A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4 as séries do Ensino Fundamental I - 2005. DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4 as séries do Ensino Fundamental I - 2005. DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que."— Transcrição da apresentação:

1 4 as séries do Ensino Fundamental I

2 DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que gostamos. Durante nossa caminhada sempre encontramos obstáculos, ora difíceis, ora fáceis, nos deparamos diante deles e somos obrigados a enfrentá-los frente a frente. Convivendo, praticamente, a maior parte dos nossos dias com crianças não podemos deixar de dizer que cada minuto de convivência é um aprendizado a mais em nossas vidas. Criança lembra VIDA e VIDA é tudo o que precisamos para continuar preenchendo nossa agenda de compromissos diários. Os poemas, abaixo, foram feitos com muito carinho após abordarmos as várias formas de VIVER das diferentes CRIANÇAS de vários lugares do mundo. Esperamos que gostem das palavras que foram, uma a uma, escritas para alertar, conscientizar e até mesmo humanizar cada leitor. Que a CRIANÇA que existe em você nunca deixe de sonhar e ter esperanças!

3 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 A mor, fé, direito, disto as crianças precisam, mas algumas sofrem de preconceito. enquanto estamos com cultura, há crianças na rua. Criança rima com esperança precisam de mãe, pai e irmãos. nós aprendemos o sentido da vida enquanto os outros não estão nem ai na vida. JULIA MATHIAS

4 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 Anjo Quando olho no berço e vejo aquele lindo bebezinho parecendo um anjinho. Aquele lindo bebezinho é meu amiguinho e, quando quer algo, vive fazendo biquinho. ADRIANA

5 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 BRINQUEDO Toda criança tem seu brinquedo. Nenhuma criança esconde seu segredo. Mas, pensar que algumas crianças têm muito medo de um dia não terem mais seu brinquedo. Espero que logo cedo as crianças não tenham tanto medo de não terem mais um brinquedo. ALINE

6 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 CARINHO Dar carinho é Fazer feliz mais um coração O coração fica feliz A criança vive a sorrir O amor para um criança Faz bem e lhe dá prazer Porque onde há criança Nunca falta humor Carinho nunca é demais Criança precisa ter paz Quando tem pureza no coração Pode contar com sua colaboração ARNALDO

7 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 CRIANÇA Uma criança adora dança e não se cansa de ter esperança. A criança é legal, sensacional e gosta do mundo virtual. CAMILA

8 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 DIREITOS Todas crianças têm direitos Mas algumas sofrem com o preconceito Crianças correm como o leito dos rios, começam mamando no peito e terminam um adulto sem jeito. As crianças precisam de respeito mas devem também respeitar Porque, futuramente, serão cidadãos que a paz promoverão. CAROLINA

9 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 FAMÍLIA A família é muito importante para a criança, Sem a família a criança não tem esperança,e Uma criança tem que ter esperança, Para nunca perder em si a confiança. Família tem que ser cuidadosa e, Com a criança promover a educação. Pois no futuro esta criança, Vai ter um bom coração. Agradeço todos os dias Pela família que tenho, Só de pensar em viver sem ela, Meu coração se congela. LAÍS OLIVA

10 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 GERAÇÃO A criança é uma nova geração quando crescermos faremos uma grande nação quando ficarmos adultos a gente terá muita conscientização com amor no coração Quando damos uma opinião As pessoas dizem não Não nos cansamos de falar para que um dia alguém possa nos escutar Sou da geração do futuro Mas não sei se será seguro Quero um futuro melhor E nunca o pior! LARYSSA

11 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 HARMONIA A CRIATIVIDADE É UM DOM. A HARMONIA É UMA ALEGRIA. O AMOR É O CALOR O BEM É O QUE FAZ BEM. A CRIANÇA É A ESPERANÇA PARA O MUNDO MELHORAR. A CRIANÇA É ALEGRE E SEMPRE NOS ENSINA A AMAR. UM MUNDO SEM GUERRAS É O QUE DESEJAMOS, TODO DIA. E A CRIANÇA NO FUTURO NÓS DARÁ SÓ ALEGIRA ! LEONARDO

12 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 IMAGINAÇÃO A Imaginação nos faz viver a ilusão. Ilusão é sonhar, sonhar com a união palavra que consegue fazer vibrar o meu coração. Para ter imaginação é preciso pensar, pensar muito, só assim poderemos criar e nos libertar. Falam que toda criança tem imaginação fértil, de sobra, é que nós não temos medo de viver e nem vergonha de ser feliz. Letícia

13 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 JOGADOR Toda criança quer ser um jogador. Quer ter um amor. Toda criança quer ser generosa, bondosa. A maioria é legal E outras bem mal. LUCAS

14 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 MÚSICA Decidi escrever sobre música pois de música sei escrever. Ela me faz lembrar de criança. Música não dá para esquecer. Na música tem rap, Funk, samba também. Tango, uma bela valsa Que sei dançar muito bem! MANUELA PARPINELLI VOLPE

15 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 Liberdade Será que todas As crianças têm Liberdade, respeito, e amizade? Liberdade é uma Coisa muito importante Para qualquer Criança, pode ser rico Ou pobre! Tomara que todas tenham Um pouquinho de esperança Para que no futuro, de verdade Conheçam a liberdade. Manuela Bitar

16 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 N U V E M Quando era criança Adorava observar Os desenhos que as nuvens Passavam a me mostrar. Eu adorava, Quando olhava A linda nuvem no céu Ela me dava: Liberdade, Felicidade,principalmente, Me fazia sonhar com uma vida de dignidade MATHEUS COLOMBO

17 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 OLHAR O olhar da criança Brilha sempre com esperança Porque ela tem confiança em tudo Sabem seu futuro Porque vêem pelo seu olhar Porque sabem passar Tudo o que eles têm de derrotar Quando bate seu coração Todos têm ilusão Se tem gente que não tem visão Mesmo assim eles campeões serão. MATHEUS PINOTTI

18 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 POESIA Poesia tem esperança, harmonia e alegria. E a criança também quando vive seu dia-a-dia. A poesia é animal de legal. E a criança tem muita confiança e nunca perde a esperança. NATHAN

19 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 A criança sempre quer tudo E na hora que ela quer. Busca aprender A parar de tanto querer. Criança quer ser amada E por todos respeitada. Deseja ser cuidada E nunca ser maltratada. QUERER PEDRO HENRIQUE

20 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 SENSAÇÃO DE ORGULHO Sinto hoje uma sensação em meu coração, que esta nação está indo em frente e que toda essa gente já foi uma criança inocente. Mas ainda tenho esperanças de que crianças serão mais que isso, e abrirão um sorriso, como se já conseguiram fazer desse Brasil um paraíso. SÉRGIO HENRIQUE

21 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 Ternura Criança lembra ternura, Se lembra ternura Por que tem crianças cheia de amargura? Crianças são tão puras, e vivem Num Brasil sem cultura! Prefeitos prometem e juram sua vida melhorar Quero ver tirar das ruas e começar a ajudar. THIAGO TORRES

22 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 ÚNICA Existem milhões de crianças vivendo no mundo. Cada uma é diferente das outras: Na cor,beleza,inteligência mas a pureza e delicadeza sempre prevalecem em seus olhos bem no fundo. Todas são únicas no planeta e gostam de dar piruetas. Eu me chamo Vinicius e tenho muitos amigos. E adeus, fiquem sempre com Deus! VINÍCIUS BORTOLUZZO

23 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 Vida A vida é Muito bonita Linda maravilhosa E gostosa A vida nos Traz alegria Eu amo muito Minha vida Cada criança Cuida da sua Vida com amor e esperança Vida de criança é alegre Divertida e feliz VINÍCIUS COLOMBO

24 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 XERETA A criança é xereta Quando não gosta Faz muita careta E xeretar é amar Ser xereta não é nada é Só um pouco de curiosidade E xeretar é amar E também é ter felicidade VITOR HUGO

25 POESIA DE CRIANÇA 4ª SÉRIE A E.F.I/2005 ZORRA Criança é uma zorra, Fazem brincadeiras, E isso acaba dando em zorra. As vezes não vira. Há dois tipos de zorra, Tem o de primeira e segundo graus A de primeiro grau é só o quarto, Que fica bagunçado, A de segundo grau é a casa inteira. Mas deixe elas fazerem uma zorra, De vez em quando não faz mal. CANDIDA


Carregar ppt "4 as séries do Ensino Fundamental I - 2005. DEDICATÓRIA Pois bem... Chegando ao término de mais um ano letivo, pensamos como é maravilhoso fazer o que."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google