A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cynthia Cristina Nunes Máximo Especialização em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais Universidade Federal de Viçosa Abril/2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cynthia Cristina Nunes Máximo Especialização em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais Universidade Federal de Viçosa Abril/2010."— Transcrição da apresentação:

1 Cynthia Cristina Nunes Máximo Especialização em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais Universidade Federal de Viçosa Abril/2010

2 No que consiste? Perfil mais acometido: gatos machos, castrados, sedentários, obesos, com 2 a 7 anos de idade que vivem dentro de casa, consomem basicamente alimento balanceado seco e bebem pouca água.

3 Os gatos da raça persa parecem apresentar predisposição genética.

4 Causas não-obstrutivas: urolitíase, cistite idiopática não-obstrutiva, infecção bacteriana, distúrbio comportamental, defeito anatômico, neoplasia.

5 Causas obstrutivas: urolitíase, tampões uretrais, urolitíase associada à infecção bacteriana, cistite idiopática obstrutiva, espasmo uretral, neoplasia.

6 Estruvita gatofilos.wordpress.com

7 Oxalato de Cálcio gatofilos.wordpress.com

8 Uratos Outros cálculos

9 Origem neurogênica. Principal causa de DTUIF nos EUA. Gatos com idade mediana.

10 Originam-se de matriz colóide/ protéica (mucoproteínas, albumina, globulinas, células, etc) oriunda de um processo inflamatório, associados em menor quantidade a um material cristalino, principalmente estruvita.

11 Infecções bacterianas primárias são raras. Deve ser investigada através de cultura e antiobiograma da urina coletada por cistocentese.

12 Gatos mais confinados e em locais onde há superpopulações felinas.

13 As neoplasias mais frequentes são carcinoma de células transicionais (CCT), adenocarcinoma e leiomioma.

14 Divertículo da vesícula urinária. Persistência do uraco. Estenose uretral. Uretra malposicionada.

15 Divisão da uretra Relaxantes musculares

16 Hematúria Disúria Estrangúria Periúria toxicas/hele.htpm os.blogspot.com es08.wordpress.com

17 Polaciúria Alterações comportamentais Lambedura do pênis Presença ou não de obstrução uretral Letargia, depressão, anorexia, vômito, diarreia, vesícula urinária firme, bradi ou taquicárdicos, aumento da frequência respiratória e pulso fraco.

18 Anamnese Histórico Sinais clínicos Exame físico Exame laboratorial (urinálise com avaliação de sedimento, cultura quantitativa e antibiograma da urina)

19 Análise do urólito Imagem do trato urinário ( radiografias simples, contrastadas, ultrassonografia abdominal e uroendoscopia)

20 sosamigos/casosclinicos.html olheto-viii-doencas-dos-gatos-ou.html

21 Identificar a causa e tratá-la corretamente. Desobstrução uretral Fluidoterapia para correção de déficits hídricos, distúrbios eletrolíticos, correção de hipovolemia. Analgesia

22

23

24

25 Uretrostomia e/ou cistotomia, caso não consiga desobstruir o animal.

26 Manter bandejas sanitárias limpas ( no máximo 1 para cada 2 animais) Oferecer água fresca e estimular animal a beber água (enriquecimento ambiental)

27 8/10/doena-do-trato-urinrio- inferior-dos.html /SnYHEZcEcXI/AAAAAAAAAs0/QdLFF wfBdo8/s320/bandejas+sanitarias.jpg

28 Oferecer rações pastosas Fazer exercícios periodicamente e combater a obesidade Evitar situações de estresse para o animal

29 Ração Úmida para Gatos : 125 g de fígado 2 ovos grandes cozidos 2 xícaras de arroz cozido sem sal 1 colher de sopa de óleo vegetal 1 colher de chá de carbonato de cálcio Suplemento vitamínico Adição de água melhora a palatabilidade

30

31


Carregar ppt "Cynthia Cristina Nunes Máximo Especialização em Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais Universidade Federal de Viçosa Abril/2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google