A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4.4 Igreja: Comunidade de comunidades. Comunidades são escolas de diálogo interno e externo. (DGAE 64) O diálogo é o caminho permanente para a boa convivência.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4.4 Igreja: Comunidade de comunidades. Comunidades são escolas de diálogo interno e externo. (DGAE 64) O diálogo é o caminho permanente para a boa convivência."— Transcrição da apresentação:

1 4.4 Igreja: Comunidade de comunidades

2 Comunidades são escolas de diálogo interno e externo. (DGAE 64) O diálogo é o caminho permanente para a boa convivência e o aprofundamento da comunhão. (DGAE 98)

3 A variedade de vocações, carismas, espiritualidades e movimentos é uma riqueza e não motivo de competição, rejeição ou discriminação. (DGAE 98) A variedade de vocações, carismas, espiritualidades e movimentos é uma riqueza e não motivo de competição, rejeição ou discriminação. (DGAE 98) Grande é o desafio da educação para a vivência da unidade na diversidade. (...) Quanto maior for a comunhão, tanto mais eficaz será o testemunho de fé da comunidade. (DGAE 98) Grande é o desafio da educação para a vivência da unidade na diversidade. (...) Quanto maior for a comunhão, tanto mais eficaz será o testemunho de fé da comunidade. (DGAE 98)

4 Paróquias têm importante papel na vivência da fé. Para a maioria de nossos fiéis, elas são o único espaço de inserção na Igreja. Relação que se restringe aos chamados serviços paroquiais (DGAE 99) Paróquias têm importante papel na vivência da fé. Para a maioria de nossos fiéis, elas são o único espaço de inserção na Igreja. Relação que se restringe aos chamados serviços paroquiais (DGAE 99) É urgente que a paróquia se torne cada vez mais, comunidade de comunidades vivas e dinâmicas de discípulos e missionários de Jesus Cristo. (DGAE 99) É urgente que a paróquia se torne cada vez mais, comunidade de comunidades vivas e dinâmicas de discípulos e missionários de Jesus Cristo. (DGAE 99)

5 As Paróquias são células vivas da Igreja e lugar privilegiado no qual a maioria dos fiéis tem uma experiência concreta de Cristo e a comunhão eclesial (DAp 170), mas precisam de renovação e reformulação de suas estruturas para que sejam rede de comunidades e grupos (DAp ). (DGAE 100)

6 Fazer da Igreja a casa e a escola da comunhão: eis o grande desafio que nos espera no milênio que começa, se quisermos ser fiéis ao desígnio de Deus e corresponder às expectativas mais profundas do mundo. (NMI 43)

7 Entre as formas de renovação da paróquia está a urgência de sua setorização em unidades territoriais menores, com equipes próprias de animação e de coordenação que permitam maior proximidade com as pessoas e grupos que vivem na região. (DGAE 101) DAp 372; SD 58 a 60 (setorização)

8 Nem sempre é fácil passar de uma paróquia centralizada num único prédio, (...) a uma paróquia comunidade de comunidades espalhadas por todo o seu território. (...) Investir na descentralização. (DGAE 101; DAp 365)

9 Nas pequenas comunidades eclesiais temos um meio privilegiado para a Nova Evangelização e para chegar a que os batizados vivam como autênticos discípulos e missionários de Cristo. (DAp 307) São elas um ambiente propício para escutar a Palavra de Deus, para viver a fraternidade, para animar na oração, para aprofundar processos de formação na fé e para fortalecer o exigente compromisso de ser apóstolos na sociedade de hoje. (DAp 308)

10 DGAE 102; Puebla 629; 632 Investir em líderes e em sua capacitação. (cf. Puebla 630) Formas válidas de pequena comunidades e redes de comunidades, de movimentos, de grupos de vida, de oração e de reflexão da Palavra de Deus. (DAp 180 e 312)


Carregar ppt "4.4 Igreja: Comunidade de comunidades. Comunidades são escolas de diálogo interno e externo. (DGAE 64) O diálogo é o caminho permanente para a boa convivência."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google