A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Calagem, Adubação e Nutrição da Cultura da Goiabeira William Natale Professor Adjunto Departamento de Solos e Adubos UNIVERSIDADE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Calagem, Adubação e Nutrição da Cultura da Goiabeira William Natale Professor Adjunto Departamento de Solos e Adubos UNIVERSIDADE."— Transcrição da apresentação:

1 Calagem, Adubação e Nutrição da Cultura da Goiabeira William Natale Professor Adjunto Departamento de Solos e Adubos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus Jaboticabal

2 Importância da Fruticultura Perspectivas: Mercados em expansão Brasil: Produção Mundial & Exportações Diversificação

3 Introdução Importância econômica e alimentar Expansão no Brasil Dados estatísticos

4 Potencial da Goiabeira Produção Mundial Produção Brasileira Importância da Goiabeira

5 Expansão dos Plantios Cultivares altamente produtivas Pesquisas a partir de 1989 Software para recomendação de calagem e adubação

6 Análise de solo Disponibilidade de nutrientes Correção de deficiências Importância para frutíferas Isoladamente, pouco eficaz

7 Amostragem A amostra de solo é o resultado da mistura de várias subamostras, que se tomam em várias partes de um terreno, até cobrir toda a área a ser avaliada.

8

9 Implantação do Pomar 15 a 20 subamostras por área homogênea Importância da amostra bem coletada Antecedência Perenes: 0-20 e cm

10

11

12

13 Pomares Implantados Agrupar por: Idade Cultivar Produtividade Áreas Homogêneas

14 Pomares Implantados Amostragem na Faixa Adubada Época: Final da Safra Entrelinha à cada 3-4 anos

15

16

17 Utilização de resultados da análise de solo Dificuldade de interpretação Formulas inadequadas Software

18 Análise de Folhas Importância para Perenes Relação Solo x Folha x Produção

19 Amostragem de Folhas Agrupar por: Idade Cultivar Produtividade Tratos Culturais Área Homogênea

20 Amostragem para Goiabeira Época: Pleno Florescimento Coletar: 3º par de folhas, recém maduras, com pecíolo

21

22 Amostragem para Goiabeira 4 pares de folhas por planta 25 plantas por talhão Cerca de 1,5 m do solo

23

24 Coletar Folhas: Não Danificadas No mínimo, 30 dias após a última pulverização Enviar rapidamente para análise

25 ou (%) x 10 ou ppm

26

27 CALAGEM A calagem tem basicamente dois objetivos: Melhorar as condições do ambiente radicular das plantas. Fornecer Ca e Mg.

28

29 IMPLANTAÇÃO DO POMAR Maior antecedência ao plantio Camada adensada Aplicar uniformemente em área total e incorporar fundo

30 Incorporação Arado de aiveca e grade aradora

31 ½ Dose antes da aração

32 Aração com arado de aiveca

33 Arado de aiveca

34 ½ Dose antes da gradagem

35 Gradagem

36

37 Implantação Aplicação até 4 t.ha -1 Distribuição Gradagem Aração Gradagem Aplicação acima de 4 t.ha -1 Metade da dose Arar e Gradear Outra metade Arar e Gradear

38 Aplicação em área total É preferível não incorporar ou fazê-lo apenas na entrelinha Doses anuais de calcário bons resultados POMARES IMPLANTADOS

39 ADUBAÇÃO DE PLANTIO Fósforo depende da análise de solo Covas: 60 x 60 x 60 cm litros de esterco

40

41

42

43

44

45

46 Plantio Sulcação

47 ADUBAÇÃO DE FORMAÇÃO Realizada do pegamento até 3 anos de idade Fósforo e Potássio dependem da análise de solo

48

49 ADUBAÇÃO DE FORMAÇÃO

50 ADUBAÇÃO DE PRODUÇÃO A partir do 3º ano Produção plena Baseada nas análises de solo e folhas

51 ADUBAÇÃO DE PRODUÇÃO Visa ao atendimento das exigências nutricionais da cultura tanto para a manutenção como para a exportação de elementos pelos frutos e qualidade.

52 AS DOSES DE ADUBO DEPENDEM: Características do pomar Manejo da área Expectativa de produção

53 AS DOSES RECOMENDADAS CONSIDERAM: Adubação equilibrada Máxima produtividade Dose mais econômica de adubo

54

55 ÉPOCA E PARCELAMENTO DAS ADUBAÇÕES

56

57

58 ADUBAÇÃO ORGÂNICA ANUAL Benéfica, especialmente em solos arenosos 25 Litros de esterco.planta -1

59 ADUBAÇÃO COM MICRONUTRIENTES Duas pulverizações por ano Uma no início da primavera Outra após o florescimento Aproveitar os tratos fitossanitários

60

61 FOTOS DO DESENVOLVIMENTO DOS POMARES Plantio, coroamento e irrigação Pegamento das fruteiras (3 mês após o plantio)

62 Fruteiras aos 6 meses após o plantio

63 Fruteiras aos 12 meses após o plantio

64 Fruteiras aos 18 meses após o plantio

65 Fruteiras aos 24 meses após o plantio

66 Fruteiras aos 30 meses após o plantio

67 Goiabeira: produção de frutos Figura 3. Efeito da aplicação de calcário na produção acumulada de frutos da goiabeira (anos 2002 e 2003)

68 Figura 4. Relação entre o V% do solo e a produção acumulada da goiabeira (anos agrícolas 2002 e 2003). Goiabeira: Produção x V%

69 DEFICIÊNCIAS MACRONUTRIENTES

70

71

72

73

74 -K

75 DEFICIÊNCIAS MICRONUTRIENTES

76

77

78 - Fe

79

80 FIM OBRIGADO


Carregar ppt "Calagem, Adubação e Nutrição da Cultura da Goiabeira William Natale Professor Adjunto Departamento de Solos e Adubos UNIVERSIDADE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google