A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Metrópole: São Paulo Grupo:: Cláudio H. B. Santos n 9 César dos Santos n 8 Marília Nakayama n 24 Gabriela Dias Nunes n 16 Marianna Stoppa n 23 Rafael.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Metrópole: São Paulo Grupo:: Cláudio H. B. Santos n 9 César dos Santos n 8 Marília Nakayama n 24 Gabriela Dias Nunes n 16 Marianna Stoppa n 23 Rafael."— Transcrição da apresentação:

1 A Metrópole: São Paulo Grupo:: Cláudio H. B. Santos n 9 César dos Santos n 8 Marília Nakayama n 24 Gabriela Dias Nunes n 16 Marianna Stoppa n 23 Rafael Martinuzzo n 30

2 A questão das Drogas

3 Introdução Neste trabalho iremos tratar de um dos problemas mais marcantes da cidade de São Paulo: o tráfico de drogas. Objetivos: Analisar os principais aspectos envolvidos no tráfico, de que forma ele funciona, quais as suas principais personagens, de que modo ele atinge a sociedade etc.; Apresentar as principais regiões por ele atingidas; Analisar as causas do problema e buscar soluções.

4 O que é o Tráfico? O que é tráfico? Dicionário: Troca de mercadorias; comércio; negócio Tráfico de drogas ou Narcotráfico é o tráfico de substâncias ilícitas, entorpecentes. O tráfico de drogas é um negócio capitalista, por ser organizado como uma empresa, estimulada pelo lucro. Surgimento do Tráfico de drogas Tráfico internacional de drogas surge em meados de 1970. No Brasil não é possivel determinar quando surge o tráfico, porém a partir da urbanização e crescimento populacional este passa a existir.

5 Drogas no Mundo (2006) 200 milhões de usuários no mundo (2006) 800 bilhões de dólares/ano. Brasil = Ponto de Trânsito Lei do Abate

6 Logística das Drogas

7

8

9 Como Funciona o Tráfico de Drogas As drogas produzidas aqui no Brasil ou importadas são compradas por grandes traficantes e revendidas aos chamados microtraficantes (aqueles que compram quantidades pequenas), que as revendem para os consumidores. Traficantes das facções criminosas costumam buscar a droga fora do país; Brasil é utilizado como rota para a droga chegar à Europa, América do Norte e África.

10 Como Funciona o Tráfico de Drogas Pela lavagem de dinheiro, os recursos dos grandes traficantes são legalizados; Hotéis, bingos, postos de gasolina e fazendas de gado são utilizados nessa lavanderia; Existem três tipos de rotas: rotas caseiras, rotas internacionais e rotas mistas; Conflitos entre Facções.

11 Estrutura Dono-da-boca ->traficante que compra as grandes quantidades Aviões -> levam pequenas quantidades de droga aos vendedores e aos clientes Fogueteiros -> usando fogos de artifício avisam a chegada da polícia ou de rivais Vapores -> vendedores Químico -> responsável por batizar a droga, ou seja, pelos ingredientes que vão ser misturados nela

12 Estrutura Matuto -> O homem que faz a ponte, ou seja, é o intermediário entre os produtores e os grandes traficantes. Formiguinhas -> pessoas que transportam drogas e armas em veículos particulares, ou pelos grandes traficantes que fazem encomendas de quantidades que chegam via terra, mar e por ar; Esticas -> são os encarregados de vender as drogas em faculdades, boates, bares, prédios e condomínio.

13 O Tráfico de drogas e a violência - O tráfico se aproveita de ambientes em que os serviços públicos são precários, o acesso à Justiça é difícil e em que muitos daqueles comprometidos com o dever de manter a segurança se comportam como aqueles que deveriam ser combatidos; - Caso dona Vitória; Já dei 5 mil reais para policial livrar a minha cara. Ficam recebendo por semana, por quinzena. Assim deixam a gente livre. Mas se a grana acabar, mandam tudo pra cadeia. Rafael

14

15 O Tráfico de drogas e a violência O tráfico de drogas envolve inúmeros casos de mortes decorrentes de diferentes fatores; Há três principais tipos de origem de assassinatos relacionados ao tráfico segundo estudos do Laboratório de Economia Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC): O não cumprimento das regras internas da quadrilha; A briga de gangues por territórios; Os confrontos entre traficantes e a polícia. Esses ocorrem tanto pela tentativa de captura de traficantes e desmantelamento da rede de tráfico, quanto no acerto de contas pelo não pagamento de propinas a agentes corruptos.

16

17 O combate ao tráfico O DENARC (Departamento de Investigações sobre Narcóticos) originou-se da antiga Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (DISE) e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), todos de origem pública. Tem como objetivo prevenir e reprimir os crimes de tráfico ilícito e o uso indevido de substâncias entorpecentes, apurar os desvios, roubos e furtos de substâncias entorpecentes ou que determinem dependência química ou psíquica, efetuar a destruição de plantas citadas na lei 6368/76(Lei de Entorpecentes); O SISNAD (Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas) objetiva medidas para a prevenção do uso indevido, atenção e reinserção social de usuários e dependentes de droga. Repreende a produção não autorizada e o tráfico ilícito de drogas e define os crimes.

18 O combate ao tráfico LEGISLAÇÃO SOBRE DROGAS LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE 2006. Art. 2 o - Ficam proibidas, em todo o território nacional, as drogas, bem como o plantio, a cultura, a colheita e a exploração de vegetais e substratos dos quais possam ser extraídas ou produzidas drogas, ressalvada a hipótese de autorização legal ou regulamentar, bem como o que estabelece a Convenção de Viena, das Nações Unidas, sobre Substâncias Psicotrópicas, de 1971, a respeito de plantas de uso estritamente ritualístico-religioso. Art. 4 o - São princípios do Sisnad: I - o respeito aos direitos fundamentais da pessoa humana, especialmente quanto à sua autonomia e à sua liberdade; Art. 5 o - O Sisnad tem os seguintes objetivos: I - contribuir para a inclusão social do cidadão, visando a torná-lo menos vulnerável a assumir comportamentos de risco para o uso indevido de drogas, seu tráfico ilícito e outros comportamentos correlacionados;

19 O combate ao tráfico II - promover a construção e a socialização do conhecimento sobre drogas no país; Art. 26. - O usuário e o dependente de drogas que, em razão da prática de infração penal, estiverem cumprindo pena privativa de liberdade ou submetidos a medida de segurança, têm garantidos os serviços de atenção à sua saúde, definidos pelo respectivo sistema penitenciário Art. 28. - Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes penas: I - advertência sobre os efeitos das drogas; II - prestação de serviços à comunidade; III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo

20 Consequências do Tráfico para a Metrópole Aumento da violência e criminalidade nas grandes cidades; Aumento das taxas de homicídios, principalmente para jovens; Financiamento da compra de objetos ilícitos, como armas e munição, causando uma guerra que envolve os homens da lei, e os próprios traficantes entre eles; Lavagem de dinheiro por parte dos traficantes; Aumento acelerado de usuários e, conseqüentemente, da globalização do tráfico; Facilidade de manutenção do mesmo;

21 Conclusão Conclusão: Conclui-se que o tráfico de drogas é um método de obtenção de renda mais prático e mais violento que existe, pelo fato de ser algo fora da lei (comércio de droga), envolvendo e gerando conflitos entre polícia e os comandantes do tráfico, e consequentemente gera inúmeras mortes. É comercializada sobretudo nas grandes favelas da capital, sendo compradas tanto das classes baixas como das classes média/altas. Seus efeitos alucinógenos alteram drásticamente o comportamento do usuário, aumentando sua adrenalina, o que pode exercer atitudes precipitadas. Enfim, vê-se então que o tráfico é algo de extrema complexidade e como método de solução eficaz, e que já foi implantada é a Ação Integrada Centro Legal, auxiliando os viciados com tratamentos, e para com os líderes do tráfico, abordando-os e prendendo-os devidamente para que não possam prosseguir com a atividade ilegal.

22 Atualidades Dia 09/08/2009 Polícia prende três jovens com drogas no centro de São Paulo fonte: Folha online *Operação 'Ação Integrada Centro Legal ' ; * Apreensão de três jovens com drogas e certa quantia em dinheiro, na cracolândia; *Dois continham 94 porções de maconha e o outro com 25 pedras de crack, uma porção de maconha e R$ 9 e algumas moedas. *Levados para a Fundação casa (antiga febém);

23 Atualidades Novidade: Operação "Ação Integrada Centro legal" objetivos: diminuição dos índices de criminalidade; redução do consumo e venda de drogas no centro, internação das pessoas com problemas de saúde ou dependência de drogas. início do projeto: 22/07/2009 órgãos responsáveis: sociedade civil, prefeitura e governo do Estado; local: regiões do centro de São Paulo (sobretudo na cracolãndia)

24

25 "Sobre o Brasil em geral, o país é um dos 20 principais produtores e corredores de drogas do mundo e um dos 60 considerados os maiores lavadores de dinheiro (EUA e Reino Unido incluídos). Afirma ainda que é o segundo maior consumidor de cocaína, atrás apenas dos EUA." Folha de São Paulo - 24 de agosto de 2009 Com base nas informações contidas no trabalho indique quais os principais fatores responsáveis pelo crescimento do tráfico de drogas na metrópole: I. A precariedade dos serviços públicos; II. O aumento no número de homicídios; III. A existência de ambientes com difícil acesso à Justiça; IV. A corrupção policial; V. O confronto entre traficantes e polícia e as brigas de gangues por territórios Estão corretas as afirmativas: a. I e II; c. I, II e III; e.Todas as afirmativas. b. II e IV; d. I, III e IV;

26 As imagens acima estão relacionadas ao uso de drogas no Brasil. Atualmente, o acesso a tais entorpecentes é tido de maneira fácil e rápida por qualquer pessoa que deseja obtê-los. Após o desenvolvimento do trabalho apresentado, descreva qual a relação entre o uso de drogas, o aumento da violência no país e sua proibição, de forma consistente.

27 MACONHA DE FARMÁCIA Proibição mantém milhões de doentes afastados da maconha medicinal As propriedades terapêuticas da Cannabis sativa são conhecidas há mais de 2 mil anos pela medicina chinesa. Para a medicina oriental, ela é comprovadamente eficiente para tratar náuseas e vômitos em pacientes sob quimioterapia, aumentar o apetite em pacientes de AIDS e diminuir as dores musculares causadas pela esclerose múltipla. Mas a lei diz que tudo isso pouco importa: usar Cannabis é crime. E ponto final. (Revista Super Interessante, outubro de 2007, pag. 69) Com base no trabalho apresentado, e no trecho acima, relate se haveria algum problema na esfera social e pública no caso de a droga ser liberada para fins medicinais?

28 Bibliografia http://www.youtube.com/watch?v=-DMa18yhNx8 http://www.conteudoglobal.com/atualidades/trafico_d e_drogas/ http://books.google.com.br/books?hl=pt- BR&lr=&id=nIH34JXjXzEC&oi=fnd&pg=PA7&dq=trafico +de+drogas&ots=Vh- 6MOt1Bi&sig=ydP4wWNL2I73XifkKvlHxdtF5BI#v=onep age&q=&f=false Super Interessante, fevereiro 2006 e outubro 2007 Caminhos da terra, n 162 2005


Carregar ppt "A Metrópole: São Paulo Grupo:: Cláudio H. B. Santos n 9 César dos Santos n 8 Marília Nakayama n 24 Gabriela Dias Nunes n 16 Marianna Stoppa n 23 Rafael."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google