A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAES JR DEPARTAMENTO DE MATERIAIS ODONTOLÓGICOS E PRÓTESE DISCIPLINA DE PRÓTESE PARCIAL FIXA I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAES JR DEPARTAMENTO DE MATERIAIS ODONTOLÓGICOS E PRÓTESE DISCIPLINA DE PRÓTESE PARCIAL FIXA I."— Transcrição da apresentação:

1 PAES JR DEPARTAMENTO DE MATERIAIS ODONTOLÓGICOS E PRÓTESE DISCIPLINA DE PRÓTESE PARCIAL FIXA I

2 PAES JR - UNITÁRIAS - PRÓTESES PARCIAIS FIXAS PRÓTESES FIXAS

3 PAES JR CLASSIFICAÇÕES DENTOSSUPORTADAS QUANTO À VIA DE TRANSMISSÃO DE CARGA :

4 PAES JR CLASSIFICAÇÕES - METÁLICAS - NÃO METÁLICAS - MISTAS QUANTO AO MATERIAL:

5 PAES JR CLASSIFICAÇÕES - INTRACORONÁRIO - EXTRACORONÁRIO - INTRA-EXTRA CORONÁRIO - INTRA-RADICULARES QUANTO AO TIPO DE PREPARO:

6 PAES JR CLASSIFICAÇÕES - INTRACORONÁRIO MOD e suas variações - EXTRACORONÁRIO Coroa Total Metálica Coroa Veneer Coroa Metalocerâmica Coroa de Porcelana QUANTO AO TIPO DE PREPARO: Coroa Metaloplástica Coroa de Resina

7 PAES JR CLASSIFICAÇÕES - INTRA-EXTRA CORONÁRIO COROAS PARCIAIS - 3/4, 4/5, 7/8 - INTRA-RADICULARES NÚCLEOS FUNDIDOS QUANTO AO TIPO DE PREPARO:

8 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS - ELEMENTOS BIOLÓGICOS - ELEMENTOS MECÂNICOS

9 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS ELEMENTOS BIOLÓGICOS SUPORTE ESPAÇO PROTÉTICO

10 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS ELEMENTOS MECÂNICOS RETENTOR PÔNTICO CONECTOR

11 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS ELEMENTOS MECÂNICOS RETENTOR É O ELEMENTO QUE IRÁ REABILITAR PARCIAL OU TOTALMENTE O DENTE SUPORTE.

12 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS ELEMENTOS MECÂNICOS PÔNTICO É O ELEMENTO QUE IRÁ SUBSTITUIR OS DENTES PERDIDOS, RECUPERANDO SUAS FUNÇÕES.

13 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS ELEMENTOS MECÂNICOS CONECTOR É O ELEMENTO QUE IRÁ UNIR RETENTORES A PÔNTICOS, PÔNTICOS A PÔNTICOS E/OU RETENTORES A RETENTORES. TIPOS: RÍGIDOS OU SEMI-RÍGIDOS

14 PAES JR PRÓTESE PARCIAIS FIXAS ELEMENTOS MECÂNICOS MEZZOMO E COLS. RETENTOR PÔNTICO CONECTOR ESPAÇO PROTÉTICO SUPORTE

15 PAES JR

16 PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF PAES JR

17 INTRODUÇÃO PAES JR

18 Processo de desgaste seletivo de esmalte e/ou dentina em quantidade e áreas pré-determinadas e através de passos operatórios pré- estabelecidos afim de criar espaço para a colocação de uma Prótese Unitária ou de uma PPF ou PPR. CONCEITO

19 PAES JR

20 > Integridade Marginal > Preservação do Periodonto > Estética - satisfação do paciente > Facilidade de Preparo PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF > Preservação da Estrutura Dentária > Formas de Retenção e Estabilidade > Durabilidade Estrutural da Restauração

21 PAES JR Preservação da Estrutura Dentária Lamentável seria que no intuito de construir um APF, por omissão, produzíssemos lesões irreversíveis ao órgão pulpar. Rui Fonseca Brunetti PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

22 PAES JR MEZZOMO E COLS. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

23 PAES JR Qualidade do preparo de impedir o deslocamento da prótese no sentido contrário à sua via de inserção. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF Retenção

24 PAES JR cimento prótese MEZZOMO E COLS.

25 PAES JR cimento prótese MEZZOMO E COLS.

26 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF - conicidade - área de superfície - áreas sob ação de cisalhamento - rugosidade de superfície - conicidade - área de superfície - áreas sob ação de cisalhamento - rugosidade de superfície Retenção

27 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF Paredes ParalelasParedes Expulsivas CONICIDADE

28 PAES JR Paredes ParalelasParedes Expulsivas CONICIDADE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

29 PAES JR Paredes Expulsivas CONICIDADE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

30 PAES JR Paredes Expulsivas (axiais convergem para incisal ou oclusal) CONICIDADE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

31 PAES JR Paredes Expulsivas (divergem para oclusal) CONICIDADE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

32 PAES JR Quanto maior a área de superfície maior a retenção da peça, no entanto, se o seu diâmetro for menor que o seu comprimento sua estabilidade estará diminuída. ÁREA DE SUPERFÍCIE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

33 PAES JR ÁREA DE SUPERFÍCIE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

34 PAES JR TENSÃO COMPRESSÃO TORÇÃO E COMPRESSÃO Áreas sob ação de cisalhamento PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

35 PAES JR As rugosidades na superfície do preparo contribuem para um maior imbricamento mecânico do agente cimentante. RUGOSIDADE DE SUPERFÍCIE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

36 PAES JR Resistência ou Estabilidade PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF Qualidade do preparo em evitar o deslocamento da restauração frente às forças oblíquas que ocorrem durante a função.

37 PAES JR ? ação de alavanca ? relação altura do preparo/largura do dente ? conicidade ? rotação ao redor do eixo vertical ? plano de inserção ? ação de alavanca ? relação altura do preparo/largura do dente ? conicidade ? rotação ao redor do eixo vertical ? plano de inserção PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF Resistência ou Estabilidade

38 PAES JR AÇÃO DE ALAVANCA PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

39 PAES JR AÇÃO DE ALAVANCA PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

40 PAES JR Quanto maior o comprimento do preparo, maior sua retenção. RELAÇÃO ALTURA DO PREPARO LARGURA DO DENTE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

41 PAES JR PRÓTESE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

42 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

43 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

44 PAES JR Quanto maior a convergência das paredes do preparo menor o grau de retenção e de estabilidade. CONICIDADE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

45 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF 3o3o 3o3o 6o6o CONICIDADE

46 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF CONICIDADE

47 PAES JR MEZZOMO E COLS. Quanto maior a convergência dos preparos menor a estabilidade da PPF. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

48 PAES JR

49 ROTAÇÃO AO REDOR DO EIXO VERTICAL PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

50 PAES JR A obtenção de formas geométricas ao preparo proporcionam maior retenção e estabilidade. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

51 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

52 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

53 PAES JR O sulco ou caixa deve distanciar num arco maior ou igual a 180 0, um do outro, para conferir maior estabilidade à peça. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

54 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

55 PAES JR MEZZOMO E COLS. PLANO DE INSERÇÃO E RETIRADA DA PRÓTESE PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

56 PAES JR Durabilidade da Estrutura PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

57 PAES JR - redução oclusal - biselado da cúspide funcional - redução axial - reforço estrutural PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF Durabilidade da Estrutura

58 PAES JR DURABILIDADE DA ESTRUTURA - redução oclusal - biselado da cúspide funcional - redução axial - reforço estrutural MEZZOMO E COLS. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

59 PAES JR Em PPF extensas, utilizar um retentor do outro grupo de dentes. MEZZOMO E COLS. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

60 PAES JR PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

61 PAES JR Integridade Marginal PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF - linha de terminação - adaptação

62 PAES JR Estrutura metálica MEZZOMO E COLS. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

63 PAES JR Preservação do Periodonto As próteses não deveriam agradar nossos pacientes e nem a nós dentistas. O ideal seria é que elas agradassem as gengivas GLICKMAN PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

64 PAES JR volume de estrutura removida limite e qualidade do término cervical evitar dano à estrutura gengival durante o ato operatório Preservação do Periodonto PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

65 PAES JR Satisfação do Paciente Estética Satisfação do Paciente Estética PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

66 PAES JR Facilidade de preparo Simplicidade de Técnica PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

67 PAES JR - Desgaste axial do preparo com grau de convergência adequado. - Término cervical que proporcione espessura e adaptação à prótese. - Desgaste suficiente das paredes do preparo de acordo com o tipo de material empregado na confecção da prótese. MEZZOMO E COLS. PRINCÍPIOS BIOMECÂNICOS DOS PREPAROS PARA PPF

68 PAES JR

69 TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF

70 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF OMBRO OU DEGRAU OMBRO BISELADO CHANFRO OU CHANFRADO CHANFRO BISELADO CHANFRETE BISEL LINHA ZERO OMBRO OU DEGRAU OMBRO BISELADO CHANFRO OU CHANFRADO CHANFRO BISELADO CHANFRETE BISEL LINHA ZERO

71 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF OMBRO PURO

72 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: -coroas em cerâmica pura (ôca de porcelana) Indicação: -coroas em cerâmica pura (ôca de porcelana)

73 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF OMBRO BISELADO

74 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: - coroas metaloplásticas ou metalocerâmicas Indicação: - coroas metaloplásticas ou metalocerâmicas

75 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF OMBRO BISELADO MEZZOMO E COLS.

76 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF

77 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF CHANFRO

78 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: -coroas metaloplásticas, metalocerâmicas e coroas sem metal Indicação: -coroas metaloplásticas, metalocerâmicas e coroas sem metal

79 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Preparo do término cervical em forma de CHANFRO MEZZOMO E COLS.

80 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF

81 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF

82 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF CHANFRO BISELADO

83 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: - coroas metaloplásticas ou metalocerâmicas - quando esse chanfro é muito profundo Indicação: - coroas metaloplásticas ou metalocerâmicas - quando esse chanfro é muito profundo

84 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF CHANFRETE OU CHANFRO FINO CHANFRETE OU CHANFRO FINO

85 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: - Desgastes limitados - Coroas totalmente metálicas Indicação: - Desgastes limitados - Coroas totalmente metálicas

86 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF LINHA ZERO

87 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: - Dentes muito inclinados - Quando o colo do dente é muito estrangulado (pré-molar inferior) Indicação: - Dentes muito inclinados - Quando o colo do dente é muito estrangulado (pré-molar inferior)

88 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF BISEL EM BISEL EM 135 0

89 PAES JR TÉRMINOS CERVICAIS DOS PREPAROS PARA PPF Indicação: - coroas metaloplásticas ou metalocerâmicas Indicação: - coroas metaloplásticas ou metalocerâmicas

90 PAES JR GRATO PELA ATENÇÃO !


Carregar ppt "PAES JR DEPARTAMENTO DE MATERIAIS ODONTOLÓGICOS E PRÓTESE DISCIPLINA DE PRÓTESE PARCIAL FIXA I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google