A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LABORATÓRIO DE ECOTOXICOLOGIA VALDEMAR L. TORNISIELO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LABORATÓRIO DE ECOTOXICOLOGIA VALDEMAR L. TORNISIELO."— Transcrição da apresentação:

1 LABORATÓRIO DE ECOTOXICOLOGIA VALDEMAR L. TORNISIELO

2 DEGRADACAO DE AGROTOXICOS

3 PROCESSOS DE TRANSFORMAÇÕES DE AGROTÓXICOS NO AMBIENTE

4 DISSIPAÇÃO A DISSIPAÇÃO DE UM AGROTOXICO DIZ RESPEITO AO DESAPARECIMENTO DO PRODUTO NO AMBIENTE. OS PRINCIPAIS PROCESSOS DA DISSIPAÇÃO DE MANEIRA GERAL SÃO DEGRADAÇÃO, SORÇÃO E LIXIVIAÇÃO; PARA ALGUNS AGROTÓXICOS A SORÇÃO OU A VOLATILIZAÇÃO PODEM SER OS PROCESSOS MAIS IMPORTANTES.

5 DEFINIÇÕES: DEGRADAÇÃO É O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE UMA MOLÉCULA EM OUTRA. (AS VEZES TÃO TÓXICA QUANTO)

6 DEFINIÇÕES: BIODEGRADAÇÃO É O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE UMA MOLÉCULA EM OUTRA POR AÇÃO BIOLÓGICA.

7 MINERALIZAÇÃO É O PROCESSO FINAL DA DEGRADAÇÃO, ONDE AS MOLÉCULAS SÃO TRANSFORMADAS EM CO2, MINERAIS E ÁGUA.

8 RESÍDUOS LIGADOS É A QUANTIDADE DE MOLÉCULA E OU SEUS METABÓLITOS, QUE FICA RETIDA NA MATRIZ, (SOLO, SEDIMENTO, TECIDO VEGETAL OU ANIMAL (MICRORG.)) APÓS O USO DE EXTRATORES FORTES.

9 DEGRADAÇÃO QUÍMICA HIDRÓLISE OXIDAÇÃO DEGRADAÇÃO FÍSICA FOTOQUÍMICA OU FOTÓLISE

10 BIODEGRADAÇÃO OU DEGRAD.BIOLÓGICA PLANTAS ANIMAIS MICRORGANISMOS: AERÓBICOS E ANAERÓBICOS FUNGOS BACTÉRIAS E LEVEDURAS.

11 METABOLISMO PODE SER DIRETO E INDIRETO: DIRETO A MOLÉCULA SERVE COMO FONTE DE ENERGIA.

12 METABOLISMO PODE SER DIRETO E INDIRETO:

13 METABOLISMO PODE SER DIRETO E INDIRETO: INDIRETO (COMETABOLISMO) A FONTE PRINCIPAL DE ENERGIA NÃO É A MOLÉCULA.

14 FATORES QUE AFETAM A DEGRADABILIDADE PROPRIEDADES DOS AGROTÓXICOS: REATIVIDADE ESTÁ RELACIONADA COM AS CARACTERÍSTICAS IÔNICAS DA MOLÉCULA COMO pH. SOLUBILIDADE QUANTO MAIOR A SOLUBILIDADE MAIOR A BIODISPONIBILIDADE

15 pH OS AGROTÓXICOS CATIONICOS PARAQUAT, DIQUAT, REAGEM RAPIDAMENTE COM AS CARGAS NEGATIVAS, FICANDO INDISPONÍVEIS PARA DEGRADAÇÃO. SOLOS ALCALINOS A DEGRADAÇÃO É MAIOR. SOLOS ÁCIDOS RESULTA EM MENOR DEGRADAÇÃO. pH EXTREMOS MUITO ALTO OU BAIXO PODE RESULTAR EM INSTABILIDADE DA MOLÉCULA.

16 MINERAIS DE ARGILA ÓXIDOS DE FERRO E ALUMÍNIO GLIFOSATO, FORMA PRECIPITADO INSOLÚVEL

17 MATÉRIA ORGÂNICA ACIDO FULVICO – SOLÚVEL EM ÁGUA ACIDO HÚMICO – INSOLÚVEL EM ÁGUA, SOLÚVEL EM BASES. HUMINA – INSOLÚVEL EM ÁGUA, ÀCIDOS OU BASES ESTÁ DIRETAMENTE RELACIONADA COM A BIODISPONIBILIDADE DOS AGROTÓXICOS NO SOLO. QUANTO MAIOR O TEOR DE M.O. NO SOLO MAIOR A ATIVIDADE MICROBIANA; PORTANTO MAIOR O POTENCIAL DE DEGRADAÇÃO.

18 SORÇÃO

19 TEMPERATURA

20 EFEITOS DA UMIDADE DO SOLO QUANTO MAIOR A UMIDADE: MENOR A SORÇÃO MAIOR A DEGRADAÇÃO MAIOR A LIXIVIAÇÃO MAIOR A VOLATILIZAÇÃO MENOR A FORMAÇÃO DE RESÍDUOS LIGADOS.

21 QUANTO MENOR UMIDADE: MAIOR A SORÇÃO MENOR A DEGRADAÇÃO MENOR A LIXIVIAÇÃO MENOR A VOLATILIZAÇÃO MAIOR A FORMAÇÃO DE RESÍDUOS LIGADOS.

22 Teste: Biodegradabilidade em Solos Coleta do solo Peneiragem e armazenamento do solo em geladeira Determ. da umidade e capacidade de campo do solo Semanalmente: troca de NaOH Incubação dos frascos Preparo dos frascos de Bartha: Solo + água e NaOH 0,2N Períodos de incubação: 0,7,14,28,42,56 e 70 dias: extração do solo, concentração do extrato e aplicação em placas de TLC e oxidação do solo

23


Carregar ppt "LABORATÓRIO DE ECOTOXICOLOGIA VALDEMAR L. TORNISIELO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google