A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Acervo TV Escola on-line

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Acervo TV Escola on-line"— Transcrição da apresentação:

1 Acervo TV Escola on-line
Projeto de Banco de Dados I MO401 A Lara Schibelsky Godoy Piccolo Campinas, 26 de abril de 2006.

2 Agenda Introdução Entendimento do Problema Definições e Requisitos
Modelo Entidade-Relacionamento Modelo Relacional Ferramentas Dificuldades Encontradas Próximos Passos Cronograma

3 Introdução TV Escola Programa do Ministério da Educação.
Canal de televisão via satélite que transmite 17 horas/dia de programas educativos (com algumas repetições). Objetivos Aperfeiçoamento e valorização dos professores da rede pública. Enriquecimento do processo de ensino-aprendizagem. Melhoria da qualidade do ensino.

4 Entendimento do Problema - definição -
A programação do canal está disponível na internet em arquivos pdf. Busca por filmes é dificultada. Filmes correlatos podem estar em arquivos diferentes. Exemplo de consulta impossível atualmente: "quais filmes de matemática vão passar na semana de 06/03/2006 a 13/03/06 às 15 horas".

5 Entendimento do Problema - objetivo -
Especificação e implementação de um sistema de informação para gerenciamento da programação do canal TV Escola.

6 Entendimento do Problema - análise -
Faixas principais da programação Ensino Fundamental Ensino Médio Salto para o Futuro Escola aberta (voltado à comunidade) Grades de Programação disponíveis Mensal (texto e cartaz) Destaque bi-mensal Semanal (texto) Destaques semanais

7 Exemplos – Grades de programação mensais

8 Exemplos – Grades de programação semanais
Um arquivo por dia da semana

9 Definições Programa: Faixa
Produção (episódio de uma série, por exemplo) sobre um assunto específico. Programa fixo na grade; um programa semanal no qual a “produção” será exibida. Faixa Categoria na qual um programa é atribuído. Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Salto para o Futuro e Escola Aberta.

10 Requisitos Gerados Uma produção pode ser indicada para uma disciplina, determinando-se ou não uma série. Poderão existir áreas conexas relacionadas com a produção. Uma produção pode ser atribuída à uma faixa. Uma produção pode ser um episódio de uma série. A realização da produção pode ser atribuída à própria TV Escola, à outras produtoras externas ou à uma associação de ambas. Poderão existir comentários associados a uma produção específica. Uma produção pode ter uma avaliação (escala de valores fixos) associada. Poderão existir referências (livros ou sites) associadas a uma produção. A exibição de uma produção pode estar vinculada a um programa. Um programa pode ir ao ar ao vivo, ser uma reprise ou inédito. Poderão ser feitas buscas de produções por data de exibição (dia/mês/hora). Poderão ser feitas buscas pelo nome da produção, do programa, por série, faixa, ou disciplina relacionada.

11 Modelo Entidade-Relacionamento
Nome Número Número Número Áreas Conexas Nome Faixa (0,N) Número Nome é indicada (0,N) (0,N) Disciplina Série (0,N) Nome (0,N) N° episódios é atribuída (0,1) Série (0,N) Mês pertence Dia Número Nome Ano Nome Hora Programa (1,N) Duração Data Número (1,N) (0,N) Produção tem Exibição Realização Ano Sinopse Avaliação Reprise Ao vivo Referências Comentários Conteúdo explorado Objetivos Atividades

12 Modelo Relacional OBS – cardinalidade invertida em relação à usada em sala

13 Ferramentas Testes Critérios de escolha
TOAD + Oracle 8i Problema de portabilidade do ambiente de desenvolvimento Critérios de escolha Portabilidade Software livre Ferramenta para criação do Modelo Relacional DBDesigner 4 (http://fabforce.net) SGBD MySQL

14 Dificuldades Encontradas
Diversidade de informações e falta de correspondência entre os diversos formatos de grade de programação. Falta de um “cliente” para esclarecimento de dúvidas. Representação no modelo abstrato – MER Prática em pensar no modelo relacional.

15 Próximos Passos Entendimento do problema com base na documentação disponível na Web. Gerar o modelo entidade-relacionamento do projeto. Analisar ferramentas para modelagem e implementação do banco de dados. Mapeamento do MER para o modelo relacional. Analisar e incluir na modelagem o conceito de trilha (Mantovani, 2005), definido como requisito pelo professor. Com base na inclusão das trilhas e de eventuais contatos com o MEC, fazer o remodelamento (MER e relacional) do projeto. Definir os requisitos da aplicação. Instalação do SGBD MySQL. Montagem do ambiente de desenvolvimento web. Desenvolvimento e testes. Teste final da aplicação e entrega.

16 Cronograma Atividade Março Abril Maio Junho 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

17 Dúvidas e Comentários ?????


Carregar ppt "Acervo TV Escola on-line"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google