A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hormônios Vegetais (Fitormônios) FITORMÔNIOS O crescimento de uma planta é ocasionado pela divisão de suas células e pelo seu posterior aumento de volume.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hormônios Vegetais (Fitormônios) FITORMÔNIOS O crescimento de uma planta é ocasionado pela divisão de suas células e pelo seu posterior aumento de volume."— Transcrição da apresentação:

1

2 Hormônios Vegetais (Fitormônios)

3 FITORMÔNIOS O crescimento de uma planta é ocasionado pela divisão de suas células e pelo seu posterior aumento de volume até atingir o tamanho normal. Dessa forma, crescem os órgãos vegetais e, como consequência toda planta. O crescimento é um processo irreversível que pode ser medido e acompanhado por uma diferenciação progressiva das células.

4 O crescimento consiste em um aumento no número de células (divisão celular) e um aumento no volume celular (distensão celular). Tanto a divisão quanto a distensão celulares são diretamente influenciadas pelos hormônios vegetais ou fitormônios.

5 Hormônios Vegetais Os fitormônios, como também são chamados os hormônios vegetais, são substâncias orgânicas atuantes nos diferentes órgãos das plantas: raiz, caule, folhas, flores e frutos, responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento do vegetal.

6 Ação hormonal na floração.

7 Ação hormonal na abscisão foliar.

8 Ação hormonal no desenvolvimento e crescimento vegetal.

9 Ação hormonal no amadurecimento dos frutos.

10 Hormônios Vegetais Entre as categorias de hormônios vegetais relacionados à divisão celular, crescimento e diferenciação, destacam-se : Auxinas Giberelinas Etileno Ácido Abscísico Citocininas Vitaminas

11 Primeiro hormônio vegetal estudado (Fritz Went, séc XX). Age principalmente pela distensão celular e pouco pela divisão celular. Produzidos pelas gemas apicais, embriões, folhas joves e sementes Transporte polar: ápice para base OBS: Precursor: Aminoácido TRIPTOFANO Auxinas ( Auxien = crescer)

12 Ácido-Indolil-Acético (AIA) Natural Ácido 2,4 diclorofenoxiácético (2,4D) Sintético Ácido naftalenoacético (ANA) Sintético Auxinas ( Auxien = crescer) EFEITOS CRESCIMENTO HERBICIDA ( Dicotiledôneas: sensíveis Monocotiledôneas: imunes) FORMAÇÃO DE FRUTOS E FRUTOS PARTENOCÁRPICOS TROPISMO - DOMINÂNCIA APICAL ABSCISÃO DAS FOLHAS - ENRAIZAMENTO DE ESTACAS CULTURA DE TECIDOS (MICROPROPAGAÇÃO)

13

14

15

16

17

18 Giberelinas (Ácido giberélico) Foram descobertas no Japão em 1926 através de estudos com plantas de arroz infectadas por fungos Giberella fujikuroi, a qual caracterizava por um crescimento exagerado e consequente morte do vegetal. OBS: Todas as plantas produzem. Esse ácido provoca um crescimento anormal no vegetal e posteriormente a morte, devido à falta de nutrição antes de atingir a maturidade.

19 Giberelinas - Ação Caule: alongamento das células Plantas anãs são geneticamente incapazes de produzir (giberelinas). Folhas: alongamento das células Usado na horticultura para obtenção de plantas com folhas maiores e largas. Fruto: Aceleram a distensão celular (em frutos jovens provoca um acentuado aumento). provocam partenocarpia Semente: Quebra a dormência. Floração: Induz em plantas acaules (caules reduzidos). Ex: cenoura, nabo, rabanete

20

21 Citocininas ou Cinetinas Estimula a Divisão Celular ou citocinese; Induzem o desenvolvimento das gemas laterais; Usadas em culturas de tecidos vegetais, estimulando a formação de raízes e caules.; Retardam o envelhecimento foliar (senescência); Podem interagir com as giberelinas e com as auxinas, determinando diferentes efeitos no crescimento do vegetal.

22 Citocininas Distribuido pelo xilema Devido a essa propriedade, a citocinina está sendo usada como inibidor de senescência (envelhecimento foliar em muitas plantas), como a alface, o brócolis, etc.

23 Etileno Provoca a maturação dos frutos; Floração( Inicia a floração em abacaxi). Provoca abscisão das folhas e frutos. Provoca gancho apical em estiolamento (ocorre quando uma planta cresce na ausência total ou parcial de luz, os caules ficam longos e as folhas pequenas).

24 Etileno (C2H4) Um das funções do etileno é o amadurecimento de frutos, como maçãs, bananas, etc. Uma prática comum para acelerar o amadurecimento da banana é queimar pó de madeira nas câmaras de armazenamento. Essa queima de serragem libera o etileno que é indutor do amadurecimento de frutos. Cada fruto em amadurecimento libera outras quantidades do hormônio, que possivelmente será utilizado em frutos vizinhos induzindo-os a amadurecer também.

25 Etileno - Curiosidade Acredita-se que enfiando pregos na jabuticabeira ela produz frutos mais rápido. Na verdade, quando se provoca este tipo de ferimento na planta, ocorre um estímulo e ela produz o etileno, que a induz a florescer.

26 Ácido Abscísico O hormônio recebeu essa denominação porque, de início, se pensou que ele fosse o principal responsável pela abscisão foliar, fenômeno de queda das folhas de certas árvores, fato que ocorre no outono. Hoje, embora se saiba que o ácido abscísico não é o responsável por esse fenômeno, seu nome permaneceu.

27 Ácido Abscísico Ao contrário de outros hormônios vegetais, como a auxina, o ácido abscísico é um inibidor do crescimento das plantas. Essa inibição ocorre no sentido de proteger a planta. Nos períodos desfavoráveis, a planta produz o hormônio, que é responsável pela dormência das gemas do caule e pela queda das folhas. O ácido abscísico é o principal responsável pelo bloqueio do crescimento das plantas no inverno e pelo fato das sementes não germinarem imediatamente após serem produzidas, fenômeno conhecido como dormência. Além disso, o ácido abscísico provoca o fechamento dos estômatos, favorecimento da síntese de reserva em sementes e do transporte de fotossintetizados das folhas para as sementes em desenvolvimento.

28 VITAMINAS São produzidas pelos vegetais e controlam muitos processos metabólicos. São consideradas como tendo papel hormonal e, assim, como os demais hormônios são ativas em quantidades pequenas.

29 Vitaminas que possuem efeitos sobre as plantas: Tiamina ou B1, a Pirodoxina ou B6 e o ácido nicotínico (atuando no desenvolvimento das raízes). Riboflavina ou B12 (inativando a auxina). Biotina, o acido pantotênico, o ácido ascórbico e a vitamina K (atuando no metabolismo geral)


Carregar ppt "Hormônios Vegetais (Fitormônios) FITORMÔNIOS O crescimento de uma planta é ocasionado pela divisão de suas células e pelo seu posterior aumento de volume."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google