A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crise de 1929 ou A grande Depressão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crise de 1929 ou A grande Depressão."— Transcrição da apresentação:

1 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crise de 1929 ou A grande Depressão

2 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda A fotografia Migrant Mother, uma das fotos americanas mais famosas da década de 1930, mostrando Florence Owens Thompson, mãe de sete crianças, de 32 anos de idade, em Nipono, Califórnia, março de 1936, em busca de um emprego ou de ajuda social para sustentar sua família. Seu marido havia perdido seu emprego em 1931, e morrera no mesmo ano.

3 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda CAUSAS: Ascensão dos EUA antes e durante a 1ª Guerra Mundial.

4 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Países% Estados Unidos Alemanha Grã-Bretanha França URSS Demais Países Total Mundial 44,8 11,6 9,3 7,0 4,6 22,7 100,0 Participação das Potências em % na Produção Industrial Mundial de 1929

5 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crise de Reconversão no pós-guerra. Europa recuperava-se diminuindo as importações americanas. O cartaz nos diz que cem dólares seriam suficientes para comprar esse carro e que o pagamento deveria ser feito em dinheiro, pois o dono do veículo havia perdido todo o seu dinheiro no mercado de ações.

6 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Má distribuição de rendas: poucos ricos e muitas favelas. As greves eram proibidas. – TV, símbolo de prosperidade. Grande Depressão: Desempregados fazem fila para tomar a sopa gratuita em Chicago (EUA), durante a crise econômica da década de 1930.

7 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crise de superprodução, sobrava produtos e o povo desempregado passava fome. Subconsumo - 42% da produção mundial. A Grande Depressão causou pobreza geral nos Estados Unidos e em diversos países do mundo. Aqui, família desempregada, vivendo em condições miseráveis.

8 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Euforia e especulação nas bolsas de valor.

9 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda – Os melhores padrões de vida do mundo. – Não existe modo de viver como o americano.

10 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Banqueiros percebendo os indícios da Crise recolhem dinheiro dos Bancos. Outubro de Crack da Bolsa de Nova Iorque. Multidão na frente do Banco Chelsea.

11 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crash 1929

12 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda – Queda da bolsa.

13 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda

14 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda DESENVOLVIMENTO: Americanos buscam seus capitais em Bancos Europeus, espalhando a crise por todo o mundo.

15 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Os países ricos não importavam matéria-prima dos pobres, os pobres não importavam produtos dos ricos.

16 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Um terço dos trabalhadores sem emprego, cem mil empresas falidas, a produção caiu 50%, quatro mil bancos fecharam. O desemprego fez com que milhões de pessoas, inclusive famílias inteiras, ficassem desabrigadas, especialmente nos Estados Unidos e no Canadá.

17 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Carne e maçã de primeira no lixo e o povo faminto.

18 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda No Brasil, 80 milhões de saca de café foram queimadas. –Getúlio Vargas

19 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda O preço do café caiu em 43%, a borracha 42%, a lã e o milho, ambos em 40% e o estanho, o cobre, o açúcar, a manteiga, tiveram uma queda entre 20 e 30%. A crise de 29 atingiu profundamente o Brasil. A agricultura, a indústria e as finanças sofreram duros golpes, sendo que a primeira foi a mais particularmente atingida marcou a alteração do pólo dinâmico da economia do setor exportador ao setor de produção para o mercado interno.

20 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Na Alemanha, a população esperava na fila por um prato de sopa.

21 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda CONSEQÜÊNCIAS: Criação do New Deal, em 1933, Novo Tratamento - fim do Liberalismo econômico - Keinesianismo, pleno emprego, Neocapitalismo até Fila de famílias esperando por ajuda financeira. Diversos programas de ajuda social foram criadas pelo governo dos Estados Unidos a partir de 1933.

22 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda O Estado investe em obras públicas: hidroelétricas, estradas, aeroportos. Roosevelt criou salário desemprego, aposentadoria, controla as bolsas de valor, centenas de toneladas de alimentos incinerados, grandes emissões monetárias. Tabelou preço dos produtos básicos como: trigo, cimento, etc, perdoou dívidas de latifundiários falidos, incinerou alimentos e controlou bancos e bolsas.

23 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Era o início do Welfare State que a partir de 1940 chegaria em quase todo o mundo. CAPITALISMO MONOPOLISTA ESTATAL. E O SOCIALISMO?!

24 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda O país só sai realmente da crise em 1939 com o início da 2ª Guerra Mundial. A superprodução - Mamãe estou com fome. Por que não tem pão? - Porque seu pai foi despedido da padaria onde ele trabalhava. - Por que mandaram ele embora? - Por causa da crise. - Por que tem crise? - Porque há pão demais!

25 Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda


Carregar ppt "Crise de 1929 Adriano Valenga Arruda Crise de 1929 ou A grande Depressão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google