A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula: Literatura de Catequese Profº: Paulo Monteiro Data: 27/02/2005 Instruções: Para que esta apresentação seja exibida de forma satisfatória é necessário.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula: Literatura de Catequese Profº: Paulo Monteiro Data: 27/02/2005 Instruções: Para que esta apresentação seja exibida de forma satisfatória é necessário."— Transcrição da apresentação:

1

2 Aula: Literatura de Catequese Profº: Paulo Monteiro Data: 27/02/2005 Instruções: Para que esta apresentação seja exibida de forma satisfatória é necessário proceder o seguinte: 1 – A resolução do monitor deve ser 800 x – As fontes que se encontram no CD, na pasta FONTES, devem ser instaladas, caso não as possua (C:\Windows\Fonts). 3 – O versão do PowerPoint deve ser a XP, 2003 ou posterior. Caso não possua nenhuma delas, deve-se instalar o visualizador PPVIEWER2003.EXE, que também se encontra no CD, e executar esta apresentação a partir dele. Programação Visual: Menino Eletrônico Produções Aroldo Tel: (71)

3 Literatura de Catequese

4 QUADRO ESQUEMÁTICO Literatura de Informação Relatos Tratados Lingüísticos Padrões Científicos Literatura de Criação Teatro Catequético Poesia de Devoção

5 Tradição Medieval Autos Poesia Métrica Curta Características Barroquismo [confronto] Pecado x Penitência Inferno x Céu Datas Cristãs Natal Reis Páscoa Redondilha Maior Redondilha Menor

6 Teatro do Padre Anchieta

7 CONTEXTO: Contra-Reforma

8 Principais Autores Padre José de Anchieta Padre Manuel da Nóbrega Padre Fernão Cardin

9 A SANTA INÊS Cordeirinha linda como folga o povo porque vossa vinda lhe dá lume novo. Cordeirinha santa, de Iesu querida vossa santa vinda o diabo espanta. Por isso vos canta, com prazer, o povo, porque vossa vinda lhe dá lume novo. Nossa culpa escura fugirá depressa pois vossa cabeça vem com luz tão pura. Literatura de Catequese Vossa formosura honra é do povo, porque vossa vinda lhe dá lume novo. Virginal cabeça pela fé cortada, com vossa chegada, já ninguém pereça. Vinde mui depressa ajudar o povo, pois como vossa vinda lhe dais lume novo. Vós sois, cordeirinha, de Iesu formoso, mas o vosso esposo já vos fez rainha. Também padeirinha sois de nosso povo, pois, com vossa vinda, lhe dais lume novo. José de Anchieta Santa Inês, Max Reichlich

10 Teste o Seu Conhecimento Literatura de Catequese Questões 1 e 2 Enquanto cortávamos a lenha, faziam dois carpinteiros uma grande cruz, dum pau que ontem para isso se cortou. Muitos deles vinham ali estar com os carpinteiros. E creio que o faziam mais por verem a ferramenta de ferro com que faziam do que por verem a cruz. 1. O fragmento acima, da carta de Pero Vaz de Caminha, ressalta: 01. O contraste entre branco e índio, os valores e perspectivas que opunham uma civilização à outra. 02. A predisposição dos nativos ao trabalho braçal. 03. O indício de apego dos índios à religiosidade, mesmo quando seus símbolos são desconhecidos. 04. A curiosidade dos selvagens pelo símbolo da religião.

11 Teste o Seu Conhecimento Literatura de Catequese Questões 1 e 2 Enquanto cortávamos a lenha, faziam dois carpinteiros uma grande cruz, dum pau que ontem para isso se cortou. Muitos deles vinham ali estar com os carpinteiros. E creio que o faziam mais por verem a ferramenta de ferro com que faziam do que por verem a cruz. 2. Avaliando-se o estilo do fragmento da Carta, chega-se à conclusão de que a produção literária do séc. XVI. 01. Recupera a subjetividade e o misticismo da literatura medieval. 02. Recusa a formalidade de linguagem e busca expressão popular e coloquial. 03. Adota o padrão clássico-renascentista, ao preocupar-se com a clareza, a objetividade e a veracidade. 04. Distancia-se da realidade, num prenuncio do que seria mais tarde o modelo romântico.

12 Teste o Seu Conhecimento Literatura de Catequese 3. Minha tenção não foi outra neste sumário (discreto e curioso leitor) senão denunciar em breves palavras a fertilidade e abundancia da terra do Brasil, para que esta fama venha a noticia de muitas pessoas que nestes Reinos vivem com pobreza, e não duvidem, escolhê-la para seu remédio. (Pero Magalhães Gândavo – in tratado da Terra do Brasil) No fragmento acima está implícito um dos propósitos da Literatura de Informação, que era o de natureza Mercantilista: exaltar a terra para favorecer o intercâmbio comercial de Portugal com os demais reinos da Europa. 02. Ocupacional: atrair colonos portugueses, que seriam motivados pelo tom elogioso do tratado. 03. Contra-reformista: incentivar missionários europeus a exercer, na nova terra, sua missão evangelizadora. 04. Econômica: minorar a pobreza e favorecer, com a presença do branco, uma economia mais sólida para os índios. 05. Cultural: favorecer o intercâmbio entre portugueses e os nativos brasileiros.

13 Teste o Seu Conhecimento Literatura de Catequese 4. A Santa Inês Cordeirinha linda Como folga o povo Porque vossa vinda Lhe dá lume novo. Cordeirinha santa, De Iesu querida Vossa santa vinda O diabo espanta. O poema acima, do jesuíta Anchieta, pode ser explicado como: 01. Uma alegoria clara acerca da superioridade do colonizador branco em relação ao índio. 02. Uma referência explícita à necessidade de se aproveitarem os prazeres terrenos. 03. Uma tentativa de propagação de idéias religiosas, efetivamente a catequese dos índios, com verso de inspiração medieval. 04. Uma defesa dos tradicionais valores católicos, fazendo uso da medida velha e de versos decassílabos. 05. Uma retomada dos velhos clichês clássicos, usando como referencial a mitologia cristã. Por isso vos canta, Com prazer, o povo, Porque vossa vinda Lhe dá lume novo. Nossa culpa escura Fugirá depressa Pois vossa cabeça Vem com luz tão pura.

14 Teste o Seu Conhecimento Literatura de Catequese 5. As armas e os barões assinalados, Que da ocidental praia lusitana Por mares nunca dantes navegados, Passaram ainda além da Taprobana, Em perigo e guerras esforçados Mais do que prometia a força humana, E entre gente remota edificaram Novo Reino, que tanto sublimaram. Considerando os diversos estilos de época, o texto anterior localiza: 01. o medievalismo teocêntrico e mítico. 02. o classicismo greco-romano. 03. o barroquismo contra-reformista 04. o humanismo renascentista. 05. o romantismo melodramático. E também as memórias gloriosa Daqueles reis que foram dilatando A Fé, o Império, as terras viciosas De África e de Ásia andaram devastando: E aqueles que por obras valerosas Se vão da lei da morte libertando Cantando espalharei por toda parte Se a tanto me ajudar engenho e arte. (Camões)


Carregar ppt "Aula: Literatura de Catequese Profº: Paulo Monteiro Data: 27/02/2005 Instruções: Para que esta apresentação seja exibida de forma satisfatória é necessário."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google