A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTRUTIOCULTURA. Origem Origem Egípcia - África Espécie - Struthio Camelus Ave de planície e prados áridos (grande adaptação)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTRUTIOCULTURA. Origem Origem Egípcia - África Espécie - Struthio Camelus Ave de planície e prados áridos (grande adaptação)"— Transcrição da apresentação:

1 ESTRUTIOCULTURA

2 Origem Origem Egípcia - África Espécie - Struthio Camelus Ave de planície e prados áridos (grande adaptação)

3 Origem Grupo das ratitas (Ratitae) - Avestruz (Struthio) - Ema (Rhea) - Casuar (Casuarius) - Emu (Dromaius) - Kiwi (Apteryx)

4 Características Pés com apenas dois dedos sendo um com unha Pernas longas e fortes Olhos grandes Não possuem cordas vocais Não possuem papo e sim um proventrículo grande Possuem dimorfismo sexual (18 meses)

5

6 Características Idade: - 60 à 70 anos Hábitos - Diurnos, maior parte do dia ficam em pé - Noite permanecem inativas e sentadas

7 Características Altura - Machos de 2,0 a 3,0 metros - Fêmeas de 1,7 a 2,5 metros Peso - Varia de 120 à 200 kg para machos - 90 à 150 kg para fêmeas Meses de reprodução - Julho a dezembro

8 Características Quantidade Média de Crias - 30/ano Idade Média de Abate - 13 meses Produção de Plumas -1,20 kg / ano Carne - 35 / 40 kg de carne limpa c/ 12 meses

9 Raças Blue Neck - Pescoço Azul - Porte maior

10 Red Neck - Pescoço Vermelho - Bastante Agressiva Raças

11 African Black ou Black Neck - Hibrido - Porte menor - Alta produção de plumas de boa qualidade - Mais dócil

12 Sistema Criatório Portaria nº 36, de 15 de março de 2002: considera o Avestruz como espécie doméstica no Brasil, ficando sob os cuidados do MAPA

13 Sistema de Criatório Regulada pela Instrução Normativa Conjunta nº 2 de 21 de fevereiro de 2003, que aprova o Regulamento Técnico para Registro, Fiscalização e Controle Sanitário dos Estabelecimentos de Incubação, de Criação e Alojamento de Ratitas. (Fonte: MAPA)

14 Setores da Estrutiocultura Setor de Reprodução: - Piquetes de reprodução - Casais e Trios Piquetes de 700 a m² - Colônias Mínimo de 350 m² por ave

15

16 Setores da Estrutiocultura Setor de Incubação: - Dimensionado de acordo com o número de fêmeas reprodutoras. - Sala de recepção, - Sala de cadastramento e desinfecção dos ovos - Sala de estocagem dos ovos, - Sala com as máquinas incubadoras - Sala de máquinas nascedouras - Sala de maternidade para os filhotes recém nascidos

17

18 Setores da Estrutiocultura Setor de Cria: - As aves são soltas em dias de sol - Presas a noite e em dias de chuva - Fase mais crítica da criação

19

20 Setores da Estrutiocultura Setor de Recria/Engorda: - Após os dias vão piquetes de recria/engorda. - Tamanho 1,00 - 1,20 m - Peso 25 kg. - Mínimo 200 m² por ave, - Cochos de alimentação em abundância

21

22 Criação no Brasil Muito recente Iniciou-se no ano de 1996, com cerca de 200 aves. Fundada a ACAB – Associação dos Criadores de Avestruzes do Brasil Em 2006, 10 anos após a introdução da atividade no Brasil, o plantel já era de 530 mil animais, sendo o 2º maior produtor de avestruz.

23 Principais Produtos Carne: - Cor Avermelhada - Textura, sabor semelhantes ao de bovinos - Baixos teores de colesterol e gorduras - Mais nutritiva que outras carnes vermelhas - Fornece entre 34 a 41 Kg de carne

24 EspécieCaloria (kcal) Proteína (%) Lipídeo (%) Colesterol mg/100g Avestruz100191,922,9 Boi Frango Porco Peru Pato Fonte: Struhthio & Cultura, 2003 Quadro 1: Informações nutricionais da carne Avestro de Avestruz e a comparação com a carne de outros animais

25 Principais Produtos Plumas: - As penas estão maduras para coleta aos 8 meses - 3 produções a cada 2 anos - Na retirada, deve-se deixar uma camada de penas na parte superior do animal para evitar queimaduras de sol

26 Principais Produtos Carne: - De 3 a 12 anos de idade melhores plumas - Penas longas, largas e completamente simétricas

27 Principais Produtos Couro: - Só cabeça, dedos dos pés e ponta das asas não é aproveitado - Produz de 0,9 a 1,1 m² de couro - É resistente, macio, fácil de extrair e de tingir, e possui marcas características do implante das penas, o que é muito valorizado.

28

29 Consideração Final A estrutiocultura é o agronegócio mais lucrativo no momento. A procura pelos produtos deste animal (carne, couro e plumas), cresce a cada dia no mercado mundial e a atual produção está longe de atender à demanda.

30 MUITO OBRIGADA!


Carregar ppt "ESTRUTIOCULTURA. Origem Origem Egípcia - África Espécie - Struthio Camelus Ave de planície e prados áridos (grande adaptação)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google