A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR COORDENAÇÃO GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR COORDENAÇÃO GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR COORDENAÇÃO GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL

2 Muitos problemas ambientais como a contaminação do ar, água e solo, resultam da estrutura social, econômica, política e cultural que se estabeleceu ao longo dos anos como parte dos processos de produção, distribuição e consumo de riquezas. Problemas Ambientais e Saúde Humana

3 Os impactos dos problemas ambientais sobre a saúde humana podem se manifestar sob a forma de eventos agudos (causando mortes, lesões corporais e intoxicações), como no caso dos acidentes industriais ampliados, e também efeitos crônicos, por exposição prolongada a concentrações variadas de diferentes poluentes, particularmente sobre os aparelhos respiratório, neurológico, endócrino, imunológico, cânceres e malformações congênitas. Problemas Ambientais e Saúde Humana

4 A OMS estima que 30% dos danos a saúde estão relacionados aos fatores ambientais: inadequação do saneamento básico (água, lixo, esgoto) poluição atmosférica exposição a substâncias químicas e físicas desastres naturais fatores biológicos (vetores, hospedeiros e reservatórios)

5 (Dahlgren et Whitehead, 1992), Adaptado por Paulo Buss Determinantes da Saúde

6 Macro Funções da Vigilância em Saúde Análise de Situação em Saúde Promoção da Saúde Vigilância em Saúde

7 Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador MISSÃO Formular, regular e fomentar políticas de vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador de forma a eliminar e minimizar riscos, prevenir doenças e agravos, intervindo nos determinantes do processo saúde-doença decorrentes dos modelos de desenvolvimento, dos processos produtivos e da exposição ambiental, visando a promoção da saúde da população.

8 Ter competência, até 2015, de produzir análise de situação de saúde sobre vulnerabilidades socioambientais para o planejamento de ações e serviços de saúde. Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador VISÃO

9 SAÚDE AMBIENTAL compreende a área da saúde pública afeta ao conhecimento científico e a formulação de políticas públicas relacionadas à interação entre a saúde humana e os fatores do meio ambiente natural e antrópico que a determinam, condicionam e influenciam, com vistas a melhorar a qualidade de vida do ser humano, sob o ponto de vista da sustentabilidade. Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador CONCEITOS

10 O Subsistema Nacional de Vigilância em Saúde Ambiental - SINVSA compreende o conjunto de ações e serviços prestados por órgãos e entidades públicas e privadas, relativos à vigilância em saúde ambiental, visando o conhecimento e a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente que interferem na saúde humana, com a finalidade de recomendar e adotar medidas de promoção da saúde ambiental, prevenção e controle dos fatores de riscos relacionados às doenças e outros agravos à saúde. Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador CONCEITOS

11 VIGIAGUA VIGIPEQ VIGIDESASTRES Populações expostas a áreas contaminadas Populações expostas a poluentes atmosféricos Populações expostas à substâncias químicas prioritárias Populações expostas a áreas contaminadas Populações expostas a poluentes atmosféricos Populações expostas à substâncias químicas prioritárias

12 Discutir as estratégias de atuação do VIGIPEQ no tocante a seus três componentes (exposição humana a áreas contaminadas, poluentes atmosféricos, e substâncias químicas prioritárias) Discutir o cumprimento da PAVS 2010 e perspectivas para 2011 Seminário Nacional de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Contaminantes Químicos OBJETIVO

13 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: coleta sistemática de dados SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: análise contínua dos dados vigilância papel de acompanhar eventos adversos à saúde propósito de aprimorar as medidas de controle Devolutiva à todos os que necessitam conhecê-los Subsidiar o planejamento e execução das ações de vigilância em saúde e assistência. Devolutiva à todos os que necessitam conhecê-los Subsidiar o planejamento e execução das ações de vigilância em saúde e assistência.

14 Obrigado Guilherme Franco Netto


Carregar ppt "MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DEPARTAMENTO DE SAÚDE AMBIENTAL E SAÚDE DO TRABALHADOR COORDENAÇÃO GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google