A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apresentação de Estágio Supervisionado Juseverck Abreu Lopes Junior 2012.1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Apresentação de Estágio Supervisionado Juseverck Abreu Lopes Junior 2012.1."— Transcrição da apresentação:

1 Apresentação de Estágio Supervisionado Juseverck Abreu Lopes Junior

2 Histórico A Coppe – Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia – nasceu disposta a ser um sopro de renovação na universidade brasileira e a contribuir para o desenvolvimento do país. Fundada em 1963 pelo engenheiro Alberto Luiz Coimbra, ajudou a criar a pós-graduação no Brasil e ao longo de quatro décadas tornou-se o maior centro de ensino e pesquisa em engenharia da América Latina.

3 O crescimento foi vertiginoso. Em 1968, já estavam criados dez dos 12 programas que, hoje, formam a COPPE. Dois anos depois, já era necessário criar a COPPETEC, para organizar a prestação de serviços a empresas e órgãos de governo que assediavam os docentes em busca de consultorias, projetos e soluções tecnológicas. Desde então, a Fundação COPPETEC já administrou cerca de 10 mil contratos. A modesta infra-estrutura de pesquisa do início é hoje um complexo de 113 laboratórios, muitos em padrão de igualdade com os melhores do exterior ou até superiores, como é o caso do tanque oceânico para simulação do comportamento do mar. Histórico

4 Pesquisa Ensino Projetos Básica Soluções para Problemas de Gestão Processo e Produção do Desenvolvimento de Tecnologias Formação em Gestão Aplicada Cursos de Extensão Pós - Graduação Stricto Sensu Pós - Graduação Lato Sensu Cursos de Graduação Avaliação Tecnológica Cooperação Internacional Universidades Companhias Objetivos

5 12 Programas de Pós Graduação Engenharia Biomédica Engenharia Civil Engenharia Metalurgica e de Materiais Engenharia Mecânica Engenharia Elétrica Engenharia Naval e Oceânica Engenharia Eletrônica Engenharia de Transportes Planejamento Energético Engenharia de Produção Engenharia de Computação e Sistemas Engenharia Química COPPE D epartamentos

6 Setor industrial Projetos Interativos com a Sociedade Setor de Serviços Setor Governamental Petróleo e Gás Naval e Offshore Energia Química e Biotecnologia Minerais e Siderurgia Telecomunicações Construção Software Gestão de Processos Planejamento de Política Pública Gestão em Transporte Estratégico Tecnologia Aplicada à Sociedade

7 113 Laboratorios 2 Incubadoras Parque Tecnológico Companhias de Tecnologias de Base Cooperativas Populares NACAD - High Performance Computing Attendance Nucleus SGI-Altix Cluster Itautec Infraestrutura de Pesquisa Tanque Oceânico Ocupando m 2

8 Total de títulos concedidos (até 2010) mestres doutores Produção acadêmica (em 2010) 344 dissertações de mestrado 176 teses de doutorado A COPPE em números

9 Interação com a sociedade (governos, empresas e sociedade civil) contratos no total projetos em andamento 94 patentes depositadas 13 softwares registrados

10 A COPPE em números Recursos humanos e infraestrutura física 325 professores doutores alunos mestrandos e doutorandos 350 funcionários 12 programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) 116 laboratórios incubadora de empresas de base tecnológicaincubadora tecnológica de cooperativas popularesnúcleo de atendimento em computação de alto desempenho

11

12 O Laboratório de Tecnologia Submarina (LTS) foi criado em 1989 para atender às crescentes demandas por tecnologia profundas. Os projetos desenvolvidos desde então têm proporcionado capacitação tecnológica e de pessoal para responder aos desafios relacionados à exploração de recursos em lâminas d´aguas cada vez mais profundas.

13 Principais Parceiros PETROBRASFINEP CEFET CAMPOS CENPES PHELPS DODGE MFX BREDERO SHAW WELLSTREAM PRYSMAN FICAP CONFAB SUBSEA7 COPPETRANSPETRO

14 EQUIPAMENTOS

15 Câmara Hiperbárica Vertical Pressão máxima de trabalho: 1500 psi; Comprimento útil: 1,2 m; Diâmetro interno: 1,5 m; Temperatura de trabalho: ambiente; Fluido de pressurização: água doce; Unidade de pressurização contendo bomba hidráulica de acionamento pneumático e válvula reguladora de pressão eletrônica controlada por CLP; Malha para medição de pressão contendo transmissor eletrônico de pressão + módulo condicionador de sinais + computador com placa A/D.

16 Câmara Hiperbárica Horizontal Pressão máxima de trabalho: 7500 psi; Diâmetro interno: 380 mm; Comprimento útil: 5 m; Fluido de pressurização: água doce; Unidade de pressurização contendo bomba hidráulica de acionamento pneumático e válvula reguladora de pressão eletrônica controlada por CLP; Malha para medição de pressão contendo transmissor eletrônico de pressão + módulo condicionador de sinais + computador com placa A/D.

17 Câmara Termo-Hiperbárica Pressão máxima de trabalho: psi; Temperatura máxima de trabalho: 200 °C; Potência do sistema de aquecimento: 12 KVA; Fluido de pressurização: água, óleo, petróleo ou misturas; Dimensão útil: L 2500 mm x Ø 200 mm; Unidade de pressurização para psi, equipada com 4 TPs com capacidade de 1450, 2900, 5000 e psi; Sistema de aquecimento com resistências elétricas, controladas por um modulador de potência.

18 Shaker Eletrodinâmico Frequência de trabalho: 5 a 2500 Hz; Deslocamento máximo: 38 mm; Velocidade máxima: 1,8 m/s; Aceleração máxima: 100 g; Carga máxima estática: 150 Kg.

19 Sistemas de Aquecimento Forno com aquecimento por infravermelho acoplado ao shaker eletrônico Temperatura máxima: 200 C Forno Elétrico Temperatura máxima: 300 C

20 Calibração Balança de peso morto XIAN Faixa de indicação: 1 a 60 Mpa; Exatidão: 1/ Mpa. Balança de peso morto Budenberg 580 Series Faixa de indicação: psi; Exatidão: 0,1/ 1 psi. Controlador digital de pressão GE RUSKA 7615 Faixa de escala: 0 – psi. Banho térmico LAUDA RP845 Comprimento : 210 mm; Diâmetro : 4 mm; Resolução: 0,01 °C.

21 Aparato de Fadiga Comprimento máximo do modelo: 6 m; Diâmetro externo máximo do modelo (fora revestimento): 324 mm; Momento de flexão máximo: aproximadamente 600 KN.m; Tração axial máxima: 2000 KN; Faixa de freqüência de teste: 5 a 15 Hz.

22 Aparato de Dobramento Comprimento máximo dos modelos: 5,2 m; Diâmetro externo máximo dos modelos: 324 mm; Força máxima aplicada nos punções: 800 KN; Raios de curvatura dos punções de flexão: 6 e 8 m; Raios de curvatura dos punções de retificação: 30 e 40 m.

23 Máquina Servo-Hidráulica de Tração Máquina servo-hidráulica dinâmica, dotada de extensômetro óptico com medição longitudinal e transversal ; Câmara Térmica: -70 o C a +250 o C Capacidade máxima: 250KN; Curso máximo: 150 mm; Dimensões da área de teste: 664 x 1515 mm; Células de carga de: 250KN e 25KN.

24 PROJETOS

25 Estudos com materiais inteligentes O Laboratório de Tecnologia Submarina possui um grupo de estudos sobre materiais inteligentes, em especial ligas com memória de forma, desde Contamos com os aparatos necessários para realização de testes específicos para o estudo e desenvolvimento destas ligas. Durante os anos de atuação, este grupo produziu: uma tese de mestrado, uma de doutorado, dois artigos publicados em revistas internacionais indexadas, três participações em congressos internacionais e quatro relatórios técnicos para PETROBRAS. Dentre as atividades realizadas, pode-se ressaltar: Modelagem constitutiva do efeito de memória de forma SMA e FSMA Modelagem numérica por elementos finitos Desenvolvimento de dispositivos de atuação

26 Estudos com materiais inteligentes Dispositivo linear de atuação por memória de forma Este dispositivo permite atuar uma válvula pelo aquecimento e resfriamento dos elementos de memória de forma. Sua concepção permite flexibilizar a força de atuação que pode alcançar até 5 ton.

27 Desenvolvimento de Válvula Acionada por Material com Memória de Forma

28 Estudos com materiais inteligentes Dispositivo tipo carretel de atuação por memória de forma Uma outra concepção de dispositivo de atuação é o tipo carretel. Este permite gerar torque entre dois tubos concêntricos ou força de tração. Seu princípio de atuação é similar ao linear, porém maximiza o espaço ocupado por utilizar os elementos de memória de forma enrolados. Possui também grande flexibilidade de torque e força de atuação de acordo com a quantidade de elementos de memória de forma utilizados.

29 Energy Harvesting Piezoelectric piezoelectric vibration-based energy harvester Numerical Results

30 Energia das Ondas do Mar Junta de Cooperação COPPE / Eletrobras / Ceara State Planta Protótipo: 500 KW Previsão de Atendimento: 200 famílias Inovação: Conversão de energia através da água armazenada em câmaras hiperbáricas.

31 Energia das Ondas do Mar

32 Fontes para consulta

33 Obrigado


Carregar ppt "Apresentação de Estágio Supervisionado Juseverck Abreu Lopes Junior 2012.1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google