A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Matemática e Educação Ambiental 4 Introdução 4 Informações úteis aos educadores –A importância sanitária do lixo –Projeto de coleta seletiva –Projeto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Matemática e Educação Ambiental 4 Introdução 4 Informações úteis aos educadores –A importância sanitária do lixo –Projeto de coleta seletiva –Projeto."— Transcrição da apresentação:

1

2 Matemática e Educação Ambiental 4 Introdução 4 Informações úteis aos educadores –A importância sanitária do lixo –Projeto de coleta seletiva –Projeto 3Rs –A problemática social do lixo 4 Educação Ambiental e a Matemática –Economize água –Evite poluir o solo –Preserve a flora 4 Conclusão

3 I Introdução 4 Qual a importância da Educação Ambiental??? 4 Como podemos associar Educação Ambiental à Matemática?

4

5 II. Informações aos Educadores 4 O lixo é considerado um problema sanitário pois favorece a transmissão de doenças. 4 No habitat do lixo os principais agentes transmissores de doenças são: –As moscas que são responsáveis por cerca de 23 doenças, destacando-se a febre tifóide, salmonelas, desinterias, etc. –As baratas são transmissoras de febre tifóide, cólera, etc. –As formigas também são transmissoras de várias doenças. –Os ratos são transmissores de 18 doenças, destacando-se leptospirose, pestes, lepra, tifo e etc. –Os urubus abrigam o vírus da toxoplasmose.

6 Projeto Coleta Seletiva 4 A idéia básica da Coleta Seletiva é que sejam separados na própria fonte, materiais recicláveis e reutilizáveis que normalmente não são aproveitados. 4 Os materiais são recolhidos, preparados, pesados e comercializados dentro das condições específicas de cada área urbana. O destino final destes materiais são as indústrias de reciclagem ou setores que reutilizam determinados materiais. 4 Aos órgãos públicos cabem significativos ganhos indiretos tais como a economia no transporte e na destinação do lixo, maior consciência ambiental da população, dentre outros. 4 Além de criar empregos, evitar o desperdício da matéria-prima e minimizar os impactos ambientais, a coleta seletiva deve ser encarada como um instrumento eficaz de Educação Ambiental que prepara e incentiva outras atividades similares.

7 Projeto 3Rs 4 Este projeto constitui-se de três parâmetros que são: –R edução do consumo e do desperdício - pensar duas vezes antes de comprar ou usar algum produto, sempre observando a marca, tipo ou tamanho que gerará menos resíduos; –R eutilização de objetos e materiais - aproveitar ao máximo antes de descartar, usando a criatividade; –R eciclagem - planejar o destino do lixo e separá-los em 5 grupos diferentes (vidros, metais, plásticos, papéis e orgânicos)

8 A problemática social do lixo 4 A problemática do lixo no meio urbano abrange alguns aspectos relacionados à sua origem e produção. Resumidamente, podemos dizer que o lixo urbano resulta da atividade diária do homem em sociedade. 4 Só compreendemos a real importância da coleta do lixo quando por algum motivo os lixeiros faltam e os detritos acumulam-se. 4 As prefeituras defrontam-se com a escassez de recursos para serem investidos não apenas na coleta, como também no processamento e na disposição final do lixo recolhido. 4 Isso faz com que os lixões continuem sendo o ponto de chegada de maior parte dos resíduos urbanos produzidos no Brasil.

9 III Educação Ambiental e Matemática

10 ECONOMIZE ÁGUA

11 Economize água Apenas 0,01% dos ¾ de água que compõe a Terra é potável. Hoje 40% da população mundial enfrenta escassez de água para beber, situação que poderá se agravar nas próximas décadas por causa dos impactos provocados pela poluição e, principalmente, pelo desperdício. A cada dez litros distribuídos, estima-se que três sejam desperdiçados por descuido ou falta de atenção em atividades cotidianas.Quinze minutos de lavagem de carro com esguicho de mangueira, por exemplo, consomem 600 litros de água. Uma torneira aberta, enquanto se escova dentes, ou descargas demoradas no banheiro despendem respectivamente cerca de 15 a 20 litros. Vazamentos em torneira chegam a gastar 40 litros ao dia. De acordo com a Sabesp – Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, 40% dos 4,3 milhões de litros de água distribuídos diariamente na grande São Paulo são mal aproveitados. Além disso é importante economizar água para o nosso próprio benefício, isso porque 63% do peso corporal de uma pessoa é formado por água.

12 Exercícios Propostos 4 Segundo o texto, a cada 10 litros de água distribuídos 3 são desperdiçados. Qual o desperdício de água em porcentagem? 4 Qual o seu peso? Se 63% do seu peso corporal é formado por água, qual é o peso da água no seu corpo? Mediante a este resultado, qual a importância da água para sua vida? 4 Suponha que um indivíduo queira fabricar um quilo de aço, onde são usados 600 litros de água para a sua fabricação. Este indivíduo resolve obter a água a partir da economia da água desperdiçada durante a escovação dos dentes (segundo o texto, uma torneira aberta, enquanto se escova os dentes, despende cerca de 15 litros de água). Supondo que o indivíduo escove os dentes 3 vezes ao dia, qual será a sua economia diária de água se em cada escovação ele manter a torneira fechada? Quantos dias ele levará para produzir 1 quilo de aço?

13 Paradigmas criados pelo professor 4 Economize água –Não tomando banhos demorados. –Fechando a torneira enquanto se ensaboa a louça, escova os dentes ou faz a barba. –Reutilizando a água da máquina de lavar na lavagem do quintal. –Não substituindo a vassoura pelo esguicho da água na lavagem do quintal e das calçadas. –Não dando descargas demoradas. –Verificando se há vazamentos em casa.

14 EVITE POLUIR O SOLO

15 Evite poluir o solo A industrialização e a cultura do descartável características deste final de século, impõem como tarefa às autoridades públicas encontrar destinção adequada para as mais de 90 mil toneladas de lixo produzidas diariamente no país. Este volume equivale a mil caminhões cheios ou ao peso de 18 mil elefantes. Para piorar, cerca de 88% do lixo brasileiro é lançado em terrenos a céu aberto, repercutindo tanto na poluição do solo quanto na do ar. Cada habitante gera em média 800 gramas de lixo por dia. Uma das soluções encontradas para reduzir o impacto dos resíduos sólidos ao meio ambiente é a coleta seletiva de lixo. O reaproveitamento de resíduos recicláveis pode diminuir o consumo de recursos naturais e a poluição ambiental, melhorando a qualidade de vida das populações dos grandes centros urbanos. Enfatizaremos a seguir as principais vantagens na reciclagem de papéis, alumínios, vidros, plásticos.

16 Por que reciclar papel? No Brasil, o consumo de papel e papelão gira em torno de 4,6 milhões de toneladas por ano. 37% do papel e papelão que circularam no país em 1994 retornou a produção através da reciclagem, totalizando 1,7 milhão de toneladas. Para este cálculo, considerou-se a produção total(PT) somada à importação(IMP), subtraindo o volume exportado: (EXP) (PT + IMP – EXP). 75% do total de papéis circulantes no mercado são recicláveis. A maior parte do papel destinado à reciclagem, cerca de 86%, é gerado por atividades comerciais e industriais. Para cada tonelada de papel reciclado deixam de ser derrubadas de 10 a 20 árvores adultas, mais precisamente 1 tonelada de papel reciclado substitui 4 metros cúbicos de madeira, ou 20 pés de eucalíptos.

17 Por que reciclar alumínio? A lata de alumínio é usada principalmente como embalagem de bebidas. Cada brasileiro consome em média 10 latinhas por ano, volume bem inferior ao norte-americano, que é de 375. Além de reduzir o lixo que vai para os aterros, a reciclagem deste material proporciona significativo ganho energético. Para reciclar uma tonelada de latas gasta-se 5% da energia necessária para produzir a mesma quantidade de alumínio pelo processo primário. Isso significa que cada latinha reciclada economiza energia elétrica equivalente ao consumo de um aparelho de TV ligado durante 3 horas. A reciclagem evita a extração da bauxita, o mineral beneficiado para a fabricação da alumina, que é transformado em liga de alumínio. Cada tonelada do metal exige cinco de minério.

18 Por que reciclar alumínio? 60% da produção nacional de latas é reciclada. Em 1994 o índice foi de 56%. Os números brasileiros superam países industrializados como Japão (44%), Inglaterra (23%), Alemanha (22%) e Itália (22%). Os EUA recuperam 62%, o equivalente a 61 bilhões de latas por ano. A lata de alumínio é material reciclável mais valioso. O preço pago por uma tonelada varia de US$ 500 a US$ 700 – o quilo equivale a 62 latinhas e vale 10 vezes mais que um quilo de papel. O consumidor recebe nos postos de troca (supermercados) um bônus para ser descontado nos estabelecimentos credenciados com valor correspondente ao número de latas entregue para reciclagem. Algumas campanhas promovem a troca de latas por equipamentos úteis a escolas e entidades filantrópicas – 3,3 mil latas valem um ventilador de teto, 181,7 mil um microcomputador e 150 mil uma fotocopiadora.

19 Por que reciclar o vidro? Usando em sua formulação areia, calcário, barrilha e feldspato, o vidro é durável, inerte e tem alta taxa de reaproveitamento nas residências. A metade dos recipientes de vidro fabricados no país é retornável. Além disso o material é de fácil reciclagem: pode retornar à produção de novas embalagens substituindo totalmente o produto virgem sem perda de qualidade. A inclusão de caco de vidro no processo normal de fabricação de vidro reduz o gasto com energia. Para cada 10% de caco de vidro na mistura, economiza-se 2,5% da energia necessária para a fusão nos fornos industriais. Cerca de 3% do lixo brasileiro é composto de vidros, o que é equivalente a 80kg por habitante anualmente, mas somente 25kg por habitante são reciclados e o restante vai para aterros e lixões. Vale ressaltar que o vidro é 100% reciclável.

20 Por que reciclar o plástico? Em 1862, o inglês Alexander Parkes produziu o primeiro plástico. Durável e leve o material tornou-se um dos maiores fenômenos da era industrial. No entanto, como não é biodegradável, o plástico passou a sofrer críticas de setores ambientalistas mais radicais. A reciclagem, que começou a ser feita pelas próprias industrias para reaproveitamento de suas perdas de produção, contribuiu para reduzir o impacto dos aterros de lixo. Além da questão ambiental, em termos econômicos o desperdício não se justifica: usando plástico é possível economizar até 50% de energia, entretanto se este plástico for descartado em lixões levará em média de 200 a 450 anos para se decompor. Leve, resistente e prático, o plástico rígido é o material que compõe cerca de 60% das embalagens plásticas no Brasil, como garrafas de refrigerantes, recipientes para produtos de limpeza e higiene e potes de alimentos.

21 Por que reciclar o plástico? O Brasil consome 1,8 milhão de toneladas de plástico por ano. Dessas 350 mil toneladas são despejadas anualmente nos aterros sanitários. Como a vida útil do material não acaba no momento em que é descartado no lixo, ele pode ser reprocessado, gerando novos artefatos plásticos e energia. Calcula-se que existam no Brasil cerca de 300 instalações industriais de reciclagem de plástico, que faturam perto de R$ 250 milhões por ano e geram até 20 mil empregos diretos. A maior parte é formada por pequenas empresas. 15% dos plásticos rígidos e filmes consumidos no Brasil retornam à produção como matéria prima, o que equivale a 200 mil toneladas por ano. Deste total, 60% provêm de resíduos industriais e 40% do lixo urbano, segundo estimativa da ABREMPLAST.

22 Exercícios Propostos 4Segundo o texto, nosso país produz diariamente 90 mil toneladas de lixo, como 88% é lançado a céu aberto, quantas toneladas de lixo são descartadas a céu aberto diariamente? Quantas toneladas recebem outra destinação? 437% do papel e papelão (...) retornou a produção através da reciclagem, totalizando 1,7 milhão de toneladas. Quantas toneladas de papel não foram reaproveitadas? 4Desenhe um gráfico que represente as porcentagens de latas recicladas no Brasil, Japão, Inglaterra, Alemanha, Itália e EUA. 4Se um quilo equivale a 62 latinhas, quantas latinhas são necessárias para se alcançar uma tonelada.

23 Exercícios Propostos 4O preço pago por uma tonelada de latas de alumínio varia de US$ 500 a US$ 700 e vale 10 vezes mais que uma tonelada de papel. Quanta custa uma tonelada de papel? 4Um indivíduo consome anualmente cerca de 80kg de vidro por ano, sendo que deste total somente 25kg é reciclado. Qual o desperdício de vidro por pessoa anualmente? 4Se somente 15% dos plásticos retornam a produção, e isto equivale a 200 mil toneladas por ano, quantas toneladas são mal descartadas anualmente? 4Considerando-se que uma geração viva em média 60 anos, e que os plásticos levam 500 anos para se decompor, se no dia de hoje um plástico for mal descartado por você, quantas gerações suas futuramente conviverão com este plástico?

24 Paradigmas criados pelo professor 4Evite poluir o solo –Não jogando lixo, por menor que seja, nas ruas, córregos, terrenos baldios, praia, parques e outros locais públicos. –Não usando exageradamente produtos descartáveis. –Reutilizando embalagens. –Organizando ou participando de programas de coleta seletiva de lixo em sua comunidade.

25 PRESERVE A FLORA

26 Por que preservar a flora? Importante elo da cadeia alimentar, as plantas fornecem alimentos e cumprem várias funções na garantia do equilíbrio ecológico. São elas que contribuem, por exemplo, para regular a temperatura, a quantidade de oxigênio no ar e o grau de umidade. Além disso, evitam também a erosão do solo, protegendo-o contra o impacto da chuva e, consequentemente, evitando o assoreamento dos rios. Servem de alimento e abrigo a inúmeras espécies animais tanto nas áreas urbanas quanto nas rurais. As plantas ajudam ainda a diminuir a poluição sonora e a embelezar espaços livres, contribuindo para reduzir o estresse típico das grandes cidades. Numa mata em apenas 6 km quadrados é possível encontrar 1500 espécies de plantas, 400 de pássaros e 42 mil insetos. Apesar disto entre 12 e 20 hectares de florestas desaparecem diariamente no mundo.

27 Amazônia Confira quanto a Amazônia perde de floresta a cada ano (em quilômetros quadrados) A área destruída apenas em 1997 equivale a quase metade do Estado de Alagoas.Ao todo, nas últimas décadas, a Amazônia já perdeu o equivalente a uma França.

28 Exercícios Propostos 4Qual o total de área destruída na Amazônia de 1989 até 1997? Se em 6 km quadrados é possível encontrar 1500 espécies de plantas, quantas espécies foram destruídas neste período?

29 Paradigmas criados pelo professor 4Preserve a flora: –Não arrancando de forma indiscriminada, nenhum tipo de vegetal. –Não trazendo flores ou plantas como lembranças de viagem. –Não desmatando margens de cursos de rios e córregos. –Cultivando plantas nativas e cuidando das que forem semeadas em espaços públicos.

30 Conclusões 4 Os exercícios elaborados neste trabalho, quando trabalhados na escola, devem propiciar aos alunos reflexões sobre os assuntos ambientais que têm possibilidade de um tratamento matemático. Implica, portanto, entender que em todo tipo de sociedade – em qualquer tempo ou espaço – instituem-se determinadas representações da natureza, economia e qualidade de vida. Aquilo que aqui propomos tem o fundamento no compreender a realidade para poder desenvolver o caminho até a internalização dos conceitos, de modo contextualizado e refletido para a conscientização.


Carregar ppt "Matemática e Educação Ambiental 4 Introdução 4 Informações úteis aos educadores –A importância sanitária do lixo –Projeto de coleta seletiva –Projeto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google