A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Separatismo na Rússia. 1. Mostrar os conflitos na região do Cáucaso, como o conflito na Chechenia e o conflito entre Rússia e Geórgia. 2. Demonstrar a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Separatismo na Rússia. 1. Mostrar os conflitos na região do Cáucaso, como o conflito na Chechenia e o conflito entre Rússia e Geórgia. 2. Demonstrar a."— Transcrição da apresentação:

1 Separatismo na Rússia

2 1. Mostrar os conflitos na região do Cáucaso, como o conflito na Chechenia e o conflito entre Rússia e Geórgia. 2. Demonstrar a evolução do Leste Europeu durante o século XX. 3. Analisar as relações de poder da Rússia na região do Cáucaso e mostrar os objetivos geopolíticos russo em manter hegemonia na região. 4. Identificar e caracterizar os conflitos que ocorrem no Sudoeste Asiático. 5. Demonstrar o contexto histórico por trás dos conflitos que acontecem hoje na região do Cáucaso.

3 1914 – Primeira Guerra Mundial; 1917 – Revolução Russa; 1918 – Fim da Primeira Guerra Mundial, com derrota da Alemanha e Aliados; 1918 á 1922 – Guerra Civil Russa; 1928 – Stalin assume o poder na União Soviética; 1939 – Hitler invade a Polônia: começa a Segunda Guerra Mundial; 1941 á 1945 – Participação da União Soviética na Segunda Guerra Mundial, que ficou conhecido como a Grande Guerra Patriótica; 1957 – União Soviética dá largada a corrida espacial, lançando o Sputnik I; 1986 – Inicio da Perestroika e, logo depois, Glanost, sob o governo de Mikhail Gorbatchev;

4 1989 – Queda do muro de Berlim; 1991 – Fim da União Soviética; Uma semana depois tem a criação da Comunidade dos Países Independentes (CEI), no qual surge novos países no cenário mundial, o qual são denominados leste europeu; 1991 á 2009 – Chechênia declara independência e luta até hoje pela liberdade, passando por vários conflitos armados contra a Rússia; 2008 – Conflito entre Geórgia e Ossétia do Sul, com interferência da Federação Russa a favor da Ossétia do Sul;

5 Europa no início do século XX

6 Europa durante o período da Guerra Fria (1945 – 1990)

7 Europa política atual

8 Região do Cáucaso (Sudoeste da Rússia)

9 Geórgia x Rússia: começa guerra no Mar Negro Este vídeo mostra mais detalhadamente o conflito entre Geórgia e Rússia que ocorreu em Link: Ultimo acesso em 26 de Agosto de 2009

10 Para onde vai o leste europeu? Artigo que fala sobre a dissolução da URSS e, além de apontar os caminhos que estão sendo trilhados pelo Leste Europeu, ainda mostra a posição da Rússia na Nova Ordem Mundial. Acesso em 26 de Agosto de 2009 Para onde vai a Rússia? Artigo que discuti o conflito na Chechenia e esclarece os interesses russos na região como afronta a hegemonia americana. Acesso em 26 de Agosto de 2009

11 Rússia trava guerra contra Geórgia, diz presidente georgiano Artigo que noticia a posição do presidente georgiano frente a invasão russa no território da Geórgia. Este artigo também explica sobre os motivos do conflito e os fatos relacionados a ele. _diz_presidente_georgiano_ html Acesso em 26 de Agosto de 2009 Chechênia Artigo que explica detalhadamente o conflito na Chechenia perpassando pelos interesses econômicos de Moscou sobre a região (os gasodutos da região), além de mostrar a crueldade do conflito para os civis da Chechenia. Acesso em 26 de Agosto de 2009

12 Após a análise dos conflitos da região do Cáucaso e do desenvolvimento, tanto histórico quanto geográfico, do Leste Europeu, podemos dizer que, desde que a URSS se dissolveu, muitos povos e Estados que foram suprimidos durante a Guerra Fria estão agora reivindicando territórios e independências, como é o caso da Chechenia, criando uma situação de instabilidade política na região. Podemos notar também que, se durante a Guerra Fria a Rússia detinha poder bélico, na Nova Ordem Mundial a Rússia tenta se tornar uma potencia econômica inserida na economia de mercado e, para manter essa hegemonia, tenta demonstrar poder, como foi o caso da interferência russa no conflito entre Geórgia e Ossétia do Sul. Sendo assim, o que podemos esperar é que mais e mais conflitos apareçam na região do Cáucaso até que as questões nacionalistas sejam resolvidas e até que os novos atores mundiais sejam definidos, como é o caso do BRIC´s.

13

14 Questão 1 Há oitenta anos, a Rússia era forte por causa do dinamismo revolucionário do comunismo, incluindo o poder de atração da sua ideologia. Há quarenta anos, a Rússia Soviética era forte por causa do poderio do Exército Vermelho. Hoje, a Rússia de Putin é forte por causa do gás e do petróleo. Timothy Garton Ash, historiador inglês, janeiro de Do texto, depreende-se que a Rússia: a) manteve inalterada sua posição de grande potência em todo o período mencionado. b) recuperou, na atualidade, o seu papel de país líder da Europa. c) conheceu períodos de altos e baixos em função das conjunturas externas. d) passou de força política, a força militar e desta, a força econômica. e) conservou, sempre, a sua preeminência graças ao incomparável poderio militar.

15 Questão 2 Países da Antiga União Soviética O conflito envolvendo Geórgia e Rússia, aprofundado em 2008, foi marcado por ampla repercussão internacional. Outros conflitos, envolvendo países da ex- União Soviética, também ocorreram. a) Explique a relação entre o fim da União Soviética e a proliferação de movimentos separatistas na região. b) Explique como a Rússia reagiu ao movimento pela independência da Ossétia do Sul e aponte as razões que motivaram essa reação. c) Cite outro exemplo de movimento separatista recente nessa região. (FUVEST 2009)

16 Questão 3 (Simulado Cursinho da Poli) O mapa abaixo representa uma região de grande importância estratégica para a Rússia. a) Apresente os principais aspectos naturais da região. b) Explique o caráter estratégico dessa região para a Rússia, pontuando os interesses em conflito na chamada Questão da Chechênia.

17 Questão 4 (Simulado ENEM - Universidade Anhembi-Morumbi - maio 2009 Ciências Humanas e suas tecnologias 8) Observe o mapa abaixo: A Federação Russa abrange 21 repúblicas, dez distritos autônomos e uma região autônoma. Esses territórios, que compõem o Estado russo, têm governos locais e autonomia parcial. Entretanto, apesar de se constituir na forma de federação, ocorrem no país, atualmente, diversos focos de tensão; um dos piores encontra-se no norte do Cáucaso, região que abrange a Chechênia. Entre as causas dessas tensões podemos associar: I. Movimentos separatistas por parte das repúblicas e distritos. II. Passado de ocupações e intervenções violentas por parte de Moscou. III. Movimentos chechênios católicos contra as imposições islâmicas de Moscou. IV. Recusa por parte de Moscou em perder áreas de importância estratégica Estão corretas apenas as afirmativas: a) I e II. b) II e III. c) I, II e III. d) I, II e IV. e) II, III e IV.

18 Questão 5 UNIFESP 2008) Mesmo com dificuldades, a Rússia mantém influência nas ( UNIFESP 2008) Mesmo com dificuldades, a Rússia mantém influência nas antigas repúblicas da URSS após o seu final. ……….., por exemplo, depende da importação de gás da Rússia para gerar energia. Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna. (A) A Estônia. (B) O Turcomenistão. (C) A Polônia. (D) A República Tcheca. (E) O Uzbequistão (E) O Uzbequistão.

19 Questão 1: RESPOSTA D A questão aborda três momentos diferentes na história da União Soviética / Rússia e pode ser respondida a partir dos elementos destacados no próprio texto, um elemento político, o dinamismo revolucionário do comunismo, um elemento militar, o poderio do exército vermelho, e sua força econômica por causa do gás e do petróleo. Questão 2: a ) O colapso político e econômico soviético favoreceu a emergência de movimentos nacionais separatistas em repúblicas até então dominadas pela Rússia. Contribuiu também para esse fato a diversidade étnica, religiosa e cultural já existentes associada à política stalinista de russificação. O sucesso de muitos desses movimentos incitou outros povos a também lutarem por independência após a dissolução da URSS, o que tem sido acompanhado por forte repressão russa, pois estes ameaçam a soberania desses novos países.

20 b) A Rússia reconheceu a independência da Ossétia do Sul face ao governo georgiano. Deu apoio tático, bélico e a concessão de cidadania a separatistas da Ossétia do Sul, tendo os ataques da Geórgia como resposta a essas atitudes. A Rússia atacou posições georgianas, alegando defesa humanitária da Ossétia do Sul frente a agressão georgiana. A Rússia reagiu desse modo ao alinhamento da Geórgia aos interesses dos EUA e da União Européia numa região considerada estratégica (Cáucaso). Outro fator importante foi a resposta russa ao apoio ocidental na independência de Kosovo, contrário aos interesses russos e de seus tradicionais aliados sérvios. c) Os movimentos separatistas na Chechênia, no Daguestão e na Abkhásia são outros exemplos de movimentos autonomistas na região do Cáucaso. Questão 3: a) O Cáucaso possui relevo montanhoso, com cadeias montanhosas de formação recente e clima seco. Há, na região, grandes jazidas de combustíveis fósseis. b) A Chechênia é estratégica para os russos na medida em que ela possui grande potencial econômico no que se refere à exploração do petróleo e do gás natural. Os chechenos reivindicam independência política em relação à Rússia, que por motivações de ordem político-econômica não abre mão da região.

21 Questão 4: Alternativa certa: D A frase III do teste está errada pois a Chechenia não é católica e sim islâmica, por isso é a única falsa dentre as quatro afirmações. Questão 5: O texto faz referência à Estônia, uma das três Repúblicas Bálticas (as outras duas são a Letônia e a Lituânia), que pertenciam à URSS. No processo de desagregação soviética, as Repúblicas do Báltico foram as primeiras a anunciar sua independência; em seguida, inseriram-se nas organizações supranacionais européias: UE e OTAN. A despeito de todo esse movimento, a atual Federação Russa tenta manter o domínio sobre essa região, utilizando o gás natural recurso essencial para a região Báltica e abundante na Rússia como instrumento de controle Geopolítico. Resposta: A

22 a_georgia_diz_presidente_georgiano_ html


Carregar ppt "Separatismo na Rússia. 1. Mostrar os conflitos na região do Cáucaso, como o conflito na Chechenia e o conflito entre Rússia e Geórgia. 2. Demonstrar a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google