A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Vírus. Características Seres vivos extremamente pequenos. Visíveis apenas pelo microscópio eletrônico. São acelulares e não possuem metabolismo próprio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Vírus. Características Seres vivos extremamente pequenos. Visíveis apenas pelo microscópio eletrônico. São acelulares e não possuem metabolismo próprio."— Transcrição da apresentação:

1 Vírus

2 Características Seres vivos extremamente pequenos. Visíveis apenas pelo microscópio eletrônico. São acelulares e não possuem metabolismo próprio. São parasitas intracelulares obrigatórios. Para muitos são considerados seres vivos por apresentarem material genético, se reproduzirem e sofrerem mutações gênicas. Para outros não são seres vivos, pois não são dotados de células, não realizam metabolismo e fora das células são totalmente inativos.

3 Invadem células hospedeiras e o seu material genético assume o comando da atividade celular. A célula parasitada passa a produzir novas unidades virais, que serão eliminadas para atacar outras células. Para serem estudados é necessário cutivá- los em tecidos, cobaias ou células que devem ser mantidas vivas. Não existem antivirais eficientes como antibióticos, o tratamento para as viroses depende da obtenção de vacinas eficazes e de outras medidas preventivas.

4 Estrutura Constituídos por um envoltório, formado por proteínas – cápsula ou capsídio. Cápsula: envolve o material genético (que pode ser DNA ou RNA, ou os dois ao mesmo tempo- citomegalovírus). Possui a capacidade de se combinar quimicamente com a superfície da célula a ser parasitada.

5

6

7 Classificação São um grupo á parte, sem reino, por serem acelulares. Podem ser divididos conforme a sua especificidade em: vírus de animais, vírus de plantas e vírus de bactérias (bacteriófagos). Podem também ser classificados conforme o tipo de ácido nucléico ou de acordo com o mecanismo de reprodução.Ex.: adenovírus, RNA-vírus, oncovírus e enterovírus.

8 Ciclo reprodutivo Vamos utilizar o bacteriófago T4, que parasita a bactéria Escherichia coli, presente na flora intestinal humana e apresenta como material genético o DNA (hoje sabemos que alguns possuem o RNA). O ciclo do bacteriófago cumpre as seguinte etapas: 1.Fixação: o vírus se acopla à membrana da célula por meio de fibras da cauda. 2.Infecção: o vírus perfura a parede e a membrana da célula utilizando uma enzima, a lisoenzima e injeta o seu DNA no interior da célula. 3.Duplicação: o DNA viral anula o DNA bacteriano e começa a comandar a célula hospedeira que se põe a produzir DNA viral, proteínas, cápsula e cauda. 4.Montagem: união das partes duplicadas, formando novos vírus. 5.Lise: rompimento da célula e liberação de novos vírus. Existem dois tipos de ciclo. O ciclo lítico e o ciclo lisogênico.

9

10 Alguns vírus denominados retrovírus, conseguem produzir DNA a partir do RNA virótico. Esse DNA é chamado de provírus e vai se incorporar a um dos cromossomos da célula hospedeira e comandar todo o processo de reprodução viral. Isso acontece graças à uma enzima chamada transcriptase reversa. Ex.: vírus HIV causador da AIDS.

11 Aids Síndrome da Imunodeficiência Adquirida. Caracteriza-se pela deficiência do sistema imunológico. Quando o sistema imunológico não funciona adequadamente, ficamos mais susceptíveis a adquirir doenças infecciosas. O vírus causador é chamado de HIV ou VIH. Ao penetrar no corpo destrói lenta e sistematicamente uma célula chamada linfócito T auxiliar ou CD4, que é a célula responsável pela resposta imunológica. O vírus pode permanecer no corpo de uma pessoa por cerca de 10 anos sem manifestar sintomas. Após esse período podem aparecer as doenças chamadas infecções oportunistas (pneumonia, meningite, toxoplasma cerebral, Sarcoma de Kaposi etc.).

12 Modos de transmissão: relação sexual, transfusão de sangue contaminado, uso de agulhas e outros materiais não esterilizados, da mãe para o filho durante o parto, amamentação e gravidez. Não existe cura, porém existe tratamento através de coquetéis administrados para manter o ciclo reprodutivo do vírus de maneira mais lenta.

13 Doenças causadas por vírus Gripe Rubéola Sarampo Poliomielite Raiva Hepatite A Hepatite B Dengue Caxumba Febre amarela Varíola


Carregar ppt "Vírus. Características Seres vivos extremamente pequenos. Visíveis apenas pelo microscópio eletrônico. São acelulares e não possuem metabolismo próprio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google