A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Martinho de Almeida e Silva 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Martinho de Almeida e Silva 2009."— Transcrição da apresentação:

1

2 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Martinho de Almeida e Silva 2009

3 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Avicultura Mundial Exercício Final – Efetuar uma revisão e me entregar semana que vem – Citar fonte de consulta

4 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Avicultura no Brasil Indústria avícola brasileira: início da década de sessenta, com a importação de material genético dos EUA, assim estruturou-se nos moldes Americanos. Importação de matrizes: Carne / Ovos 1965 Ministério Agricultura regulamenta importação Desde 1965 permitida importação de avós ou ascendentes

5 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Evolução da avicultura brasileira Crescimento do volume de produção Melhor eficiência produtiva Diversificação de produtos Melhor rendimento ao abate Inovações mercadológicas Redução real dos preços Aumento do consumo Últimos 35 anos:

6 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Brasil: 1° exportador mundial de carne de frango 3º/2º produtor mundial de carne de frango Tabela 1 - Estatísticas da avicultura brasileira

7

8 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Áreas: genética, nutrição, ambiência, manejo, instalações, equipamentos, sanidade, abate e processamento e comercialização Grandes avanços da avicultura Há 50 anos - aves de dupla aptidão (carne e ovos) Hoje - aves altamente especializadas Frango de corte com 30 dias - peso 1,35 kg

9 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Tabela 2 - Evolução do frango de corte

10

11 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Tabela 3 – Desempenho do frango de corte aos 42 dias de idade Evolução da genética e da nutrição

12 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Início na década de 50: pesquisas para produção de linhagens de aves de postura - Instituto de Pesquisas e Experimentação Agropecuária do Centro Sul(IPEACS)-PESAGRO Mais recentemente: pesquisas nas áreas de avicultura de corte e postura - EMBRAPA – CNPSA, ESALQ, UFV, UFSM Melhoramento genético em aves no Brasil

13 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Linhagens de frango de corte importadas: Hubbard, Peterson, Cobb Farms (americanas), Ross, Indian River (européia), Shaver (canadense), Isa MPK (franco-americana) e Hybro (holandesa) Pacote comercial - Embrapa-021: formado pelas linhas puras das raças Cornish branca e Plymounth rock branca, também cruzadas entre si Empresas – Agroceres, Perdigão e Sadia – Programas próprios – Foram todos vendidos Melhoramento genético em aves no Brasil

14 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Estrutura dos Programa de Melhoramento de Aves Companhias de melhoramento Seleção Multiplicadores – Formação de matrizes híbridas Criadores comerciais Híbridos envolvendo quatro linhas

15 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Avós: grande potencial de multiplicação Avó: Produção de frangos 1 Avó 50 matrizes 1 Matriz 150 pintos de corte 1 Avó 7500 pintos de corte 7500 x 2,4 kg (frango) = kg

16 FLUXO DE ANIMAIS NO MELHORAMENTO GENÉTICO DE AVES DE CORTE Linhagem pura Bisavós Avozeiro Linha machoLinha fêmea Avós paternosAvós maternos AA x BBCC x DD ABCD Matrizeiro AB x CD ABCD Produto comercial Frango de corte

17 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Acelerar crescimento Melhorar conversão alimentar Melhor conformação de carcaça Objetivos do melhoramento em aves de corte

18 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Características econômicas – matriz pesada - Maturidade sexual - Fertilidade/Eclosão - Peso do ovo/Ovos incubáveis - Resistência a doenças/Ausência de choco

19 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE - Taxa de crescimento - Peso corporal - Conversão alimentar - Cor das penas - Empenamento - Mortalidade - Autossexagem - Problema de pernas - Rendimento de carcaça e cortes Características de importância econômica melhoramento de frangos de corte

20 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Taxa de crescimento X Peso corporal Peso corporal: medida mais usada, possui alta correlação com a taxa de crescimento e é de fácil mensuração, herdabilidade entre 0,4 - 0,8 Avanços notáveis nas últimas décadas: herdabilidade de moderada a alta (h 2 = 0,4) e intensa seleção.

21 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Taxa de crescimento X Ganho de peso Ganho de peso em intervalos de tempo fixo: outro indicativo de crescimento Positivamente correlacionada com características de produção de carne e rendimento e composição da carcaça Crescimento mais rápido resulta em idades mais precoces ao abate, redução de custos de produção e maior lucratividade da atividade

22 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Maiores taxas de crescimento associadas a menores desempenhos reprodutivos dos machos e das fêmeas Recomendável utilizar linhagens especializadas para machos (crescimento e carcaça) e fêmeas (fertilidade e eclodibilidade) para produção de carne Taxa de crescimento X Reprodução

23 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Conversão = peso de alimento consumido alimentar peso do frango Pode ser medida a um peso constante ou a intervalos de idades (recomendável medir no peso-padrão de abate) ,25 X ,8 herdabilidade: 0,4 a 0,5 Conversão alimentar

24 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Em geral, aves de crescimento mais rápido, entre e dentro de linhagens são mais eficientes em converter alimentos em peso corporal Eficiência alimentar: inverso da conversão Seleção para eficiência alimentar provoca redução na gordura corporal Conversão alimentar

25 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Alimentação é responsável por 70% dos custos de produção Conversão alimentar MENOR CONVERSÃO ALIMENTAR MENOR CUSTO DE PRODUÇÃO

26 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE

27 Exigências do mercado consumidor: magra musculosa livre de defeitos alta proporção de carne Excesso de gordura: indesejável influência negativa na eficiência alimentar compromete eficiência reprodutiva aumenta incidência de ascite Características da carcaça

28 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE h 2 do rendimento de carcaça: 0,6 h 2 do gordura abdominal: 0,3 a 0,7 Maior proporção de carne associada a menor custo de processamento Características da carcaça

29 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Seleção da família ou individual Índice de seleção para mais de um,a característica Métodos de seleção empregados no melhoramento de aves de corte(avozeiros)

30 MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Maiores produtores de matrizes de corte ATUALIZAR DADOS

31


Carregar ppt "MELHORAMENTO GENÉTICO EM AVES DE CORTE Martinho de Almeida e Silva 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google