11/05 Envio das provas à Criação Consultoria14 a 18 de maio Entrega das notas do 1º Bimestre18/05 Diálogo Educacional11 a 15/06 1º semestre

7 Criação Consultoria Formação de Líderes21/08 Segundo Encontro21/22/23/08 Formação a distância10/09 a 19/10 Avaliação Final – prova (alunos)05 a 09/11 Fórum21/11 Seminário Final22/11 Envio das provas à Criação Consultoriaaté 23/11 Entrega das notas do 4º Bimestre14/12 Calendário – Polo Sudeste 2º semestre

8 Criação Consultoria O Conteúdo da Formação 1ª formação As dimensões do ensino da língua portuguesa e sua relação com o desenvolvimento humano 1ª formação As dimensões do ensino da língua portuguesa e sua relação com o desenvolvimento humano

9 Criação Consultoria Dimensões do Ensino da Língua Portuguesa Leitura Análise Lingüística Oralidade Escrita

10 Criação Consultoria 2ª formação Os fatores cognitivos do desenvolvimento humano (memória, atenção, percepção e imaginação), as dimensões do ensino da língua e sua relação com a educação integral 2ª formação Os fatores cognitivos do desenvolvimento humano (memória, atenção, percepção e imaginação), as dimensões do ensino da língua e sua relação com a educação integral

11 Criação Consultoria Percepção Atenção Imaginação Memória Fatores do Desenvolvimento Humano

12 Criação Consultoria O funcionamento da formação Em 2012, a participação no Algar Educa estará vinculada à presença do participante na Comunidade Virtual do programa. Essa comunidade funcionará como ferramenta de comunicação entre os participantes. Ela hospedará as tarefas decorrentes dos encontros de formação e um curso a distância (no segundo semestre). São condições de participação na comunidade: ter e- mail pessoal e declarar o número do CPF. Nesta formação retomaremos o tutorial explicativo do uso da comunidade.

13 Criação Consultoria A formação e suas tarefas O programa de formação do Algar Educa em 2012 propõe a realização pelos participantes de um plano de ação que se constituirá ao longo do ano com a realização de determinadas tarefas. Diferente de anos anteriores esse plano não será entregue previamente. O centro de interesse dessa ação está no ato de planejar e não na entrega de um documento. Sendo assim, pensamos a realização de 10 tarefas e mais duas opcionais que completam o percurso do projeto e de sua implantação nas escolas.

14 Criação Consultoria Finalidade do Plano: Implementar na escola as dimensões do ensino da língua portuguesa, atentando para sua articulação entre si e com os fatores do desenvolvimento humano. Responsáveis: Participantes do Programa Algar Educa e em casos necessários a indicação de um professor pelo gestor da escola. Duração: De março a novembro/2012 Estratégias: Observação e análise de aulas (se possível com gravação em vídeo); Análise de unidades de livros didáticos, Análise de projetos de leitura e escrita; Análise de módulos de aulas; Estudo individual e em pequeno grupo; Elaboração de registros individuais. O Plano de Ação e as suas tarefas (a implementação na escola)

15 Criação Consultoria GestorProfessor Tarefa 1 (março) Definir o professor e a classe. Explicar por escrito como você fez isso e por quê. Explicar por escrito os motivos pelos quais aceitou o convite para participar do programa. Tarefa 2 (abril) 1.Observar (se possível gravar em vídeo) uma aula do professor escolhido, analisando- a conforme o roteiro de análise - para verificar a presença e articulação das dimensões do ensino da língua; os modos organizativos de ensino; as expectativas de aprendizagem dos alunos; a sincronia entre a aula observada e a anterior e posterior a esta. 2.Compatibilizar a observação com um depoimento do professor. 3.Elaborar um registro síntese. 1.Realizar uma aula de língua portuguesa. 2.Analisar o relato de observação do diretor 3.Elaborar um registro/depoimento de sua própria aula.

16 Criação Consultoria DiretorProfessor Tarefa 3 (maio) Aplicar provas e coletar notas do 1º bimestre de língua portuguesa dos alunos envolvidos no plano Enviar documentos de avaliação inicial para a Criação Consultoria Tarefa 4 (maio) 1.Analisar uma unidade do livro didático, ou o que o substitui, conforme roteiro elaborado para verificar a presença e articulação as dimensões do ensino da língua portuguesa privilegiadas, as relações com os fatores cognitivos do desenvolvimento humano e com os modos organizativos do ensino. 2.Indicar, se necessário, intervenções. 3. Elaborar síntese conclusiva

17 Criação Consultoria GestorProfessor Tarefa 5 (junho) 1.Analisar uma um projeto de leitura e escrita, conforme roteiro elaborado para verificar a presença e articulação das dimensões do ensino da língua portuguesa privilegiadas, as relações com os fatores cognitivos do desenvolvimento humano e com os modos organizativos do ensino. 2.Indicar, se necessário, intervenções. 3. Elaborar síntese conclusiva Tarefa 6 (junho) 1.Participar opcionalmente de evento Diálogos Educacionais com tema: Todos podem aprender a ler e a escrever e subsídio de discussão conforme Folha Tarefa 1. 2.Elaborar síntese conclusiva e enviar para a técnica de secretaria/SRE

18 Criação Consultoria GestorProfessor Tarefa 7 (agosto) Tarefa 8 (setembro) Tarefa 9 (outubro) 1.Observar e analisar uma aula (se possível gravar em vídeo) do professor escolhido, conforme o roteiro, para verificar a presença e articulação:das dimensões do ensino da língua; dos modos organizativos de ensino; dos fatores cognitivos do desenvolvimento humano; as expectativas de aprendizagem dos alunos; a sincronia entre a aula observada e a anterior e posterior a esta. 2.Compatibilizar a observação com um depoimento do professor. 3.Elaborar um registro síntese. 1.Realizar aulas de língua portuguesa com base nas propostas do Programa 2.Analisar o relato de observação de aula do diretor 3.Elaborar um registro/depoimento de sua própria aula.

19 Criação Consultoria DiretorProfessor Tarefa 10 (setembro/ outubro Participar opcionalmente de curso a distância oferecido pela comunidade virtual Tarefa 11 (novembro) Elaborar registro conclusivo destacando eventuais resultados obtidos. Tarefa 12 (novembro e dezembro) Aplicar provas e coletar notas do 1º bimestre de língua portuguesa dos alunos envolvidos no plano Enviar documentos de avaliação inicial para a Criação Consultoria

20 Criação Consultoria Tarefa opcional Diálogos Educacionais (junho) 4 horas Diálogos Educacionais (junho) 4 horas Vídeo 1: Todos podem aprender a ler e a escrever – Programa 1 – LER – (9 min) – Vídeo 2: Todos podem aprender a ler e a escrever – Programa 2 – ESCREVER – (15 min) – Vídeo 3: Todos podem aprender a ler e a escrever – Programa 3 – MEMÓRIA – (11 min) – Vídeo 4: Todos podem aprender a ler e a escrever – Programa 6 – ENSINAR A LER E A ESCREVER – (7 min) –

21 Criação Consultoria Tarefa Opcional Curso a distância (setembro/outubro) 96 horas Esse curso ficará disponível na Comunidade Virtual do programa. Os educadores não participantes terão acesso às atividades sugeridas no curso.

22 Criação Consultoria Curso a Distância: conteúdos Semana 1 (professor e diretor) - setembro A leitura e a imaginação: como eu me tornei um leitor Semana 1 (professor e diretor) - setembro A leitura e a imaginação: como eu me tornei um leitor Semana 2 (professor e diretor) - setembro A escrita e a memória: a constituição do aluno escritor" Semana 2 (professor e diretor) - setembro A escrita e a memória: a constituição do aluno escritor" Semana 3 (professor e diretor) - outubro A oralidade e a atenção:a noção de padrões e protocolos Semana 3 (professor e diretor) - outubro A oralidade e a atenção:a noção de padrões e protocolos Semana 4 (professor e diretor) - outubro A reflexão sobre a língua e a percepção: as categorias de tempo e espaço Semana 4 (professor e diretor) - outubro A reflexão sobre a língua e a percepção: as categorias de tempo e espaço

23 Criação Consultoria Tarefas do 1º e 2º semestres - Técnicos 1º semestre Técnicos de Secretaria – Assessoria aos gestores, controles de freqüências e de execução de tarefas, Diálogos Educacionais – 100 horas 1º semestre Técnicos de Secretaria – Assessoria aos gestores, controles de freqüências e de execução de tarefas, Diálogos Educacionais – 100 horas 2º semestre Técnicos de Secretaria – Assessoria aos gestores, controles de frequências e de execução de tarefas, participação no curso a distância – 100 horas 2º semestre Técnicos de Secretaria – Assessoria aos gestores, controles de frequências e de execução de tarefas, participação no curso a distância – 100 horas

24 Criação Consultoria Outras formas de comunicação Acesso: Programas Sociais Algar Educa

25 Criação Consultoria Responsáveis pelo Blog nas cidades CriaçãoFabiana Ferreira Araguari Araxá Divinópolis FrancaFabiana (EMEB Hélio Paulino) ItuiutabaAbgail ItumbiaraTatiana (EM Juca Andrade) Pará de MinasVânia Lemos/Walquíria Paiva Patos de MinasFabiana Farreira Patrocínio São José do Rio PretoOsvaldo UberabaMaria Cristina/ Henrique UberlândiaRegina e Cláudia

26 Criação Consultoria (11) (34) Fones

27 Criação Consultoria Certificação dos participantes Ao final do programa de formação, o IAR expedirá certificado aos participantes, onde constará: A carga horária decorrente de: participação nos encontros presenciais, seminários e fórum; execução de tarefas; Participação nos Diálogos Educacionais Participação no curso a distância. O programa da formação A critério da Secretaria/Superintendência, a certificação obtida pelos participantes que cumprirem a totalidade de horas previstas (266 ou 366 horas) poderá ser validada para efeitos funcionais.

28 Criação Consultoria Horas de participação Gestores e Professores Técnicos de Secretaria EventoCarga horária Seminário inicial4 horas Encontros de formação 36 horas Seminário final e Fórum 8 horas Tarefas100 horas Estudos18 horas Diálogos04 horas Curso a distância 96 horas Total266 horas EventoCarga horária Seminário inicial4 horas Encontros de formação 36 horas Seminário final e Fórum 8 horas Tarefas200 horas Estudos18 horas Diálogos04 horas Curso a distância 96 horas Total366 horas

29 Criação Consultoria Formação dos líderes Dois encontros de formação presencial centralizados em Uberlândia com a finalidade de dar continuidade à formação dos Clubes de Leitura e correspondência. Os líderes sociais do Maranhão serão atendidos durante os encontros de formação de suas próprias cidades, em horários previamente combinados. Os líderes atuarão nas escolas parceiras do Algar Educa, não necessariamente nas classes integrantes do programa – 21 líderes sociais, 21 classes e em torno de 735 alunos. Os alunos envolvidos nesse atendimento serão avaliados pela mesma prova do Educa.

30 Criação Consultoria Plano de trabalho dos líderes (ações básicas dos clubes – Proposta de agenda de ações Primeiro semestre – Clube de Leitura Segundo semestre – Clube de Correspondência MarçoLançamento do Clube AgostoLançamento do Clube e Carta convite AbrilOficina 1(*)Setembro1ª troca de carta MaioOficina 2Outubro2ª troca de cartas JunhoOficina 3 e Encerramento do clube Novembro3ª troca de cartas e evento de encerramento do clube (*) Escolha da oficina a critério do comitê e da escola. Escolha das turmas: preferencialmente 4º ou 5º ano. Ações realizadas a mais são consideradas resultados não esperados e poderão ser noticiadas no acompanhamento.

31 Criação Consultoria Avaliação da formação e seus impactos - alguns indicadores Da formação: – A presença nos eventos de formação, nos diálogos educacionais e no curso a distância. – E a realização das demais tarefas decorrentes da formação. Dos impactos da formação: – Avaliação dos alunos envolvidos no plano da escola, aferido pelas notas obtidas em língua portuguesa no primeiro e no quarto bimestres/2012 e por provas realizadas no início e no fim do ano letivo.

32 Criação Consultoria Avaliação dos alunos - Notas Cada escola enviará notas de uma única turma. As notas consideradas serão apenas as obtidas pelos alunos em língua portuguesa no primeiro e no último bimestre/2012. Essa turma será necessariamente integrante do plano de ação. Quando o professor está incluído no programa de formação é a sua classe que será avaliada por notas e por provas. Orientações gerais

33 Criação Consultoria Preencher a planilha corretamente: nome da escola e do professor e da série (estes deverão os mesmos dados da classe do plano de ação). indicar o nome completo dos alunos. explicar o critério de avaliação adotado. o que significam as notas ou os conceitos. o valor/conceito mínimo e o máximo que podem ser obtidos pelos alunos no primeiro e no último bimestre. o valor/conceito a partir do qual os alunos são considerados aprovados. Observar o calendário de entrega das notas. Alguns cuidados Alguns cuidados:

34 Criação Consultoria As notas/conceitos enviados serão normatizadas numa única escala, para efeito de se poder expressar resultados gerais do Programa: A normatização proposta respeitará três intervalos avaliativos, da seguinte forma: de 0 a 59 – reúne as notas de todos os alunos que se encontram ABAIXO do nível mínimo definido de resultado esperado. Esse é o patamar no qual se decide pela reprovação dos alunos, nas redes em que há reprovação. de 60 a 79 – reúne as notas dos alunos que se encontram no patamar médio mínimo de resultado esperado. de 80 a 100 – reúne as notas dos alunos que se encontram ACIMA do patamar médio mínimo de resultado esperado. Normatização das notas

35 Criação Consultoria Avaliação dos alunos - Provas As provas conterão 10 questões, cujo conteúdo deve incidir sobre as dimensões do ensino da língua portuguesa, considerando os eixos já trabalhados em 2011: USO (leitura, escrita, oralidade) e REFLEXÃO (práticas de análise de textos). Cada questão valerá 1 ponto. O resultado consistirá numa nota de 0 a 10. Para efeito da comparação do início com o fim do ano, far-se-á o cálculo da média dos alunos de cada classe. Isso possibilitará comparar os resultados, por séries e por cidades.

36 Criação Consultoria Por uniformidade, a prova será calibrada para a média ser classificada em três faixas (como em 2011): Média de 0 a 59 – abaixo do patamar mínimo de resultado Média entre 60 e 79 – dentro do patamar mínimo de resultado Média entre 80 e 100 – acima do patamar mínimo de resultado.

37 Criação Consultoria O processo de aplicação 1.Elaboração das provas / Criação Consultoria – as provas serão elaboradas por séries, totalizando (no máximo) nove provas diferentes. 2.Os procedimentos : A Criação envia para os líderes sociais as matrizes das provas, organizadas por cidade e escola. Os líderes reproduzem as provas e as distribuem nas escolas, com a ajuda dos técnicos de secretaria. As escolas recebem as provas e os professores aplicam com os alunos.

38 Criação Consultoria Terminada a aplicação, os técnicos recolhem as provas nas escolas e as enviam ao líder social. O líder social encaminha-as para a Criação Consultoria. A Criação dá início ao processo de correção e levantamento dos dados para o relatório. Terminado o relatório, este é encaminhado ao IAR para divulgação aos participantes. O processo se repete no fim do ano, com a avaliação final.

39 Criação Consultoria 3. Documentos a serem produzidos e entregues Instruções para aplicação das provas (escolas) Planilha com relação das classes por cidade (para líderes de comitê e técnicos de secretaria) Planilha de controle de freqüência dos alunos (para as escolas) Provas (iniciais e finais) Relatórios de resultados

40 Criação Consultoria Bibliografia Básica

41 Criação Consultoria Professora Irandé Antunes

42 Criação Consultoria Professora Elvira Souza Lima

43 Criação Consultoria Professora Suzana Herculano-Houzel

44 Criação Consultoria Professor J. Gimeno Sacristan Professor A.I. Perez Gomez

45 Criação Consultoria Consultores Professora Délia Lerner - Cesar Coll

46 Criação Consultoria Algar Educa Assessoria Educacional Criação Consultoria Av. Santo Amaro, 1817, sala 75 São Paulo - SP (11) (34)


Carregar ppt "Proposta 2012 Algar Educa. Criação Consultoria O Algar Educa em 2012 É um programa de formação de educadores para a Educação Integral. Em 2011, ocorreu."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google