A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I ENCONTRO DO CRM / 2006 MOTIVAÇÃO. PRÁTICA EM CRM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I ENCONTRO DO CRM / 2006 MOTIVAÇÃO. PRÁTICA EM CRM."— Transcrição da apresentação:

1 I ENCONTRO DO CRM / 2006 MOTIVAÇÃO

2 PRÁTICA EM CRM

3 I ENCONTRO DO CRM / 2006 OBJETIVO Aprofundar a compreensão em relação à Prática do CRM, desmitificando o uso de suas ferramentas.

4 I ENCONTRO DO CRM / 2006 ROTEIRO Atitude X Comportamento Fases do CRM Fase Prática em CRM: -Conceituação; -Tipos; -Metodologia; -Prazo.

5 I ENCONTRO DO CRM / 2006 I ATITUDE X COMPORTAMENTO Postura do corpo, posição, jeito, aspecto, maneira, norma de procedimento que uma pessoa mantém em determinada conjuntura, propósito ou maneira de expressão. (Dicionário O Globo) PERCEPÇÃO / TEORIA Modo de comportar-se, procedimento. (Dicionário O Globo) AÇÃO / REAÇÃO / PRÁTICA

6 I ENCONTRO DO CRM / 2006 ATITUDE COMPORTAMENTO II ATITUDE X COMPORTAMENTO

7 I ENCONTRO DO CRM / 2006 III ATITUDE X COMPORTAMENTO ATITUDE / TEORIA COMPORTAMENTO / PRÁTICA TEMPO INTENSIDADE ESTRESSORES INTERNOS / EXTERNOS

8 I ENCONTRO DO CRM / 2006 I FASES: 1 a. FASE - CONCEITOS INICIAIS 1ª. Fase / Treinamento dos Conceitos Iniciais (5.1): - Combinação de métodos conceituais e práticos de treinamento para introduzir a Filosofia do CRM, tais como: aulas expositivas, apresentações audiovisuais, debates, exercícios simulados e exemplos em vídeo (cenários) de comportamentos adequados e inapropriados (5.1.2). RECOMENDAÇÃO – APLICAR PARA CADA SEGMENTO ENVOLVIDO COM A ATIVIDADE AÉREA, SEPARADAMENTE, DE MODO A POSSIBILITAR A EXPOSIÇÃO, DEBATES E VIVÊNCIAS DE SITUAÇÕES QUE LHE SEJAM ESPECÍFICAS (5.1.5 e – b)

9 I ENCONTRO DO CRM / 2006 II FASES: 2 a. FASE - PRÁTICA 2ª. Fase / Prática em CRM (5.2): - Serve como reforço à 1ª. Fase (5.2.1). - Pode ser realizada em sala de aula, vôos de linha (RBHA 91, 121 e 135), simulador de vôo (Line Oriented Flight Training – LOFT / RBHA 121) ou outros tipos de simuladores (CBT, ITS, VR etc.) (5.2.1). - Deve ocorrer em período não superior a 3 (três) meses após a 1ª. Fase e tantas vezes quanto necessária (5.2.1 e c) (trinta) dias antes do fim do prazo previsto, a organização poderá solicitar, por escrito, prorrogação do mesmo ao Órgão Fiscalizador, o que, após análise, poderá ser concedida ou não (5.2.1, 10.13). RECOMENDAÇÃO - APLICAR A TODOS OS SEGMENTOS ENVOLVIDOS COM A ATIVIDADE AÉREA, EM CONJUNTO (5.2.2 e – c)

10 I ENCONTRO DO CRM / 2006 III FASES: 3 a. FASE - RECICLAGEM 3ª. Fase / Reciclagem em CRM: - Deve transformar-se numa parte inseparável da cultura da organização (5.3.1). - Deve ocorrer a cada 2 (dois) anos (5.3.2 e f). EXIGÊNCIA - APLICAR PARA TODOS OS SEGMENTOS ENVOLVIDOS COM A ATIVIDADE AÉREA, EM CONJUNTO, VISANDO REFORÇAR OS CONCEITOS DE CRM E DE FATORES HUMANOS, UMA VEZ QUE O TREINAMENTO EM CRM FUNCIONA MELHOR NO CONTEXTO DA ORGANIZAÇÃO COMO UM TODO (5.3.3 e f).

11 I ENCONTRO DO CRM / 2006 I FASE PRÁTICA EM CRM - DEFINIÇÕES ConhecimentosHabilidades Experiências Competência Competência - Capacidade para apreciar e resolver determinado assunto, pessoa de grande autoridade em algum assunto (Dicionário O Globo)

12 I ENCONTRO DO CRM / 2006 II FASE PRÁTICA EM CRM - DEFINIÇÕES HABILIDADES – Perícia, capacidade moral ou intelectual, aptidão, astúcia, manha (Dicionário O Globo) HABILIDADES COMPORTAMENTAIS (teamwork) – Voltadas para o comportamento de equipe (SALAS, BAKER,PRINCE,SHRESTHA,OSER, 1992) HABILIDADES TÉCNICAS (taskwork) – Voltadas para o desempenho da tarefa (SALAS, PRINCE, BRANNICK, 1992) Alto custo e alto grau de realismo Outros tipos- Baixo custo e baixo grau de realismo Treinamento Técnico em Simulador Treinamento Prático do CRM LOFT - Alto custo e alto grau de realismo

13 I ENCONTRO DO CRM / 2006 III FASE PRÁTICA EM CRM - TIPOS Sala de aula – Exercícios, dinâmicas, técnicas de grupo; Vôo de linha – Observação e feedback. Requer criatividade dos FACILITADORES para montar cenas do trabalho real, independente do grau de realismo do ambiente e dos procedimentos operacionais CENÁRIO INDIVIDUO- INDIVIDUO ÊNFASE da AC a / FAA /1991

14 I ENCONTRO DO CRM / 2006 IV FASE PRÁTICA EM CRM - TIPOS CENÁRIO INDIVIDUOS-COMPUTADOR (PC- COMPUTER BASED TRAINING) LOFT (Line Oriented Flight Training / Treinamento Orientado para o Vôo de Linha) – Simuladores de alta fidelidade; CBT (Computer Basic Training / Treinamento Básico em Computador) – Estudos Dirigidos no computador; ITS – (Instrument Training System / Sistema de Treinamento por Instrumento) – Softwares de jogos computacionais em aviação; RV (Realidade Virtual) – Softwares de jogos computacionais em aviação, com o uso de devices de animação e imersão virtual (luvas, capacetes, óculos etc.) Requer criatividade dos FACILITADORES para montar cenas do trabalho real, independente do grau de realismo do ambiente e dos procedimentos operacionais ÊNFASE da AC a / FAA /1991

15 I ENCONTRO DO CRM / 2006 V FASE PRÁTICA EM CRM - METODOLOGIA Análise do resultado da Pesquisa do Diagnóstico de Cultura Organizacional; Correspondência com o conteúdo da 1 a. Fase dos Conceitos Iniciais; Definição do público-alvo, tipo de operação e facilitadores em CRM; Definição das ferramentas (hardware / softwares) e dos materiais (mapas, checklists, cartas de navegação etc.) a serem usados; Definição das variáveis críticas a serem observadas, com base nesse conteúdo; Elaboração das cenas, com base nessas variáveis (plotar dificuldades, parâmetros das soluções e papéis a serem desempenhados);

16 I ENCONTRO DO CRM / 2006 VI FASE PRÁTICA EM CRM - METODOLOGIA Estabelecimento dos recursos para subsidiar a avaliação (gravação, filmagem, registro escrito etc., com autorização dos participantes); Elaboração dos instrumentos de avaliação (questionários / entrevistas de reação); Levantamento estatístico dos dados desses instrumentos; Análise do desempenho das equipes frente às variáveis críticas, com base nos parâmetros de soluções plotados; Feedback às equipes do levantamento estatístico dos dados e da análise das variáveis críticas; Gestão do processo (acompanhamento).

17 I ENCONTRO DO CRM / 2006 VII FASE PRÁTICA EM CRM - METODOLOGIA Exemplo de uma cena para treinar as habilidades comportamentais de planejamento, comunicação e tomada de decisão: Transporte de 2 passageiros de GIG / RJ para GR / SP num EC- 135; O vôo progredia durante o briefing ; A tripulação foi informada pelo CTA que o aeroporto estava fechado devido a falha de energia na Torre, tendo que decidir novo curso; O facilitador fazia o papel de CTA; Havia planejamento da opção mais apropriada, e, caso a tripulação não a escolhesse, o CTA faria o redirecionamento; Houve perda de comunicação do rádio interno com a Torre, tendo a tripulação que usar SOP e mudar a frequência.

18 I ENCONTRO DO CRM / 2006 VIII FASE PRÁTICA EM CRM - METODOLOGIA Exemplo de Questionário de Reação: (1) Me senti preparado para o que eu precisava fazer; (2) Senti dificuldade para efetuar a navegação aérea; (3) Gostaria de voar mais missões orientadas por treinamento; (4) Considero que este sistema pode ser utilizado para o Treinamento em CRM; Considero que o jogo consiste de uma forma apropriada para se praticar os conceitos do CRM.

19 I ENCONTRO DO CRM / 2006 FASE PRÁTICA EM CRM - PRAZO 1 a. Fase – Conceitos Iniciais ATÉ 3 MESES DEPOIS... 2 a. Fase – Prática em CRM DE 2 EM 2 ANOS 2a. Fase - Reciclagem

20 I ENCONTRO DO CRM / 2006 ROTEIRO Atitude X Comportamento Fases do CRM Fase Prática em CRM: -Conceituação; -Tipos; -Metodologia; -Prazo.

21 I ENCONTRO DO CRM / 2006 OBJETIVO Aprofundar a compreensão em relação à Prática do CRM, desmitificando o uso de suas ferramentas.

22 I ENCONTRO DO CRM / 2006 FECHO A Prática do CRM tem que ser levada a sério, de modo a dar frutos saudáveis, ou seja resultados positivos em relação à navegação no espaço de segurança da organização!


Carregar ppt "I ENCONTRO DO CRM / 2006 MOTIVAÇÃO. PRÁTICA EM CRM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google