A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NAE – Núcleo de Atualização Educacional Tecnologia na Educação O melhor é quando os conhecimentos técnicos e pedagógicos crescem juntos, simultaneamente,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NAE – Núcleo de Atualização Educacional Tecnologia na Educação O melhor é quando os conhecimentos técnicos e pedagógicos crescem juntos, simultaneamente,"— Transcrição da apresentação:

1 NAE – Núcleo de Atualização Educacional Tecnologia na Educação O melhor é quando os conhecimentos técnicos e pedagógicos crescem juntos, simultaneamente, um demandando novas ideias do outro. O domínio das técnicas acontece por necessidades e exigências do pedagógico e as novas possibilidades técnicas criam novas aberturas para o pedagógico, constituindo uma verdadeira espiral de aprendizagem na sua complexidade técnica e pedagógica. (Valente, 2002a)

2 Depoimento do Professor Thomaz Aprender a ser professor formador e construir uma prática educativa no dia-a-dia é bem dinâmico. Dou aula há uns vinte anos e nesse tempo por várias vezes tive a impressão que estava evoluindo e, algumas vezes, voltei atrás em função de alguma coisa que achei que não estava dando certo. Têm coisas que na teoria você pensa, monta e acredita que isso aqui é uma evolução!! e aí quando você aplica vê que não é bem aquilo. Por exemplo, essas novas tecnologias. Já tive momentos em que estava bem resistente em usar isso e pensava: como é que vou ensinar cálculo sem a lousa? Porque eu achava que na lousa você vem com a aula esquematizada e não pronta, e aliás, faço isso até hoje, tenho a aula esquematizada na minha cabeça mas ela não está pronta, depende da classe, e à medida que vão surgindo dúvidas, eu vou montando a aula. Não sei se é o mais correto, mas tenho a impressão de que funciona.

3 Depoimento do Professor Thomaz E teve momentos em que falei... isso perde muito tempo e se usar a multimídia com power-point e fizer animações vai muito mais rápido e, realmente, é mais rápido. Você cobre um conteúdo bem mais extenso em bem menos tempo só que tenho percebido é que não fica muita coisa, fica leve, o aluno vê, é rápido e cheio de animações, mas ele não aprende como quando o processo é mais lento. Você acaba falando de muito mais conteúdo, mas a relação parece não ser de tanta qualidade. Acho que é por causa da interação, porque a aula está pronta e este é que é o grande problema da tecnologia, você vem com a coisa pronta e não tem muita margem para mudar o que está pronto e a aula tradicional já é mais interativa. É mais interativa que a própria tecnologia que está ali em mãos. Acho que é preciso dosar as duas coisas

4 Depoimento do Professor Thomaz Tem momentos que você tem que ir para a lousa mesmo, não tem jeito. É o velho giz e apagador. E tem momentos, por exemplo, numa revisão para uma prova, tudo bem, é pertinente que você monte uma aula de revisão usando recursos de multimídia. Enquanto você faria dez exercícios na lousa, com o multimídia você passa uns vinte. Você ganha tempo. Essa é uma das coisas que tenho percebido. Você tem que tomar cuidado com certas propostas em que você é levado a pensar que está indo para frente, mas está indo para trás. (Professor Thomaz, p. 91) Biografias educativas e o processo de constituição profissional de formadores de professores de matematica Barbara Cristina Moreira Sicardi – tese – UNICAMP, 2008

5 Um pouco de conversa... O que deu certo? O que deu errado?

6 Evitar ou superar o uso ingênuo das tecnologias: - conhecer novas formas de aprender e ensinar - conhecer novas formas de produzir, comunicar e representar conhecimentos. Importância da hipermídia para estes objetivos: Para compreender as possibilidades é necessário clareza de intenções e objetivos pedagógicos. Integração Tecnológica, Linguagem e Representação Maria Elisabeth B. De Almeida

7 Objetivos do uso das TIC na Educação - Contribuir para processo de construção de conhecimento - Buscar, selecionar, criticar e processar informações - Criar ambientes de aprendizagem para o aluno interagir com situações e problemas - Tornar a sala de informática um espaço para o desenvolvimento de atividades que estejam de acordo com os conteúdos trabalhados de modo que ela se torne mais um recurso metodológico para atingir os objetivos propostos para a série (ano).

8 Sugestões práticas para os professores desenvolverem com os alunos Gráficos no Excel na aula de Matemática Bloco de Conteúdo: Matemática Conteúdo: Tratamento da InformaçãoTratamento da Informação Objetivo: Produzir, analisar e comparar gráficos em computador. Conteúdos: - Coleta e organização de dados. - Recursos visuais (gráficos e tabelas) para sintetizar informações. Anos: 6º e 7º. Tempo estimado: Cinco aulas. Material necessário: Fita métrica e computador com o programa Excel.

9 Desenvolvimento 1ª etapa Peça que a classe selecione um tema para uma pesquisa de dados. Uma sugestão é investigar dados do desenvolvimento físico, como a altura dos estudantes. Organize a medição e anote os resultados no quadro. 2ª etapa Proponha que a turma pesquise exemplos de gráficos em jornais, revistas e sites para decidir o melhor jeito de apresentar os dados coletados: discriminar a altura de aluno por aluno ou agrupando-as? Nesse último caso, seria possível, por exemplo, posicionar os dados em quatro faixas: 1,40 metro ou menos, de 1,41 a 1,50 metro, de 1,51 a 1,60 metro, 1,61 metro ou mais. Peça que a turma decida as faixas mais adequadas aos dados.

10 3ª etapa Divida a classe em grupos, colocando-os em frente aos computadores. No Excel, peça que abram uma planilha e sugira que criem uma tabela com duas variáveis: as faixas de altura definidas e o número de estudantes. Selecionando a tabela e clicando no botão "assistente gráfico", peça que gerem um gráfico de colunas. Convide-os a explorar os recursos do assistente introduzindo um título, retirando e acrescentando rótulos de dados e nos eixos X e Y, linhas de grade etc. Discuta: em qual das opções a informação fica mais clara? 4ª etapa Com o auxílio do assistente, peça que a classe gere gráficos de barras, colunas, pizza e linhas. Qual o melhor tipo para mostrar os dados coletados? A classe deve perceber que os gráficos de barras e de colunas são os mais adequados para comparar os valores de diferentes categorias, os de linhas para mostrar o sobe- e-desce de uma determinada variável ao longo do tempo e os de pizza para mostrar a proporção das categorias no universo pesquisado.

11 Avaliação Verifique se a garotada compreende a necessidade de estabelecer categorias e se conseguiu criar gráficos e perceber a utilidade específica de cada tipo. Se necessário, repita a atividade com a coleta de outros dados, como peso, idade etc. Consultoria: Priscila MonteiroPriscila Monteiro Coordenadora da formação em Matemática da prefeitura de São Caetano do Sul, SP, e formadora do projeto Matemática É D+.

12 Site NAE

13 -Portal do Professor => Recursos Educacionais => áudios, vídeos, figuras, experimentos, mapas, animação e simulação => Links => Softwares Educacionais -Sites e cds variados -Twitter -Fóruns -Blogs -Chats -Sites -Orkut - Recursos...

14 Linux Educacional -Sistema Operacional -Pacote Educativo -Apostilas: impresso, CD e arquivo em PDF (disponíveis nas Unidades Escolares)


Carregar ppt "NAE – Núcleo de Atualização Educacional Tecnologia na Educação O melhor é quando os conhecimentos técnicos e pedagógicos crescem juntos, simultaneamente,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google