A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL. Referência Bibliográfica:Referência Bibliográfica: Torres MRF, Figueiredo RCP, Penna FJ. Constipação Intestinal. In: Leão E, Corrêa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONSTIPAÇÃO INTESTINAL. Referência Bibliográfica:Referência Bibliográfica: Torres MRF, Figueiredo RCP, Penna FJ. Constipação Intestinal. In: Leão E, Corrêa."— Transcrição da apresentação:

1 CONSTIPAÇÃO INTESTINAL

2 Referência Bibliográfica:Referência Bibliográfica: Torres MRF, Figueiredo RCP, Penna FJ. Constipação Intestinal. In: Leão E, Corrêa EJ, Mota JAC, Viana MB. Pediatria Ambulatorial. Belo Horizonte: Coopmed ; ed. Cap. 35, p Torres MRF, Figueiredo RCP, Penna FJ. Constipação Intestinal. In: Leão E, Corrêa EJ, Mota JAC, Viana MB. Pediatria Ambulatorial. Belo Horizonte: Coopmed ; ed. Cap. 35, p

3 Problema freqüente na infância e adolescênciaProblema freqüente na infância e adolescência Brasil ( diferentes estudos ) : prevalência de 15 a 38 %. HC da UFMG : 22%Brasil ( diferentes estudos ) : prevalência de 15 a 38 %. HC da UFMG : 22% Hábito intestinal : varia com a idade e a dieta.Hábito intestinal : varia com a idade e a dieta.

4 Definição ( um dos achados, presentes por mais de 2 semanas ) :Definição ( um dos achados, presentes por mais de 2 semanas ) : –fezes endurecidas e / ou em cíbalos; –2 ou menos vezes / semana ; –dor e / ou esforço evacuatório ; –escape fecal, encoprese, fecalomas; –manobra de retenção fecal; –sensação de esvaziamento incompleto do reto.

5 Fisiopatologia:Fisiopatologia: –Processo fisiológico complexo –Reflexo gastrocólico : transporta o material fecal até o cólon –Cólon : movimentos de segmentação e propulsão para o reto –Reto: não contém fezes –Sintonia entre os esfíncteres anais interno e externo

6 Fisiopatologia:Fisiopatologia: –Se a evacuação não ocorrer as fezes retornam ao sigmóide –Continência fecal : 2 a 4 anos ( maturação de esfíncteres e musculatura pélvica) –Distúrbios de motilidade / mecanismos : freqüentemente associados –Fatores genéticos, ambientais e psicossociais

7 FisiopatologiaFisiopatologia –Retenção fecal : pode levar à constipação; 25 % dos pré- escolares. –Papel das fibras da dieta –Retenção fecal pode levar a fecalomas, megarreto, megacólon funcional, diminuição do limiar de sensibilidade retal, escape fecal ( eliminação involuntária de pequena quantidade de fezes amolecidas ), encoprese = ciclo vicioso

8 Classificação :Classificação : –Tempo de evolução : Aguda ou Crônica –Mecanismos : Funcional ou Orgânica –Aguda : durante ou após mudanças de hábitos –Crônica : -Funcional : Simples ou Idiopática -Orgânica

9 Constipação intestinal crônica funcional simples:Constipação intestinal crônica funcional simples: – É freqüente – Lactentes após desmame e dieta pobre em resíduos, choro ao evacuar – Pré-escolares

10 Constipação intestinal crônica funcional simples: Constipação intestinal crônica funcional simples: –Escolares e adolescentes: atraso na ida ao banheiro, constrangimento, dieta com poucas fibras, aspectos psicoemocionais. – Pode evoluir para formas mais graves.

11 Constipação intestinal crônica funcional idiopática:Constipação intestinal crônica funcional idiopática: –Anteriormente denominada psicogênica –Causa mais freqüente na infância –Resulta de tentativas repetidas de evitar a evacuação, por motivos diversos –História familiar e Fatores emocionais

12 Constipação intestinal crônica orgânica:Constipação intestinal crônica orgânica: –origem intestinal (ou primária) : alterações estruturais do cólon, reto ou ânus: malformações anorretais, agangliose congênita (doença de Hirschsprung) ou adquirida (doença de Chagas), tumoresalterações estruturais do cólon, reto ou ânus: malformações anorretais, agangliose congênita (doença de Hirschsprung) ou adquirida (doença de Chagas), tumores

13 Constipação intestinal crônica orgânica:Constipação intestinal crônica orgânica: –origem extra-intestinal (ou secundária): doenças endócrinas, genéticas, neuromusculares ; uso de alguns medicamentos.doenças endócrinas, genéticas, neuromusculares ; uso de alguns medicamentos.

14 Quadro clínico :Quadro clínico : –49%: Início dos sintomas antes de 6 meses –Dor abdominal e ao evacuar, movimentos corporais típicos, recusa em ir ao vaso, escape fecal, encoprese, sangramentos –Problemas de comportamento –Dificuldade em compreender e lidar com o problema por parte dos pais

15 Diagnóstico :Diagnóstico : –Clínico na maioria das vezes –Exame físico completo com ênfase no abdômen e na avaliação neurológica –Algumas situações : toque retal

16 –Propedêutica : desnecessária na maioria dos casos ; individualizada quando indicadadesnecessária na maioria dos casos ; individualizada quando indicada RX simples de abdômenRX simples de abdômen RX da coluna lombossacraRX da coluna lombossacra manometria anorretalmanometria anorretal

17 –Propedêutica : enema opacoenema opaco biópsia retalbiópsia retal defecografia ( medida do tempo de trânsito intestinal )defecografia ( medida do tempo de trânsito intestinal ) outrosoutros

18 Tratamento:Tratamento: –Doenças orgânicas : abordagem específica –Doença Funcional: Importância do envolvimento familiarImportância do envolvimento familiar Criança estimulada a melhorarCriança estimulada a melhorar Freqëntemente ajuda de outros profissionaisFreqëntemente ajuda de outros profissionais

19 Abordagem :Abordagem : –dietética : modificação de hábitos, dieta laxante e rica em fibras, aumento da ingestão de água –psicológica : paciente e familiares

20 –Medicamentosa: Laxativos »Lubrificantes: óleo mineral é o mais usado ; risco de aspiração e PNM lipoídica »osmóticos: lactulose;sorbitol; leite de magnésia (é o mais usado quando há contra- indicaçóes para o óleo mineral) ; polietilenos »estimulantes: sene (usar com cautela); tamarindo, metilcelulose; supositório de glicerina (estimulante local)

21 Medicamentosa: EnemasMedicamentosa: Enemas –lubrificante: glicerina; óleo mineral –osmótico: fosfato de magnésio

22 –Importância do seguimento clínico e indicação propedêutica –Importância da prevenção


Carregar ppt "CONSTIPAÇÃO INTESTINAL. Referência Bibliográfica:Referência Bibliográfica: Torres MRF, Figueiredo RCP, Penna FJ. Constipação Intestinal. In: Leão E, Corrêa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google