A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SERVIÇOS A EVOLUÇÃO NO AMBIENTE AS DIFERENÇAS ENTRE SERVIÇOS E BENS CARACTERÍSTICAS GESTÃO INTEGRADA Aula 02.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SERVIÇOS A EVOLUÇÃO NO AMBIENTE AS DIFERENÇAS ENTRE SERVIÇOS E BENS CARACTERÍSTICAS GESTÃO INTEGRADA Aula 02."— Transcrição da apresentação:

1 SERVIÇOS A EVOLUÇÃO NO AMBIENTE AS DIFERENÇAS ENTRE SERVIÇOS E BENS CARACTERÍSTICAS GESTÃO INTEGRADA Aula 02

2 Os Serviços na Economia Moderna Serviços fazem parte de nosso consumo pessoal e profissional diariamente e em qualquer lugar aonde vamos; Clientes nem sempre estão satisfeitos com a qualidade e valor dos serviços que recebem; Prestadores de serviços possuem conjunto diferente de preocupações, estratégias e prioridades; Há exemplos em diversos setores da economia de fornecedores que obtém sucesso nos seus negócios por resolverem a fórmula: (???) = Experiência do Cliente + Lucratividade POR QUE ESTUDAR SERVIÇOS

3 A Estrutura Mutável do Emprego à Medida em que uma Economia se Desenvolve Tempo, Renda per Capita Participação do Emprego Indústria Serviços Agricultura Fonte: Banco Mundial

4 Algumas Indústrias no Setor de Serviços Bancos, financeiras Poupança Restaurantes, bares, pensões Seguradoras Notícias e entretenimento Transportes (de carga e de passageiros) Assistência Médica Educação Atacado e varejo Lavanderias, lavagem a seco Consertos e manutenção Profissionais (por ex., advogados, arquitetos, consultores)

5 Serviços como atividade interna de apoio em uma empresa Serviços InternosAdicionam valor ao produto contabilidade e administração de folha de pagamento recrutamento e treinamento serviços jurídicos transportes pensão e serviços de alimentação limpeza e paisagismo

6 Todo processo é tanto cliente como fornecedor de, pelo menos, algum outro processo Serviços como atividade interna de apoio em uma empresa GESTÃO ESTRATÉGICA DAS OPERAÇÕES DE SERVIÇOS

7 POR ISSO, PRECISAMOS: estudá-los e compreendê-los; analisar conceitos sobre serviços; compará-los com produtos; avaliar fatores de influência (internos e externos); entender seus processos.

8 DIFERENÇAS Produto: a produção central (um serviço ou um bem fabricado) realizado por uma empresa; Bens: objetos ou dispositivos físicos que propiciam benefícios aos clientes por meio de sua propriedade ou uso. Serviços: são ações ou desempenhos

9 O QUE É SERVIÇO - Definindo o essencial Um serviço é qualquer ato ou desempenho que uma parte pode oferecer a outra e que seja essencialmente intangível e não resulta na propriedade de nada. Sua produção pode ou não estar vinculada a um produto físico. (Kotler (1994, p.403) Entende-se como serviço, uma mercadoria comercializável isoladamente, ou seja, um produto intangível que não se pega, não se cheira, não se apalpa, geralmente não se experimenta antes da compra, mas permite satisfações que compensam o dinheiro gasto na realização de desejos e necessidades dos clientes. (Cobra 1986, p.3)

10 Um serviço é um resultado psicológico e fundamentalmente pessoal, ao passo que um produto físico é geralmente impessoal, quanto a seu impacto sobre cliente. (Albrecht 2000, p.4) O QUE É SERVIÇO - Definindo o essencial

11 A Associação Americana de Marketing define serviços como aquelas atividades, vantagens ou mesmo satisfações que são oferecidas à venda ou que são proporcionadas em conexão com a venda de mercadorias (LAS CASAS, 1991, p.15) Para Las Casas (1991, p.15), Serviços constituem uma transação realizada por uma empresa ou por um empresário, cujo objetivo não está associado à transferência de um bem. O QUE É SERVIÇO - Definindo o essencial

12 Tarefa intangível que satisfaz necessidades de consumidores domésticos e corporativos (Kurtz e Loonie, 1995) Um ato ou desempenho oferecido que cria benefícios para clientes por meio de uma mudança desejada no - ou em nome do - destinatário (Lovelock e Wright, 2001) O QUE É SERVIÇO - Definindo o essencial

13 O QUE É SERVIÇO – Por fim... Não obstante mais de 25 anos de estudo, os acadêmicos da área de administração de serviços não concordam sobre o que é um serviço. De fato, em vez de chegarem mais próximo a uma definição, parecem ter cada vez menos certeza... O problema é tentar em poucas palavras descrever 75% da atividade econômica dos países desenvolvidos. Há alguma surpresa por haver exceções para todas as definições? (Haywood-Farmer e Nollet, 1991)

14 Serviço Intangível Produto Tangível Produção e Consumo simultâneo do Serviço Produção e Armazenamento dos Produtos Necessária interação com o cliente Interação com o cliente desnecessária Schmenner (1999) e Fitzsimmons (2000) afirmam que as características singulares dos serviços são: DIFERENÇAS BÁSICAS ENTRE BENS E SERVIÇOS Intangibilidade Produção e consumo simultâneos Interação com o cliente Perecibilidade

15 DIFERENÇAS BÁSICAS ENTRE BENS E SERVIÇOS O s clientes não obtêm propriedade sobre os serviços Os produtos dos serviços são realizações intangíveis Há maior envolvimento dos clientes no processo de produção Outras pessoas podem fazer parte do produto Há maior variabilidade nos insumos e produtos operacionais Muitos serviços são de difícil avaliação pelos clientes Normalmente há ausência de estoques O fator tempo é relativamente mais importante Os sistemas de entrega podem envolver canais eletrônicos e físicos

16 Domínio de Elementos Tangíveis e Intangíveis nos Bens e Serviços Tangível Dominante Intangível Dominante Roupas sob medida Poda de gramado Troca de óleo do carro Limpeza doméstica Viagem aérea Ensino Administração de Investimentos Sal Refrigerantes Vídeo Cassette Raquete de tênis Carro novo Comida pronta Aluguel de mobília Restaurante Fast food

17 Fatores para mudança na administração de Serviços Padrões mutáveis da regulamentação governamental Relaxamento das restrições de mkt impostas por associações comerciais Privatização de alguns serviços públicos e sem fins lucrativos Inovações tecnológicas Crescimento de cadeias de serviço e redes de franquias Internacionalização e globalização Pressões para a melhoria da produtividade O movimento da qualidade nos serviços Expansão das empresas de leasing e aluguel Os fabricantes como fornecedores de serviços Necessidade das organizações públicas e sem fins lucrativos de gerar novas receitas Contratação e promoção de gerentes inovadores

18 Serviços Cultura Social - Novos hábitos - Novo comportamento - Novos valores Economia - Privatização de serviços públicos - Globalização - Contratação de gerentes inovadores - Pressão para aumento de produtividade Governo - Mudanças na legislação - Necessidade de órgãos públicos de gerar + receita - Aumento de tributos Mercado - Fabricantes como prestadores de serviços - Maior exigência por qualidade - Crescimento de cadeias de serviço e redes de franquia - Expansão de empresas de leasing e aluguel Tecnologia - Novas aplicações - Novos equipamentos - Novas técnicas Fatores para mudança na administração de Serviços

19 Interdependência entre o Marketing, as Operações e os Recursos Humanos Clientes Administração de operações Administração de marketing Administração de recursoshumanos

20 Administração de Operações de Serviços Tarefas para o gerente de operações Longo prazo Curto prazo Desenvolvimento de estratégia de operações Processos + Sistemas + Habilidades Melhora na operação + Qualidade + Produtividade Gerenciamento das operações diárias Alvos de desempenho GESTÃO INTEGRADA

21 OS 8PS DO MARKETING DE SERVIÇOS Processo Produtividade e Qualidade Pessoas Evidência Física Elementos do Produto Lugar e Tempo Promoção e Educação Preço e Custos

22 Principais Conceitos serviço: um ato ou desempenho que cria benefícios para os clientes por provocar uma mudança desejada, ou no destinatário – ou em seu favor. benefício: uma vantagem ou ganho que os clientes obtêm do desempenho de um serviço ou uso de um bem físico. setor de serviços: a parte da economia de uma nação representada por serviços de todos os tipos, incluindo os oferecidos por organizações públicas e sem fins lucrativos. serviços internos: elementos de serviço em todo tipo de negócio que facilita a criação de seu produto final ou adiciona valor ao mesmo. privatização: transformar organizações de propriedade do governo em empresas de propriedade de investidores. franchising (franquia): o licenciamento de empreendedores independentes para produzir e vender um serviço de marca registrada de acordo com procedimentos rigidamente especificados. produto: o produção central (seja de um serviço ou de um bem fabricado) realizada por uma empresa.

23 bens: objetos ou dispositivos físicos que propiciam benefícios aos clientes por meio de sua posse ou uso. intangível: algo que é experimentado e não pode ser tocado ou guardado. variabilidade: uma falta de consistência nos insumos e produtos durante o processo de produção de serviço. administração integrada dos serviços: o planejamento e a execução coordenados das atividades de marketing, operações e recursos humanos que são essenciais ao sucesso de uma empresa de serviço. elementos de produto: todos os componentes do desempenho do serviço que criam valor para os clientes. lugar e tempo: decisões gerenciais sobre quando, onde e como entregar serviços a clientes. processo: um método particular de operações ou série de ações, normalmente envolvendo passos que precisam acontecer em uma sucessão definida. produtividade: grau de eficácia com que os insumos são transformados em produtos de serviço que adicionam valor para os clientes. qualidade: o grau em que um serviço satisfaz os clientes atendendo suas necessidades, desejos e expectativas. pessoas: os clientes e empregados que estão envolvidos na produção do serviço. Principais Conceitos

24 promoção e educação: todas as atividades e incentivos de comunicação destinados a aumentar a preferência do cliente por um determinado serviço ou fornecedor de serviço. evidência física: pistas visuais ou outra pistas tangíveis que fornecem evidência da qualidade do serviço. preço e outros custos: despesas em dinheiro, tempo e esforço que os clientes incorrem para comprar e consumir serviços. valor: o preço de uma ação ou objeto específicos em relação às necessidades de um indivíduo em um determinado momento. troca: o ato de dar ou receber uma coisa de valor em troca de uma outra coisa de valor. valores: crenças subjacentes sustentadas pelas pessoas sobre o modo como a vida deve ser vivida e como os negócios devem ser administrados, inclusive sobre o que constitui comportamento correto para indivíduos e organizações. ética empresarial: os princípios de conduta moral que devem pautar o comportamento no mundo empresarial. Principais Conceitos


Carregar ppt "SERVIÇOS A EVOLUÇÃO NO AMBIENTE AS DIFERENÇAS ENTRE SERVIÇOS E BENS CARACTERÍSTICAS GESTÃO INTEGRADA Aula 02."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google