A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE."— Transcrição da apresentação:

1

2 ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE

3

4

5

6

7

8

9

10 PROPÓSITO

11 PRINCÍPIOS

12

13

14 PROGRAMAS

15

16 Atribuições das equipes de saúde no Programa Bolsa Família na Saúde O pré-natal das gestantes; O retorno para a consulta após o parto; A orientação alimentar; Monitoramento do crescimento e desenvolvimento das crianças; Monitoramento da vacinação infantil.

17 SISVAN - concebido sobre três eixos: I - formular políticas públicas; II - planejar, acompanhar e avaliar programas sociais relacionados a alimentação e nutrição; e III - avaliar a eficácia das ações governamentais. Dessa forma cumpre seu papel em auxiliar os gestores públicos na gestão de políticas de alimentação e nutrição. Na saúde o SISVAN é um instrumento para obtenção de dados de monitoramento do Estado Nutricional e do Consumo Alimentar das pessoas que frequentam as Unidades Básicas do SUS.

18 Programa Peso Saudável Ano Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil ( ) - prevê ações voltadas para os trabalhadores no ambiente de trabalho. Em março de 2013, foram publicadas as portaria nº 424 (GM/MS,19/03/2013), que redefine as diretrizes para a organização da prevenção e do tratamento do sobrepeso e obesidade como linha de cuidado prioritária da Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas; Portaria nº 3 (GM/MPOG, 25/03/2013), que institui as diretrizes gerais de promoção da saúde do servidor público.

19 O Programa Peso Saudável tem como objetivo prevenir o ganho de peso corporal entre trabalhadores adultos. Além disso, pretende incentivar a adoção de uma rotina de auto monitoramento do peso; estimular a adoção de práticas alimentares mais saudáveis; e estimular a prática de atividade física. Avaliação do estado nutricional – IMC Cadastro Orientações referentes ao seu estado nutricional e orientações de alimentação saudável e atividade física Um mês após o cadastro o participante do programa deverá se pesar e fazer novo registro Será acompanhado durante um ano.

20

21

22 Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A Portaria MS nº 729/2005 Objetivos Conduta (Público alvo) Operacionalização do programa Metas Resultados alcançados Medidas importantes na prevenção da DVA

23 Programa Nacional de Suplementação de ferro Portaria MS nº 730/2005 Objetivos NutriSUS Plano para inserção em creches do Programa Saúde na Escola (PSE) Conduta (Público alvo) c/ adesão ao PSE. Tem caráter intersetorial (Saúde e Educação) Atividade com pais Monitoramento

24 Atenção Nutricional à Desnutrição Infantil - ANDI Portaria 2.387/2012 Objetivos Agenda de compromissos Financiamento (2 anos/ 03 repasses) Municípios do Estado do Ceará

25

26 ATIVIDADES Rede amamenta e alimenta Brasil Alimentação e Câncer Guia alimentar para população brasileira Curso de aperfeiçoamento - Organização da Vigilância Alimentar e Nutricional Seminários de atualização Visitas técnicas Pesquisa Produção de material Monitoramento e avaliação

27

28

29

30 Principais desafios e agenda de enfrentamento Sensibilizar a totalidade dos municípios cearenses para a implementação da Política Estadual de Alimentação e Nutrição; Apoiar os municípios no alcance das metas pactuadas para os indicadores de A e N; Contribuir para a consolidação da Segurança Alimentar e Nutricional e o DHAA.

31 CONTATOS Núcleo de Atenção Primária - NUAP GT Promoção à Saúde - Alimentação e Nutrição Fone: /

32


Carregar ppt "ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NA REDE DE ATENÇÃO À SAÚDE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google