A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEN0146- Biosfera e Mudanças Globais Amazônia Ariane F. D. da Silveira Guilherme Vidal Leonardo F. de Oliveira Murilo Trevisan.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEN0146- Biosfera e Mudanças Globais Amazônia Ariane F. D. da Silveira Guilherme Vidal Leonardo F. de Oliveira Murilo Trevisan."— Transcrição da apresentação:

1 CEN0146- Biosfera e Mudanças Globais Amazônia Ariane F. D. da Silveira Guilherme Vidal Leonardo F. de Oliveira Murilo Trevisan

2 A Amazônia é a maior reserva de biodiversidade do mundo, são 6,9 milhões de quilômetros quadrados. Está presente em nove países: Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Ocupa 49,29% do território brasileiro.

3 Recursos hídricos O bioma é marcado pela bacia amazônica, que escoa 20% do volume de água doce do mundo. No território brasileiro, encontram- se 60% da bacia.

4 Vegetação A vegetação amazônica divide-se em três categorias: Matas de terra firme são aquelas que estão em regiões mais altas e por isso são inundadas pelos rios. Nelas estão árvores de grande porte. Matas de várzea são as que sofrem inundação em determinados períodos do ano. Na parte mais elevada desse tipo de mata o tempo de inundação é mais curto e a vegetação é parecida com a das matas de terra firme. Nas regiões planas, que permanecem inundadas por mais tempo, a vegetação é semelhante a das matas de igapó. Matas de igapó são aquelas situadas em terrenos mais baixos. Estão quase sempre inundadas. Nelas a vegetação é baixa, sendo comuns arbustos, cipós e musgos.

5 Biodiversidade Estima-se: mais de 50% de todas as espécies vivas do Brasil; aproximadamente 500 espécies de mamíferos e 500 de anfíbios; 40 mil espécies vasculares de plantas, das 30 mil são endêmicas à região; mais de mil espécies de aves; cerca de 3000 espécies de peixes; 14 gêneros de primatas, dos quais 5 ocorrem exclusivamente nesta região.

6

7 Amazônia Legal

8 Principais razões para o mundo todo preservá-la ciclo do carbono bilhões de toneladas no mundo sendo 70 bi pela vegetação da amazonia.

9 Biodiversidade Rio Negro possui mais água do que toda a água doce da Europa. A salinidade do mar é mais baixa do que o normal até 150 Km mar adentro.

10 Al Gore (1989): "Ao contrário do que os brasileiros pensam, a Amazônia não é deles, mas de todos nós". François Mitterrand (1989): "O Brasil precisa aceitar uma soberania relativa sobre a Amazônia". Mikhail Gorbachev (1992): "O Brasil deve delegar parte de seus direitos sobre a Amazônia aos organismos internacionais competentes". John Major (1992): "As nações desenvolvidas devem estender o domínio da lei ao que é comum de todos no mundo. As campanhas ecológicas internacionais que visam à limitação das soberanias nacionais sobre a região amazônica estão deixando a fase propagandística para dar início a uma fase operativa, que pode, definitivamente, ensejar intervenções militares diretas sobre a região". Henry Kissinger (1994): "Os países industrializados não poderão viver da maneira como existiram até hoje se não tiverem à sua disposição os recursos naturais não renováveis do planeta. Terão que montar um sistema de pressões e constrangimentos garantidores da consecução de seus intentos". Internacionalização da floresta Amazônica ONGs ambientalistas estrangeiras

11 A importância da Amazônia se confunde com a própria importância do mundo em que vivemos

12 Problemas sociais Renda Educação Saúde Conflito de terras

13 Atividades que causam impactos ambientais na Amazônia: Desmatamento -Poluição atmosférica - -Assoreamento dos rios -Destruição de habitats

14 Garimpo -Contaminação dos rios com metais pesados -Assoreamento dos rios

15 Despejo de esgoto doméstico e industriais não tratado

16 Hidrelétricas -Alteração da paisagem -Mudança climática -Destruição de habitats

17 Caça, pesca predatória ilegal e trafico de animais silvestres -Extinção

18 Agricultura e Poluição Atmosférica A agricultura familiar tem contribuído, em termo de Amazônia, com 35 a 40% da terra desmatada e a pecuária extensiva com 50% (Serrão et ai. 1998); Prática de derruba e queima;

19 Perdas e Poluição Atmosférica Os resultados mostram que, com a queima da biomassa da capoeira há perdas de nutrientes de 94 a 98% para o C, 95-98% N % P % K, 9-48% Ca, 17-40% Mg, 67-76% S. As perdas pela colheita através da exportação de nutrientes pela produção (grãos e tubérculos) foram de K e P, enquanto que, as maiores perdas de N, 5, Ca, Mg foram eausadas pela transferência à atmosfera durante a queima (volatilização e transporte pela cinza). Balanço negativo para o ciclo de pousio/cultivo (Holscher et al., 1 997a);

20 Efeito sobre a saúde Um incremento de 10 µg/m3 nos níveis de exposição ao material particulado esteve associado a aumentos de 2,9 e 2,6% nos atendimentos ambulatoriais por doenças respiratórias de crianças no 6º e 7odias subsequentes à exposição. Não foram encontradas associações significativas nos atendimentos de idosos.

21 Ecoturismo: o homem em contato com a natureza Empregos Preservação Desenvolvimento sustentável

22 &script=sci_arttext &script=sci_arttext do-mundo-apela-por-preservacao/ do-mundo-apela-por-preservacao/ conceito.html conceito.html Carmo CN, Hacon S, Longo KM, Freitas S, Ignotti E, Ponce de Leon A, et al. Associação entre material particulado de queimadas e doenças respiratórias na região sul da Amazônia brasileira. Rev Panam Salud Publica. 2010;27(1):10–6.


Carregar ppt "CEN0146- Biosfera e Mudanças Globais Amazônia Ariane F. D. da Silveira Guilherme Vidal Leonardo F. de Oliveira Murilo Trevisan."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google