A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TENDÊNCIA OU QUEDA TEMPORÁRIA NA DESIGUALDADE DE RENDA ENTRE 2001 E 2004? UM ESTUDO NAS MACRO-REGIÕES BRASILEIRAS Prof.Vladimir Sipriano Camillo 2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TENDÊNCIA OU QUEDA TEMPORÁRIA NA DESIGUALDADE DE RENDA ENTRE 2001 E 2004? UM ESTUDO NAS MACRO-REGIÕES BRASILEIRAS Prof.Vladimir Sipriano Camillo 2007."— Transcrição da apresentação:

1 TENDÊNCIA OU QUEDA TEMPORÁRIA NA DESIGUALDADE DE RENDA ENTRE 2001 E 2004? UM ESTUDO NAS MACRO-REGIÕES BRASILEIRAS Prof.Vladimir Sipriano Camillo 2007

2 1. Objetivo Específico O objetivo do presente estudo é analisar as mudanças na distribuição pessoal de renda no Brasil, entre 2001 e 2004, de acordo com o tipo de renda e a região do país

3 2. Metodologia 2.1 Parte Teórica (literatura nacional) a) Langoni (capital humano); b) Fishlow (salário mínimo); c) Bacha (estrutura ocupacional); d) Paes de Barros (capital humano, segmentação e discriminação); e) Hoffmann; Soares (transferências públicas e mercado de trabalho)

4 3. Parte Empírica k G Y. C (1) 1 k G t-1 Y t-1. C t-1 (2) 1 k G t Y t. C t (3) 1 k G G G2001 (Y2004. C Y2001. C2001 ) (4) 1

5 k G (C2004. Y + Y2001. C ) (5) 1 k G (C2001. Y + Y2004. C ) (6) 1 k G (C*. Y + Y*. C ) (7) 1

6 4. Principais Resultados

7 5. Considerações Finais 5.1. Os resultados das decomposições indicam a renda do trabalho como o tipo (fonte) de renda que mais contribui para a redução dos GINIs das cinco macro-regiões (na literatura nacional esse resultado é associado ao mercado de trabalho) Outro resultado da decomposição indica as transferências públicas de renda como importantes para a queda da desigualdade no período, principalmente para a macro-região Nordeste.Esse resultado para o Nordeste sugere a possibilidade de ocorrência de uma maior focalização dessas transferências nessa região

8 5.3. As transferências públicas e as aposentadorias e pensões não apresentam, nas decomposições, o mesmo padrão de comportamento da renda do trabalho.Ou seja, as contribuições para a queda dos GINIs regionais por parte das transferências e das aposentadorias são distintas para as cinco macro-regiões 5.4. Caso a queda dos GINIs regionais se mantenha no longo prazo, pode-se vislumbrar um possível círculo virtuoso de redução das desigualdades.


Carregar ppt "TENDÊNCIA OU QUEDA TEMPORÁRIA NA DESIGUALDADE DE RENDA ENTRE 2001 E 2004? UM ESTUDO NAS MACRO-REGIÕES BRASILEIRAS Prof.Vladimir Sipriano Camillo 2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google